sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Ed. 2259

  1. A terceira via
  2. Empregos
  3. Colégio Agrícola I
  4. Colégio Agrícola II
  5. #ChoraCalifa
  6. Comissão I
  7. Comissão II
  8. Serviços de Convivência
  9. Em foco
  10. Café com o Prefeito
  11. Vacinação
  12. Novo promotor
  13. Conselhos
  14. Cultura
  15. Sem energia
  16. Resultados apresentados à Câmara superaram a meta prevista
  17. Santa Casa receberá R$ 750 mil em recursos federais
  18. Barra do Quarai recebe R$ 350 mil em emendas de três deputados
  19. Clemente é pré-candidato a deputado estadual
  20. Vicente Majó apresenta projeto durante reunião da Amfro em Manoel Viana
  21. Carnaval automotivo em São Marcos promete
  22. Conselho Tutelar fiscalizará bailes infantis
  23. Trabalhadores devem ingressar com ações de revisão do FGTS
  24. Inscrições abertas para Serviços de Convivência
  25. Número expressivo de desaparecidos coloca Uruguaiana em campanha
  26. Repartições Públicas e Bancos so reabrem ao meio dia de quarta-feira
  27. Tudo armado, e no prazo
  28. CAPS AD continua sem receber verbas
  29. Vacinação contra o HPV começa em março
  30. 80% dos postos de Uruguaiana oferecem profissionais do Mais Médicos
  31. Município terá mais 20 equipes de Estratégia de Saúde da Família
  32. Brigada apoia efetivo de São Borja durante o Carnaval
  33. Apenados fogem do Instituto Penal
  34. Conselho de Sentença entende que réu agiu em legítima defesa e o absolve
  35. Brigada impede briga de gangue no João Paulo II
  36. Polícia Federal prende o último acusado pelo furto na Caixa Federal
  37. POE prende traficante com cocaína, maconha e vários aparelhos eletrônicos
  38. Roberval está cercado pelo mato
  39. Transporte público urbano deixa estudantes sem aula
  40. Senac Uruguaiana inscreve para cursos de Pós-Graduação
  41. Lançado o Projeto Ensino da Música nas Escolas Municipais
  42. Colégio Agrícola Municipal abre inscrições
  43. Livros espíritas lideram a lista dos mais lidos em Uruguaiana
  44. Corsários Inversos é atração do Arte Sesc em Uruguaiana
  45. Roteiro de ‘Os Caça-Fantasmas III’ será reescrito após morte de Harold Ramis
  46. ‘Vidas ao Vento’ concorre a melhor animação
  47. Bem vinda à ala das mulheres!
  48. Receitas caseiras para cuidar do jardim
  49. Angelina Jolie quer passar mensagem de perseverança
  50. Telespectadores da TV Globo reclamam de “sumiço” da Globeleza
  51. Velozes e Furiosos’ reinicia filmagens após morte de Walker
  52. Romário rebate Ronaldo pela internet: ‘Tem gente confundindo patriotismo’
  53. Inter encontra pontos cegos no Beira-Rio e terá que retirar cadeiras do estádio
  54. Belfort está fora do UFC 173; Lyoto enfrentará Weidman
  55. Enderson define Grêmio com titulares, mas sem o zagueiro Werley
  56. Maradona elogia brasileiros e diz que Seleção é favorita na Copa

Viaturas destinadas à Uruguaiana escaparam do incêndio na Academia de Polícia Militar

As dez viaturas queimadas no incêndio na Academia de Polícia Militar, em Porto Alegre, ocorrido na noite de segunda-feira, 24/2, seriam destinadas a região de fronteira com a Argentina e Uruguai. Assim que a notícia foi divulgada, houve preocupação por parte da população uruguaianense, já que o município aguada a vinda de duas viaturas novas.
No entanto, o prejuízo direto não será sentido em Uruguaiana. De acordo com o capitão Rinaldo Castro, que responde pelo comando do 1º Batalhão de Policiamento de Área de Fronteira (BPAF), as duas viaturas que virão para Uruguaiana não foram atingidas pelo fogo. Conforme o Capitão, o Comando Regional da Brigada Militar confirmou a vinda das viaturas e garantiu que a entrega irá ocorrer na primeira quinzena de março.
Atualmente, quase 200 viaturas estão guardadas no pátio da Academia de Polícia aguardando o processo de numeração, emplacamento ou instalação de equipamentos, principalmente o cartão de estacionamento. Das dez viaturas atingidas pelo fogo, seis tiveram perda todal. O incêndio ainda está sendo investigado e pode ter sido criminoso. Cada uma das viaturas queimadas estão avaliadas em R$ 98 mil, causado um enorme prejuízo para o Governo do Estado.

Acusado pelo furto na Caixa Econômica é preso em São Paulo

Um dos homens acusados de ter participado do furto de um malote na agência de Uruguaiana da Caixa Econômica Federal foi preso está semana na cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo. Eduardo da Silva, de 23 anos foi preso em flagrante enquanto praticava outro furto, também em uma agencia bancária.
Além do furto em Uruguaiana, ocorrido em 17 de outubro do ano passado, Eduardo é suspeito de participar de outros cinco crimes semelhantes em outras cidades, entre elas a vizinha Alegrete. Ao todo, a quadrilha a qual o rapaz pertence é apontada como responsável por seis crimes de furto em agências bancárias, que resultou em prejuízo de aproximadamente R$ 600 mil.
Eduardo foi preso pela Polícia Civil do município paulista, que encaminhou uma foto do rapaz à Polícia Federal de Uruguaiana, responsável pela apuração do crime na Caixa. Através de comparação entre a fotografia enviada e as imagens das câmeras de segurança, Eduardo foi identificado como um dos autores do crime.
O furto ocorreu às10h40min daquele dia e cinco pessoas são apontadas como autoras. Alguns dos homens distraiu os caixas enquanto outro bandido tentou pensar o malote que estava em uma gaveta, com um anzol improvisado. Ele não conseguiu e, outro comparsa se jogou por cima da mesa e pegou o malote, o colocou em uma sacola e saiu do local, sem que ninguém percebesse – este seria Eduardo.
Outros dois homens envolvidos já haviam sido presos. Há ainda um homem que segue foragido e quinto participante ainda não foi identificado. Os bandidos deixaram para trás uma mancha de sangue, que foi encaminhada para perícia na Superintendência da Polícia Federal em Porto Alegre. A perícia anda não foi concluída.

“Porco” é preso em flagrante pela Brigada por furto no Bairro Santana

Um homem foi preso em flagrante pela Brigada Militar na noite de terça-feira, 25/2, na Rua Santana, bairro Santana. Airton Gonçalves Junior, conhecido como “Porco”, de 38 anos danificou o portão de ferro de uma residência e furtou o pára-brisa de um veículo Ford Fiesta e uma furadeira. Ele foi preso por volta de 21h30min e apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, onde a autoridade policial de plantão lavrou o flagrante e determinou que o acusado fosse encaminhado à Penitenciária Modulada.
O homem preso tem várias passagens anteriores pela polícia, por apropriação indébita, formação de quadrilha, dirigir sem habilitação, posse de entorpecente, direção perigosa de veículo, extorsão, roubo a pedestre, furto descuido, ameaça e furto qualificado.

Mercado é assaltado mais uma vez

O mercado Do Bairro, localizado na Rua Eustáquio Ormazabal, foi mais uma vez alvo de um assalto na última semana. De acordo com a ocorrência policial um homem entrou no local armado e rendeu o caixa do mercado. Ele levou cerca de R$ 150. Segundo a descrição de testemunhas, o homem tinha uma cicatriz no rosto.
O estabelecimento já foi alvo de vários assaltos, inclusive em semanas consecutivas, um dos criminosos apontados como ‘cliente’ do mercado é Patrick Fernandes Flores de 20 anos, conhecido como “João Sem Braço”. Ele foi assassinado em janeiro desde ano, mas deixou seguidores.

Dupla é julgada por tentativa de homicídio

Dois homens foram julgados por tentativa de homicídio nesta quinta-feira, 26/2. Luiz Carlos Martins Sobreira Junior e Robson Carlos Rodrigues Sobreira foram acusados de, no dia 25 de julho de 2012, no bairo Hípica II, tentarem matar Francisco Jorge de Lima Rodrigues.Conforme o relato, Luiz Carlos agredia um sobrinho da vítima, de nome Pablo, quando Francisco surgiu com o facão em mãos e a intenção de defender o sobrinho Nesse instante, Robson chegou ao local e desferiu um golpe com uma barra de ferro contra o rosto da vítima, que caiu ao chão. Luiz Carlos pegou o facão e os dois passaram a desferir inúmeros golpes de facão e barra de ferro contra a cabeça de Francisco. As agressões cessaram porque Pablo passou a arremessar pedras contra eles, que fugiram do local.
Os jurados optaram por condenar Robson, mas absolveram Luiz Carlos. O juiz Ricardo Andrade fixou a pena em três anos de prisão em regime aberto e deu ao réu o direito de recorrer em liberdade. Os dois respondiam ao processo presos e tiveram o alvará de soltura expedido ontem mesmo.

Menor é baleado no João Paulo II

Uma desavença envolvendo um bonde mais uma vez resultou em um adolescente ferido. L.R.V.G. de 14 anos levou um tiro na perna na tarde de terça-feira, 25/2, por volta de 15h no Conjunto Habitacional João Paulo II, quadra 28.
De acordo com o pai do menor baleado, que não passagens pela polícia, L. estava com um amigo, que seria o alvo da tentativa de homicídio, mas foi L. que acabou ferido. Conforme apurado pela Brigada Militar, o crime foi cometido por duas pessoas que tripulavam uma motocicleta vermelha – o carona foi o autor do disparo.
Ainda segundo o pai da vítima, os autores seriam membros de um bonde do bairro Cabo Luiz Quevedo. Ele contou os rapazes tem inimizade com o amigo do filho, que estava no momento. 
Até agora ninguém foi identificado. L., que foi alvajado na perna esquerda, passa bem.

Federais trancam a ponte na pela “Indenização de Fronteira”


Na manhã de ontem, auditores fiscais e analistas tributários da Receita Federal, policiais rodoviários federais, policiais federais, fiscais agropecuários e auditores fiscais do trabalho se reuniram na ponte internacional Uruguaiana/Paso de los Libres para cobrar do Governo Federal a regulamentação da Indenização de Fronteira.
Em torno de 200 servidores participaram da manifestação, com diversas faixas cobrando uma maior atenção do Governo para com as fronteiras do Brasil. Uma fila de caminhões e automóveis formou-se ao longo de toda a ponte, até a Aduana argentina. A manifestação foi pacífica, sem transtornos.
Os servidores também solicitaram apoio da população para a realização de uma Audiência Pública, de iniciativa popular, no Senado Federal, para que seja discutida a Indenização de Fronteira. 
A Indenização de Fronteira foi criada pela Lei Federal 12.855, de 2 de setembro de 2013, prevendo uma compensação financeira para os servidores que trabalham em zona de fronteira. O objetivo da lei é dar um incentivo para que servidores federais trabalhem por mais tempo na fronteira, visto que a fixação do efetivo nestas regiões é muito difícil.
Em São Borja, os servidores também protestaram no trevo de acesso à ponte internacional que liga o município a Santo Tomé, na Argentina. 
Na cidade, as atividades da Receita Federal estiveram paralisadas. Na Polícia Federal, apenas serviços como emissão de passaporte e flagrantes funcionaram normalmente. Em Uruguaiana houve acúmulo de veículos no Porto Seco e filas enormes na aduana.

Santa Casa trabalha pela instalação do “Canguru Neo Natal”


A administração da Santa Casa de Caridade apresentará à 10ª Coordenadoria Regional de Saúde, o projeto para a instalação do setor de atendimento pediátrico dominado “Canguru Neo Natal”. O setor, segundo o administrador da Santa Casa de Caridade, Geovane Cravo, atenderá aquelas crianças que saem da UTI, mas que por medida de proteção, precisam ficar em quartos individuais. No Canguru, os bebês ficaram com suas mães recebendo um tratamento humanização. Elas serão afixadas ao peito materno com lençóis. “Estudos mostram que o contato pele a pele entre mãe e filho é fundamental para uma boa recuperação”, diz Cravo. 
O Método Mãe Canguru, também conhecido como “Cuidado Mãe Canguru” ou “Contato Pele a Pele”, tem sido proposto como uma alternativa ao cuidado neonatal convencional para bebês de baixo peso ao nascer.
O método entre os outros benefícios: aumenta o vínculo mãe-filho; diminui o tempo de separação mãe-filho, evitando longos períodos sem estimulação sensorial; estimula o aleitamento materno, favorecendo maior freqüência, precocidade e duração da amamentação; proporciona maior competência e amplia a confiança dos pais no manuseio do seu filho de baixo peso, mesmo após a alta hospitalar; favorece um controle térmico melhor; reduz o número de recém-nascidos em unidades de cuidados intermediários devido à maior rotatividade de leitos; proporciona um relacionamento melhor da família com a equipe de saúde; favorece a diminuição da infecção hospitalar e diminui a permanência hospitalar.

Prefeitura cobra da Infraero por serviços prestados pelo Município

Em reunião realizada ontem, a Prefeitura de Uruguaiana, através da vice-prefeita Nerai Kauffman e do secretário de Governo, Fernando Alves, entregou nova proposta de acordo à Infraero, buscando a retomada dos vôos aéreos na cidade. No documento recebido pelo superintendente regional da Infraero no Estado, Carlos Alberto Souza, a Prefeitura exige uma contrapartida da empresa de R$ 65 mil/mês pela destinação de guardas municipais para atuarem no aeroporto. Acontece que na proposta apresentada pela Infraero, era solicitada a destinação de profissionais da guarda para atuarem na prevenção e combate a incêndios e incidentes, visto que a Corporação de Bombeiros não possui efetivo suficiente para tal apoio e para o aeroporto volta a funcionar é obrigatoriamente necessária a presença de tais profissionais. A Infraero propunha a preparação dos guardas, mas não indicava o ressarcimento do Município que precisaria dispensar 24 de seus profissionais para atuarem no aeroporto. Em analise a contratos firmados entre Infraero e outras cidades, a Prefeitura constatou que o pagamento pelos serviços sempre foi feito, apenas para Uruguaiana, o ressarcimento não era previsto. Segundo o secretário de Governo Fernando Alves, na reunião realizada ontem, o superintendente disse que a empresa analisará a proposta e que tentará junto ao Governo viabilizar o aumento de efetivo na Corporação de Bombeiros do município.

Jurados do Carnaval 2014 deverão ser conhecidos hoje

Membros da Comissão de Carnaval estão desde segunda-feira em São Paulo, onde negociam a contratação dos jurados que avaliarão as escolas de samba de Uruguaiana no Carnaval 2014. Segundo o presidente da Comissão de Carnaval, Eloy Trojan, a lista inclui carnavalescos de ambas as cidades. Ontem à tarde os candidatos reuniram-se com a Comissão e hoje pela manhã o presidente será informado do que foi decidido, mas ele garantiu que Claudio Britto e Fred Soares foram estirpados do Carnaval de Uruguaiana. 

Patrocinador

Também ainda não houve a venda da quota de Patrocinador Oficial do Carnaval. Duas empresas de bebidas, Ambev e Skin manifestaram interesse, porém a Ambev desistiu do negócio nesta terça-feira. Segundo Trojan, outra empresa estaria apresentando proposta no dia de hoje. Caso não haja concorrente, a Comissão terá que aceitar a oferta da Skin, considera baixa, e que ainda impõe exclusividade, ou seja, somente a sua marca entrará na Avenida.

Presidente da Câmara de Vereadores leva novas demandas ao Prefeito


O prefeito Luiz Augusto Schneider e o presidente em exercício do Poder Legislativo municipal, vereador Irani Fernandes (PP), estiveram reunidos na segunda-feira, 24/2. A reunião teve por objetivo a apresentação de reivindicações dos parlamentares ao chefe do Executivo. Entre os assuntos tratados esteve a execução de obras no município, o andamento da parceria firmada para melhorias no interior do município, a depredação do cemitério e a preocupação com o descarte do lixo.

Conselhos municipais

Durante a reunião, foram expostas e debatidas as atividades desenvolvidas pelos conselhos municipais. A estruturação dos órgãos para amparar as decisões do Executivo e efetivar a participação da comunidade na administração foi destacada. Irani lembrou ainda a importância da implantação de um conselho direcionado às pessoas com deficiência e às questões relacionadas à mobilidade urbana, transporte, trânsito e segurança. “A participação social através dos conselhos prepara a comunidade para perceber melhorias em longo prazo, além de formalizar decisões democráticas e permitir o pleito por verbas estaduais e federais em diversas áreas”, considerou o Parlamentar.

Gabinete de Gestão Integrada

Outra questão abordada durante o encontro foi o Gabinete de Gestão Integrada (GGI), que prevê a integração de todos os órgãos da segurança pública, para o desenvolvimento de ações que visam à redução da criminalidade. O coordenador executivo do GGI, Paulo Inda, esclareceu que está em tramitação a busca de apoio a projetos municipais relativos à ação do Sistema Integrado de Prevenção da Violência e Criminalidade, do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), criado pelo governo federal. Entre as possibilidades disponibilizadas pelo Ministério da Justiça estão a implementação de vídeomonitoramento, a realização de cursos de capacitação profissional para segurança pública municipal e o fortalecimento da Guarda Municipal com aquisição de novos equipamentos para o trabalho. Também foi apresentado o pleito do GGI por reforço na segurança da fronteira nos meses da Copa do Mundo, quando há previsão da entrada de cerca de 50 mil argentinos por Uruguaiana.

Submoradias na Bento Gonçalves

Depois da explanação do Parlamentar sobre as condições de submoradia de cerca de 10 famílias que vivem nos fundos da Rua Bento Gonçalves, entre ruas Santana e Bento Martins, o prefeito Schneider determinou que fossem tomadas providências imediatas para a questão. A pauta foi uma reivindicação do presidente da Casa Legislativa, Ronnie Mello, que está em viagem ao Rio de Janeiro. Segundo o Parlamentar, as condições dos terrenos são precárias e em dias de chuva as passagens são alagadas, condicionando a prejuízos nas construções e transmissão de doenças.

Acessibilidade na Avenida

O último assunto tratado na reunião entre Legislativo e Executivo foi a acessibilidade na Avenida Presidente Vargas durante a realização do Carnaval Fora de Época de Uruguaiana, que acontece nos próximos dias 20, 21 e 22 de março. Irani solicitou providências para garantir acesso a todos os espaços na Avenida durante os três dias de desfiles. Conforme ele, houve relatos de dificuldades enfrentadas por pessoas com deficiência em anos anteriores sobre as condições de trânsito até os camarotes e a visibilidade para o desfile.

Comissão de Serviços Municipais e Saúde deve se reunir com Schneider

Está agendada para ocorrer na tarde de hoje, 27/2, uma reunião entre a Comissão de Serviços Municipais, Saúde Educação, Segurança Pública e Desenvolvimento Econômico da Câmara de Vereadores e o prefeito Luiz Augusto Schneider. A secretária municipal de Saúde, Saionara Marques Almeida dos Santos também deverá participar da reunião, que visa tratar de vários assuntos. A pauta foi definida em reunião extraordinária da Comissão na última segunda-feira, 24/2. Inicialmente, a reunião estava marcada para ocorrer na segunda-feira, mas foi desmarcada pelo prefeito, que está em viagem e deve retornar hoje ao município.
A Comissão é formada pelos vereadores Rafael Alves (SDD), Egídio Carvalho (PSDB), Marcelo Lemos (PDT) e Irani Fernandes (PP), que está respondendo interinamente como presidente da Casa Legislativa, já que Ronnie Mello (PP) está viajando. Lemos não deverá estar presente na reunião, pois também está viajando. Ele está fazendo um curso em Porto Alegre e retorna nesta sexta-feira, 28/2.

Caps AD

Entre as pautas a serem debatidas durante a reunião está uma reivindicação do Centro de Atenção Psicossocial – álcool e drogas (Caps AD). Irani Fernandes esteve visitando a instituição na última terça-feira, 25/2. Localizado no antigo Hospital Santo Antonio, o Caps AD atende pessoas com problemas provenientes do uso de álcool e substancias químicas. Na ocasião, Irani conheceu as atividades que vem sendo realizadas pelos pacientes, como oficinas de trabalho e artesanato, e pelos profissionais que lá atuam.
Algumas demandas da instituição foram apresentadas ao Parlamentar pelo coordenador do Caps AD, Marcelo Vasconcelos. Entre elas, a necessidade de alterações estruturais no local, para possibilitar o credenciamento junto aos órgãos de saúde e a habilitação para recebimento de recursos destinados aos projetos dos centros de atendimento psicossocial. Conforme o Vereador, esta solicitação será apresentada ao Prefeito durante a reunião de hoje.

Município apresenta gastos de 2013 aos parlamentares

Acontece hoje, 27/2, a partir das 10h, a audiência pública para apresentação dos gastos e investimentos feitos pelo Poder Executivo no período de setembro a dezembro de 2013. Os dados serão apresentados à Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal pelo secretário municipal de Planejamento, Diego Xavier Roque. Conforme Roque, serão apresentadas as despesas do município neste período, valores que estavam disponíveis e no que estes valores foram aplicados.
O objetivo é tornar público o cumprimento das metas fiscais do município, oportunizar o debate sobre a execução e o planejamento das finanças e garantir o papel fiscalizador do Poder Legislativo. A audiência ocorre no plenário do Palácio Borges de Medeiros.
Presidida pelo vereador Fernando Tarragó (PSDB), a Comissão de Finanças e Orçamento é formada ainda pelos vereadores Marcelo Lemos (PDT), Carlos Eduardo Espíndola Alves (PMDB), Rafael Alves (SDD) e Adalberto Silva (PP).

Prefeito Schneider participa de encontro no Rio de Janeiro

O prefeito de Uruguaiana, Luiz Augusto Schneider participou ontem de Reunião do G100, na cidade do Rio de Janeiro, promovida pela Frente Nacional de Prefeitos, presidida por José Fortunati, prefeito de Porto Alegre, com apoio do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Pela manhã, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati; o prefeito de Carapicuíba (SP), Sérgio Ribeiro; o subchefe de assuntos federativos da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Olavo Noleto; e o coordenador do Observatório das Metrópoles, Luiz César de Queiroz Ribeiro; fizeram o lançamento do Anuário G100. Após, a Ministra do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, Tereza Campello; o prefeito José Fortunati, presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP); e o prefeito de Aparecida de Goiânia (GO); Maguito Vilela; falaram sobre o Programa Brasil Sem Miséria; os Projetos de apoio à inclusão produtiva para o G100 (Parcerias da FNP); o fortalecimento do G100 junto a Comunidade Européia e a Estrutura Administrativa nos municípios que integram o G100 para o desenvolvimento das MPEs (SEBRAE Nacional). No período da tarde, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, palestrou sobre o PMAT – Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão de Setores Sociais Básicos e os municípios do G100. Após, o diretor-presidente da ANVISA, Dirceu Barbano, dissertou sobre a Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária; e o diretor de Infraestrutura Social e de Meio Ambiente do BNDES, Guilherme Lacerda, abordou sobre Elaboração de projetos, itens financiáveis, aprovação e liberação de recursos do PMAT automático.

Homem acusado de matar Thiago Taffarel é condenado por homicídio privilegiado


O Tribunal do Júri de Uruguaiana julgou na terça-feira, 25/2, Jeferson Luzardo, conhecido como “Dudu”, de 31 anos, acusado de ter matado Thiago Taffarel Moraes Bilhalva, no dia dois de novembro de 2008, por volta de 4h30min, no Clube da Cohab I, próximo à escola Elisa Valls.
Thiago foi morto a facadas. Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público, na ocasião, os dois estavam no clube com seus respectivos grupos,quando em determinado momento, Jeferson sacou um canivete e desferiu um golpe contrano peito da vítima e fugiu. Thiago foi socorrido e encaminhado ao hospital, mas não resistiu ao ferimento, que penetrou no coração. O motivo teria sido uma discussão por causa de R$ 10.
A Brigada Militar foi avisada sobre o fato e, através de informações chegou até Jeferson, com quem os policias militares apreenderam duas camisetas, uma adaga, uma faca e um canivete com vestígios de sangue – todos os objetos foram encaminhados à perícia.
Durante a instrução processual, Jeferson confessou ser o autor do golpe que matou Thiago Taffarel, mas alegou ter agido em legítima defesa. Ainda assim, ele foi pronunciado pelo juiz Ricardo Petry Andrade, em agosto de 2012. Em plenário, o promotor Rodrigo de Oliveira Vieira sustentou a condenação de Jeferson. Enquanto a defesa, realizada pelo advogado Ernani Nelsis pediu o reconhecimento do homicídio privilegiado, situação em que o juiz pode reduzir a pena de um sexto a um terço. Nelsis alegou que Jeferson agiu sob o domínio de violenta emoção, logo em seguida a injusta provocação da vítima. Conforme o advogado, o rapaz chegou ao clube, acompanhado de dois amigos, às 2h30min e, dez minutos depois a vítima, que o confundiu com outra pessoa passou a lhe importunar, cobrando uma dívida de R$ 10. Thiago teria chegado ao extremo de agredir Jeferson, que chegou a ter dois dentes quebrados e acabou sacando o canivete e golpeando a vítima. Durante o julgamento, uma testemunha – amigo da vítima – relatou que deu o valor cobrado de Jeferson a um garçom, para que lhes trouxesse uma cerveja; no entanto, o homem não retornou mais e, Thiago acabou por confundi-lo com o acusado.
O Corpo de Jurados reconheceu a versão apresentada pela defesa e condenou Jeferson por homicídio privilegiado. O magistrado Ricardo Petry Andrade fixou a pena em sete anos e seis meses de reclusão em regime inicial semiaberto. No entanto, Jeferson poderá recorrer em liberdade.

Davi Juno é novamente condenado a 33 anos por estupro e homicídio

Na última quinta-feira, 20/3, o Tribunal do Júri julgou pela segunda vez, um rumoroso crime ocorrido em março de 2008, quando uma mulher de 35 anos foi estuprada e assassinada às margens da BR 290, próximo ao viaduto.
Um jovem com então 18 anos e passagens anteriores pela polícia foi apontado como o autor. Davi Juno da Silva Pires, conhecido como “Pica-Pau” chegou a ser julgado pelos crimes, em maio de 2012. No entanto, a defesa dele, a cargo do advogado Roberto Acosta Nunes recorreu ao Tribunal de Justiça, alegando não haver provas do estupro e conseguiu a anulação do julgamento, em que Davi havia sido condenado a 33 anos de prisão.
O crime ocorreu em 30 de março de 2008, por volta de 6h no barranco que margeia a BR 290. De acordo com a denúncia, a vítima, Julieta Horizontina Meneses Brites, estava em um baile no Clube dos Coroas, com o marido. Os dois acabaram tendo uma briga e ela decidiu ir a pé para casa. O marido, Luis Américo Guimarães foi atrás dela, de motocicleta, mas Julieta, que estava embriagada e transtornada, se recusou a ir com ele.
Como Davi Juno, que era conhecido de longa data da vítima, também se deslocava naquela direção, o marido pediu seu auxílio para acompanhá-la até o outro lado da rodovia, enquanto ele faria a vonta e os encontraria do outro lado. O réu aceitou e se comprometeu em levar Julieta ao encontro do marido, do outro lado da BR, mas quando chegou lá, Luis Américo não os encontrou.
Os crimes ocorreram durante o caminho e, ainda conforme a denúncia oferecida pelo Ministério Público, Davi aproveitou que estava sozinho com Julieta e a agarrou violentamente, a derrubou no barranco lateral à pista e abusou sexualmente dela. Para evitar que fosse reconhecido, ele a matou, desferindo-lhe inúmeros golpes com objeto contundente, possivelmente uma pedra, no rosto e na cabeça.
Assim que cometeu os crimes, ele fugiu do local, mas esqueceu ali o boné que usava, o que facilitou sua identificação.
Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa do réu, foram encontrados em seu quarto, objetos com manchas semelhantes a sangue, que foram encaminhadas à análise, entre eles o par de tênis que Davi Juno usava naquele dia, e onde foi encontrado um fio de cabelo semelhante ao da vítima, também encaminhado à perícia.

O Júri

Pela segunda vez, o promotor Rodrigo de Oliveira Vieira e o advogado Roberto Acosta Nunes estiveram frente a frente para apresentar suas teses aos jurados. Vieira pediu reiteradamente a condenação de Juno, que foi intimado por edital e, a exemplo do primeiro julgamento, não esteve presente. A tese da defesa, mais uma vez foi de negativa de autoria quanto aos dois crimes. Nunes sustentou a absolvição de Davi.
Os jurados, no entanto, entenderam que os dois crimes ocorreram e que Davi Juno foi o autor dos delitos, condenando-o por homicídio qualificado por recurso que dificultou a defesa da vítima e cometido com o objetivo de ocultar outro crime; e por estupro. O juiz Ricardo Petry Andrade fixou a pena em 33 anos de prisão, a mesma sentença do primeiro julgamento. 
Quando o primeiro julgamento ocorreu, Davi Juno não compareceu a solenidade porque estava preso na Argentina, por roubo de carga. Atualmente, o paradeiro dele é inserto e suspeita-se que estava morando no Chile.

COLUNA DO MAGRÃO

Carnaval sem folia
Semana de Carnaval no Brasil. Uruguaiana vai registrando mais um carnaval sem folia. A data mais festiva do calendário brasileiro, aqui, depende do empreendedorismo de algum empresário, ou alguma entidade social que ofereça alguma manifestação. Há muito tempo os bailes de carnaval deixaram de fazer parte do entretenimento do uruguaianense. Os blocos de rua só provocaram confusão. O carnaval d’água perdeu a graça. O carnaval nacional deixou de ser coletivo. O que temos agora são tentativas de resgatar carnavais passados, com repertório de marchinhas eternas, prova de que há muito não se tem algo novo, ou novidades como carnaval com som mecânico, que nunca “pegam”. A última novidade é um carnaval de som automotivo em são Marcos, uma demonstração de ousadia da comunidade interiorana, já que na cidade o som automotivo “tá proscrito”, a lei do silencio cala os alto-falantes. São muitas as tentativas de fazer o carnaval acontecer em Uruguaiana, o que não temos é resultado. O melhor do Carnaval de Época, aqui, é o Feriado.
O homem Forte do carnaval de Uruguaiana esta pessoalmente tratando o assunto jurados para 2014. Confirmado. O homem forte do carnaval de Uruguaiana esta nas principais praças de carnaval, São Paulo e Rio de Janeiro, reunindo se com pretensos jurados para o desfile das escolas de samba. A intenção é formar um “mix” de julgadores, com alguns critérios, tipo, quem custa menos. A ideia seria das escolas de samba. 

Bolsa Família: mudança de escola dos alunos deve ser comunicada


No início de cada ano letivo, é comum a mudança de escola por um grande número de crianças e adolescentes matriculados na rede pública de ensino. Por essa razão, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) orienta que as famílias beneficiárias do Bolsa Família, cujos filhos entre 6 e 17 anos mudaram de escola em 2014, precisam comunicar a alteração ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou ao setor responsável no município.
Apenas com a informação correta da escola é possível que o governo federal faça o acompanhamento adequado da frequência escolar de crianças e adolescentes atendidas pelo programa. Pelas regras do Bolsa Família, a frequência escolar mínima é de 85%, para estudantes de 6 a 15 anos, e de 75% para estudantes de 16 e 17 anos. O cumprimento dessas condicionalidades é fundamental para que a família continue recebendo o benefício.
Mãe de seis crianças em idade escolar, a dona de casa Renata Pereira da Costa Santos, 28 anos, foi convocada a comparecer ao Cras de Brasília para informar sobre a mudança de escola dos filhos, matriculados na rede pública. Quatro deles – que estudavam no Centro de Ensino Fundamental 1, da Vila Planalto – foram transferidos para o Centro Educacional Gisno da Asa Norte.
“Vim assim que me chamaram. Aqui, eles me disseram que eu devia informar o endereço da escola para onde os meninos foram transferidos”, disse a beneficiária do Bolsa Família, logo após ser atendida por um funcionário do centro de referência. “Aproveitei para informar o nascimento do meu filho mais novo.”
Conscientização – O beneficiário não precisa esperar uma convocação para informar qualquer mudança ocorrida na situação familiar. “O ideal é que a família comunique a mudança de escola e outras alterações da situação familiar o quanto antes, para evitar problemas no recebimento do benefício”, orienta o diretor de Condicionalidades do Ministério do Desenvolvimento de Combate à Fome (MDS), Daniel Ximenes.
Quando a mudança da escola não é informada, o governo não pode fazer o acompanhamento escolar e notifica a família por descumprimento da condicionalidade de educação. Segundo Ximenes, as famílias que não conseguem manter os filhos na escola recebem atendimento da rede socioassistencial para identificar as causas do afastamento e ajudá-las a regularizar a situação.
Para a diretora do Cras de Brasília, Iaponira Pontes de Souza, a conscientização dos beneficiários sobre a importância da atualização cadastral faz parte da rotina das equipes de atendimento. “Realizamos reuniões quinzenais com os grupos de acolhida e também nas escolas, com a participação das famílias.”

Coordenadora de Educação diz que direções restringem acesso de alunos as salas de informática

A coordenadora de Educação da 10ª CRE, Maria de Lourdes Bolsani falou nesta semana a respeito das salas de informática disponibilizadas pelas escolas estaduais. Segundo ela, o Estado oferece através das escolas, computadores aos alunos e professores, visando ampliar o conhecimento dos jovens os inserindo no mundo tecnológico. 
A coordenadora ressalta que as instruções quanto ao uso do maquinário devem ser dadas pelos próprios professores, visto que periodicamente eles participam de cursos que os atualizam para melhor ensinar seus alunos. Ao considerar dispensável a contratação de um monitor ou técnico de informática para cada escola, Maria de Lourdes revela que diretores de algumas escolas de Uruguaiana, não permitem o acesso às salas de informática. “Infelizmente há diretores que não permitem que seus alunos usufruam do benefício, por acreditar que o equipamento será danificado por eles. É uma pena, pois nosso secretário estadual de Educação sempre deixou claro que é melhor arcar com a reforma de equipamentos que estão servindo como instrumento de ensino, do que ver computadores estragando sem terem sido utilizados”, finalizou. 
De acordo com Maria de Lourdes, é fundamental que o uso dos equipamentos seja planejado e incluído no currículo pelos professores. Ela aconselha os professores a exigirem das direções, a liberação das salas. 

Professoras de escolas de Uruguaiana têm trabalhos selecionados pelo MEC

O Projeto Integração que trata dos temas de sexualidade, meio ambiente e educação para o trânsito desenvolvido pelas professoras: Tânia Motta, da escola estadual Adir Máscia; Lilian Rodrigues, da escola estadual Fundamental Uruguaiana e Luiza Vanessa Mansilha, das escolas estaduais Roberval de Azevedo e Paso de Los Libres foi selecionado pelo Ministério da Saúde para ser exposto na Tenda Escola durante a IV Mostra Nacional de experiências em Atenção Básica/ Saúde da Família, em Brasília nos dias 12 e 13 de março. 
O envolvimento dos alunos das escolas estaduais e o acolhimento do projeto proposto resultaram na realização de diversas reuniões de planejamento, participação em oficinas, teatro, realização de jogos, elaboração de jogos, apresentações dos trabalhos nas comunidades escolares, envolvendo as famílias e outras escolas estaduais. .
O trabalho também contou com a participação da Comissão Binacional do Meio ambiente, CFC Uruguaiana e Sociedade Espírita.
O entusiasmo dos alunos culminou com a apresentação de novas ideias para tratar os temas do projeto nas escolas e a produção de um CD com as paródias criadas.
A participação na Tenda Escola contará com a exposição fotográfica do desenvolvimento do projeto que, além de ter proporcionado o desenvolvimento dos temas oportunizou a valorização dos trabalhos elaborados pelos alunos envolvidos.

Cpers promete ingressar na Justiça contra contratação emergencial de professores

O Cpers/Sindicato convocou a imprensa nesta terça-feira para cobrar publicamente que o Estado nomeie mais professores aprovados no último concurso do magistério. A entidade alega que menos de 5% dos mais de 13 mil professores foram chamados e que o Estado já abriu edital no início deste ano para contratar mais professores temporários.
A presidente do Cpers, Rejane Oliveira, garante que a entidade ingressará com uma ação, entre hoje e amanhã, buscando obrigar o Estado a nomear mais professores e tentando impedir a contratação de temporários. A presidente ainda denuncia o fato de que um número ainda não computado de escolas estaduais não começaram as aulas nesta segunda-feira por falta de estrutura ou professores. “Nós estamos entrando com uma ação judicial coletiva para garantir a nomeação destes que foram aprovados e impedir que o governo faça novas contratações”, afirmou a sindicalista, que promete para as próximas semanas um levantamento detalhado sobre o número de instituições afetadas, garantindo que em algumas delas as aulas começarão somente em abril.
A presidente do Cpers ainda denunciou a falta de Planos de Prevenção contra Incêndio em “diversas escolas, colocando os alunos em risco”. Rejane aponta ainda que o Estado está realizando o chamado “agrupamento” de turmas, reduzindo o número de professores e misturando em uma mesma sala alunos de séries diferentes.

“Regimento Conde de Porto Alegre”

120 anos, porque “haverá sempre uma Cavalaria”


Ontem, 28 de fevereiro, o 8º Regimento de Cavalaria Mecanizado, a minha unidadeda gloriosa Arma de Cavalaria (da qual tive a honra de compilar sua história quando comandada pelo coronel Cláudio Emmanuel Faulstich Alves), completou 120 anos de existência, confirmando assim aquela frase conhecida de todos, de que “haverá sempre uma Cavalaria”.
O 8º RCMec– “Regimento Conde de Porto Alegre”, atualmente aquartelado em nossa Uruguaiana, passou por diversas sedes, tendo outras composições e denominações, entretanto, esteve sempre dedicado ao serviço da Nação e a vigilância constante de nossas fronteiras e, mais recentemente, passou a contribuir com o envio de efetivos para comporunidade integrante das Forças de Paz das Nações Unidas, e estar em condições de operar como força de pronto-emprego, no auxílio e busca de soluções bélicas, apresentando poder dissuasório, capacitado a responder com presteza e eficácia, a eventuais ameaças à soberania nacional ou a paz mundial.
A Unidade teve sua origem em 28 de fevereiro de 1894, na cidade de Itararé-SP, com a designação de 14º Regimento de Cavalaria. Em 28 de novembro de 1908, o 14º RC ficou composto por um Esquadrão de Trem, da 2ª Brigada Estratégica e por outro Esquadrão, acantonado em Curitiba-PR. Em 23 de fevereiro de 1915, aquela Brigada foi extinta sendo criado 4º Corpo de Trem, formado pelos Esquadrões de Trem da 2ª Brigada Estratégica, outro Esquadrão e um Depósito de Remonta a serem constituídos, logo depois desmobilizados, passando, a 11 de dezembro de 1919, a enumerar-se 1º Corpo de Trem, com sede em Pindamonhangaba-SP.
Em 31 de dezembro de 1921, o 1º Corpo de Trem passa a denominar-se 12º Regimento de Cavalaria Independente, a quatro esquadrões, vindo mais tarde a ocupar sedes sucessivas em distintas localidades do Rio Grande do Sul.Em 8 de fevereiro de 1924, sofre nova mudança de denominação para 8º Regimento de Cavalaria, designada a cidade de Quarai para sua sede, onde nunca chegou se estabelecer, pois seu efetivo ficou adido ao 7º RC, na cidade de Santana do Livramento, até que se construísse seu aquartelamento. Sua organização efetivada pelo capitão Rafhael Pinto de Azambuja, em 20 de maio de 1926.Quando esteve aquartelado junto àquela Unidade, recebe determinação do Comando da Região para ser transferido para a cidade de Rosário do Sul, conforme o radiograma abaixo:
“CMT 8º RCI – CAP. COUTINHO – LIVRAMENTO – PALEGRE – NR 352 – DATA 09 – TOMANDO CONSIDERAÇÕES MERECIDAS VG VOSSA JUDICIOSA CARTA DE 5 DO CORRENTE VG ACABO DETERMINAR CMT 2ª DC MUDANÇA PROVISÓRIA 8. RCI PARA ROSÁRIO PT AO INTENDENTE DESSA LOCALIDADE PASSEI TELEGRAMA RECOMENDANDO CORPO NOVO DIGNO COMANDANTE QUE OCUPARÁ QUARTEL DESTINADO AO 2. BIM ATÉ QUE SEJAM CONCLUIDAS OBRA DE SEU QUARTEL DEFINITIVO EM QUARAÍ PT PARECE INCÔMIOS INTERESSE SERVIÇOS PRESTADOS E RELEVANTE CARTA ORA RESPONDO FELICITANDO MEU JOVEM CAMARADA POR SUA INICIATIVA FELIZ PT SAUDAÇÕES CORDIAIS PT GEN. ANDRADE NEVES”. 
Em 5 de abril de 1927, o Regimento, com seu contingente num único esquadrão, parte para sua nova parada, em Rosário do Sul, onde ficou aquartelado em uma residência “toda de madeira e ficava onde hoje se encontra o posto da Polícia Rodoviária Federal (BR 290), próximo a antiga ponte das Tropas, sob os trilhos da Viação Férrea. Tinha o seu aquartelamento no fim do antigo logradouro, antiga ponte das tropas, que passa por cima a linha férrea. Eu conheci essa velha ponte, foi antes da construção da BR 290. Ela tinha o formato de um grande portão com cobertura de zinco e uma estrutura reforçada por cima dessa cobertura onde passavam os trilhos. A alcunha da “Ponte das Tropas”, provavelmente seja pela mesma ser muito usada pelas tropas militares porque aquele era o caminho usado pelas mesmas até a pouco tempo. Ainda não existiam os bairros Progresso, Santo Antonio e Areias Brancas, era apenas um caminho de carroças, carretas e viaturas militares, com algumas olarias onde está a Praia Areias Brancas, com algumas grandes lagoas, onde ficava o porto das chalanas quando o Santa Maria era navegável... o antigo terreno do 5º, após sua transferência para Quaraí, foi adquirido pelo Sr Tilmo Ortiz de Vasconcellos.” (Depoimento do historiador Jorge Telles ao autor).
Consta nos registros históricos do Regimento sua participação em várias Revoluções do Estado.
Em 22 de janeiro de 1933, o 8º Regimento de Cavalaria Independente é transferido para a cidade de Uruguaiana, ficando composto de quatro esquadrões, sendo dois de fuzileiros, um de metralhadoras e outro extra. Em 25 de junho de 1946, a Unidade publica a sua transformação de 8º RCI para 8º Regimento de Cavalaria, e em 22 de dezembro de 1971, foi determinada a mecanização da então unidade de hipomóvel, com consequente mudança de denominação para 8º Regimento de Cavalaria Mecanizado.
Sua nova composição foi adotada a partir de 1º de janeiro de 1972, e a chegada dos primeiros veículos blindados ocorreu em 14 de agosto daquele ano. 
Em 20 de setembro de 1977 foi aprovado, em solenidade especial, a designação histórica de “Regimento Conde de Porto Alegre” e adotado seu brasão heráldico. 
O Regimento Conde de Porto Alegre tem interagido de forma integrada com a sociedade, disponibilizando o emprego de seu “braço forte”na manutenção da soberania nacional, sem descuidar da “mão amiga”, sempre presente nos momentos de necessidade.
Atualmente é comandado pelo coronel Marcus Ostwald Corbal.

Painel - Ed. 2258

Nova desembargadora
A advogada Ana Paula Dalbosco é nova desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado. Remanescente de lista tríplice anteriormente votada pela Corte gaúcha - teve seu nome incluído em lista sêxtupla da OAB, mais uma vez, em 14 de dezembro passado, com 47 votos - após sobressair-se no seu desempenho de tribuna e sabatina feita pelos conselheiros. Era a única mulher da lista.

O curioso I
“Dono” de comunidade, onde tem até milícia vendendo “segurança” aos moradores, está curioso sobre quanto teria que pagar para ter uma foto do “seu clube”, lotado,na capa do CIDADE. Pra publicidade temos tarifa, estão em nosso site, ou solicite orçamento.

O curioso II
Pra ser notícia, não custa nada. Agora, pra não ser notícianão tem dinheiro que pague. Por aqui, foram destaquecontrariados, empresários, políticos, produtores rurais, médicos, além de traficantes, estelionatários e ladrões.

Empregos 
A Agência Municipal de Intermediação de Empregos, localizada na Esplanada da Estação, tem vagas disponíveis para costureira; vendedor interno; gerente de loja; cabeleireira; depiladora; técnico em enfermagem; instalador para vidro temperado; gari; consultor comercial; servente de obras; pedreiro; açougueiro; auxiliar de açougue; setor financeiro; setor contábil; caseiro, pode ser casado com um filho; tratorista para lavoura; e auxiliar de depósito.

Conferência
Aconteceu ontem, 26/2, a partir das 8h, a Conferência Intermunicipal de Proteção e Defesa Civil, integrando os municípios de Uruguaiana, Barra do Quarai e Itaqui. Todos os 14 municípios da região foram convidados, de acordo com a 10ª Coordenadoria Regional de Defesa Civil, que fez a interlocução.

Unipampa I
A “galera” da Unipampa em Livramento arregaçou as mangas e está exigindo sim, restaurante universitário, laboratório de informática, reforma nas instalações, mais servidores e professores, espaço para os diretórios, ensino de qualidade, e muito mais, e tudo o que tem direito.


Unipampa II
Quem está na Universidade, ralou pra chegar lá. Se a verba é pública, o ensino não é de graça, pois é fruto do trabalho de todos os brasileiros. Lutar por uma boa universidade é lutar pela boa aplicação da miséria que sobra dos 50% de impostos sobre tudo que nós produzimos e que “Dilma e os quase 40” não conseguiram afanar, ou distribuir entre sua corriola de Brasília, através de mensalões, propinas, ou “incentivos culturais”.

Tanques
Os antigos tanques da empresa Azaléia, localizados no Centro de Referência em Assistência Social, bairro Cabo Luiz Quevedo estão sendo aterrados pela Prefeitura Municipal. Após a remoção do passivo ambiental, o aterro vem sendo realizado com o objetivo de evitar acidentes no local e promover a revitalização do espaço.

Otacílio Borges 

O alvará de localização e funcionamento do Grupo Campeiro Otacílio Borges foi entregue ao tradicionalista Geraldo Mello Borges, patrão do PTG, localizado no bairro Cabo Luiz Quevedo. A entrega do documento foi feita pelo prefeito Luiz Augusto Schneider. O alvará é emitido pela Prefeitura através da secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho, após a liberação do Corpo de Bombeiros.

Ação social
Encerrou na terça-feira, 25/2, as inscrições para o processo seletivo para preenchimento de três vagas de assistente social e seis vagas para cadastradores na secretaria de Ação Social e Habitação.

ONG Girassol
Acontece no próximo dia 19/3, a assembleia de fundação da ONG Girassol, cuja finalidade é atender a pacientes crônicos e dependentes químicos. A assembleia acontece às18h no plenário da Câmara de Vereadores.

Hemodiálise I
Muitos pacientes renais de Uruguaiana estão precisando se deslocar até Itaqui para realização do procedimento de hemodiálise, já que a Clínica Renal de Uruguaiana enfrenta dificuldades para atender a atual demanda. A questão, inclusive, foi tratada durante audiência entre o prefeito Luiz Augusto Schneider e o presidente da ONG Girassol, Renato Kleinubing.

Hemodiálise II
A administração da Santa Casa de Uruguaiana apresentará ao Prefeito, na próxima segunda-feira, 3/3, um plano para ampliação do serviço, contemplando principalmente os uruguaianenses que hoje realizam seu tratamento fora do município.

Coleta solidária
No sábado, 22/2, o prefeito Luiz Augusto Schneider esteve em Gravataí, acompanhado de alguns secretários municipais; entre eles Francisco Robalo, titular da pasta de Meio Ambiente. Durante a viagem, eles visitaram uma unidade de coleta seletiva solidária.

Poder Judiciário I
Durante este mês de fevereiro, o Poder Judiciário do Estado está atuando em horário especial. Nas segundas-feiras, o expediente no Fórum de todas as comarcas do RS começa às 12h e encerra às 19h, de forma ininterrupta. Já nas sextas-feiras, o atendimento inicia às8h e encerra às15h.

Poder Judiciário II
No dia cinco de merco, quarta-feira, o expediente também acontece das 12h às 19h, mantendo os respectivos serviços jurisdicionais sob regime de plantão, e sem prejuízo das audiências já designadas. O horário especial foi uma determinação do Tribunal de Justiça do RS.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Ed. 2258

  1. Consumismo artificial
  2. Nova desembargadora
  3. Conferência
  4. Otacílio Borges
  5. Ação social
  6. Tanques
  7. ONG Girassol
  8. Empregos
  9. Coleta solidária
  10. Hemodiálise I
  11. Hemodiálise II
  12. O curioso I
  13. O curioso II
  14. Unipampa I
  15. Unipampa II
  16. Poder Judiciário I
  17. Poder Judiciário II
  18. Presidente da Câmara de Vereadores leva novas demandas ao Prefeito
  19. Município apresenta gastos de 2013 aos parlamentares
  20. Prefeito Schneider participa de encontro no Rio de Janeiro
  21. Comissão de Serviços Municipais e Saúde deve se reunir com Schneider
  22. Federais trancam a ponte na pela “Indenização de Fronteira”
  23. Santa Casa trabalha pela instalação do “Canguru Neo Natal”
  24. Prefeitura cobra da Infraero por serviços prestados pelo Município
  25. Jurados do Carnaval 2014 deverão ser conhecidos hoje
  26. Coluna do Magrão: Carnaval sem folia
  27. Homem acusado de matar Thiago Taffarel é condenado por homicídio privilegiado
  28. Davi Juno é novamente condenado a 33 anos por estupro e homicídio
  29. Viaturas destinadas à Uruguaiana escaparam do incêndio na Academia de Polícia Militar
  30. Menor é baleado no João Paulo II
  31. Dupla é julgada por tentativa de homicídio
  32. Mercado é assaltado mais uma vez
  33. Acusado pelo furto na Caixa Econômica é preso em São Paulo
  34. “Porco” é preso em flagrante pela Brigada por furto no Bairro Santana
  35. Bolsa Família: mudança de escola dos alunos deve ser comunicada
  36. Professoras de escolas de Uruguaiana têm trabalhos selecionados pelo MEC
  37. Coordenadora de Educação diz que direções restringem acesso de alunos as salas de informática
  38. Professoras se descuidam e criança de quatro anos foge da escola
  39. Cpers promete ingressar na Justiça contra contratação emergencial de professores
  40. “Regimento Conde de Porto Alegre” – 120 anos, porque “haverá sempre uma Cavalaria”
  41. Nove lições básicas para adestrar seu cachorro
  42. Katy Perry pode ter acabado mais um namoro
  43. Mateus Solano compra mansão
  44. Lilia Cabral e Alexandre Nero formam par romântico
  45. Santos e Doyen planejam vender Leandro Damião por € 18 milhões
  46. UFC anuncia dez lutas de uma vez para volta a Abu Dhabi em 11 de abril
  47. Brasil se mantém na décima colocação no primeiro ranking da Fifa de 2014
  48. Seleção brasileira concorre ao ‘Oscar do Esporte’ na categoria de melhor time

Grupos rivais se enfrentam na frente do Clube da Cohab II e três pessoas saem feridas

Uma briga entre grupos rivais assustou moradores do bairro Emílio Brandi, na frente do Clube da Cohab II, na noite de domingo, 22/2. O Clube realizava seu tradicional baile de Carnaval Infantil, quando, na saída houve uma briga generalizada resultou em três pessoas feridas a facadas. Conforme informações, uma gangue local soube da presença de alguns desafetos no evento e decidiu esperá-los na frente do clube. Quando os jovens saíram, a briga começou. Moradores das proximidades relatam que houve briga a socos, com arma branca e ainda disparos de arma de fogo, no entanto, a Brigada Militar diz não ter conhecimento sobre a ocorrência de tiros, mas confirma que houve a briga. Ainda conforme moradores, houve várias chamadas para o 190, mas a Brigada Militar não compareceu ao local.
O presidente do Clube da Cohab, Nino Oliveira, disse desconhecer o fato. “Até vi uma correria na frente do clube, mas não sabia que era. Também não vi a Brigada Militar no local neste momento, mas desconheço que alguém tenha acionado por causa de briga”, disse ele. Ele contou que, através de um ofício, a BM foi avisada sobre o evento e que a presença de policiais foi solicitada, como de costume. Os polícias estiveram no local por volta de 22h30min, segundo o presidente, e depois foram embora.
Já o capitão Rinaldo Castro, que responde pelo comando do 1º Batalhão de Policiamento de Área de Fronteira (BPAF), confirma que houve várias chamadas para a emergência da BM, e diz ainda que uma das pessoas a solicitar a presença da Brigada em razão de uma briga, foi o próprio presidente do clube. Segundo ele, o policiamento realmente não esteve no local no momento da briga porque todas as viaturas estavam atendendo a ocorrências e não puderam ser direcionadas. Atualmente, a Brigada Militar está com efetivo reduzido em razão da Operação Golfinho, que vem sendo realizada no litoral gaúcho. Castro diz ainda que, três pessoas deram entrada no pronto socorro da Santa Casa de Caridade com ferimentos a faca, causados durante a briga. “A informação que temos é de três pessoas feridas com arma branca. Quanto aos disparos de arma de fogo, não recebemos nenhuma informação de que tenham ocorrido”, disse ele.

Homem bate na mulher e ateia fogo na casa com ela e três crianças dentro

Mais uma vez o final de semana resultou em várias ocorrências policiais envolvendo violência doméstica. Foram seis ocorrências registradas pela Brigada Militar.
Na nanhã de sábado, 22/2, por volta de 8h30min, um homem agrediu a companheira e ainda ateou fogo na casa, com ela e mais três crianças no interior da residência, localizada na Rua Padre Anchieta, bairro Cabo Luiz Quevedo.
J.A.A. acionou a Brigada Militar e contou aos policias que foi agredida pelo companheiro, identificado como Anderson Baptista, vulgo “Seco”. De acordo com ela, que estava na casa de um vizinho quando a Brigada Militar chegou ao local, ‘Seco’ tentou agredi-la com um facão e depois com uma machadinha. Ela tentou se defender e ele acabou agredindo-a com uma cabeçada.
Depois, Anderson ateou fogo na casa, com a companheira e três crianças dentro. O quarto do casal foi queimado e alguns móveis da cozinha, como armários e até a tampa da geladeira, foram danificados pelo acusado. Ele foi preso em flagrante e um facão com 30 centímetros de lâmina foi apreendido.
Uma briga entre um casal de namorados resultou nos dois feridos a faca. A Brigada Militar atendeu a ocorrência, na Rua Padre Anchieta na manhã de domingo, 22/2. Inicialmente, os dois contaram aos policias militares que brigaram e que se agrediram. Eles foram levados à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), mas chegando lá mudaram de versão. Os dois disseram ter se auto-lesionado. Foi feito o registro por lesão corporal e as partes foram liberadas. A Polícia apreendeu uma tesoura. 
Já na parte da tarde, por volta de 15h, uma mulher esteve no quartel da Brigada Militar e relatou ter sido agredida pelo marido, R.E. Ela foi conduzida à DPPA para registrar ocorrência, nas o agressor não foi encontrado. Ela fez o registro da ocorrência e solicitou medidas protetivas. Por volta das 17h, os policias militares encaminharam A.M.D. à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), para registro de ocorrência e pedido de medida protetiva. Segundo ela, seu ex-namorado não aceita o fim do relacionamento e está a ameaçando de morte. Ele foi não foi localizado.
Uma mulher, que é paciente do Centro de Atendimento Psicossocial (Caps) foi agredida pelo companheiro. Os vizinhos chamaram a polícia e relataram que o homem estava batendo na vítima. Ela foi levada à DPPA, mas negou ter sido agredida.
Já no início da noite, por volta de 19h de domingo, 23/2, uma mulher foi conduzida ao pronto socorro e posteriormente à DPPA, depois de ter sido agredida pelo ex-marido. Ela apresentava escoriações no olho esquerdo e cortes nos dedos da mão direita. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia.
Tanto Polícia Civil quanto Brigada Militar fazem um contínuo trabalho de divulgação com relação à Lei Maria da Penha e orientação para que as vítimas denunciem os agressores, mas os danos mostram que a procura pela polícia, mesmo que apresente números elevados, não é realizada em boa parte dos casos e que, na maioria das mulheres que registram ocorrência policial acabam voltando atrás.

Família busca esclarece morte de uruguaianense em Porto Alegre

A família do uruguaianense Francisco Junior dos Santos busca esclarecer a morte dele, ocorrida em Porto Alegre no dia 11 de dezembro de 2013. De acordo com a família, Francisco vivia na capital já há algum tempo, depois de ter se mudado para lá a fim de trabalhar. A última visita do jovem de 28 anos à Uruguaiana foi por volta de julho do ano passado, quando ele veio visitar a família. Depois disso, a família não conseguiu mais contato com Francisco.
Na última semana, um primo dele, que mora em Caxias do Sul, entrou em contato com os irmãos de Francisco, que ainda moram em Uruguaiana. De acordo com o primo, a ex-mulher de Francisco lhe contou que o uruguaianense envolveu-se em uma briga de bar e saiu bastante machucado. Ele foi pra casa, se deitou para dormir e, no dia seguinte, a mulher constatou que Francisco estava morto. Depois da oportunidade em que relatou estes fatos ao primo da vítima, a ex-mulher de Francisco não foi mais vista.
A família suspeita de que a morte do jovem não esteja esclarecida, já que não há ocorrência policial relatando a briga ou qualquer outro fato envolvendo o uruguaianense. A morte dele chegou a ser confirmada, mas a família ainda não sabe a causa do óbito. Os irmãos estranham ainda o desaparecimento da ex-cunhada e o fato de ela sequer ter lhes avisado sobre o ocorrido.

Polícia investiga participação da “ex-namorada” no assassinato de adolescente

A Polícia Civil começa a trabalhar com mais uma linha de investigação no caso do adolescente assassinado com um tiro na cabeça na última quarta-feira, 19/2. Vítor Tafernaberry, de 15 anos, foi alvejado por um disparo na cabeça durante a tarde daquele dia, enquanto estava na Praça do Trabalhador, frente à escola municipal Dom Bosco.
A Polícia Civil recebeu informações sobre o envolvimento da menor que acompanhava Vítor no momento do crime. Inicialmente ela foi identificada como namorada do adolescente, mas as novas informações dão conta de que ela foi namorada do garoto e que tem ligação com o homicídio. Ela teria contatado Vítor e o atraído para o local, dizendo querer conversar com o menor e o manteve na Praça até a chegada do adolescente apontado como autor do crime, T.W.B.N., de 14 anos.
O Inquérito Policial está sendo presidido pela delegada Caroline Huber, que responde pela Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Segundo ela, as informações estão sendo apuradas. O delegado que presidiu o flagrante, Rodrigo Morale, diz ter estranhado o comportamento da menor, que foi ouvida pouco depois do crime. Segundo ele, durante o depoimento, a adolescente se manteve calma e não demonstrou nenhum desconforto com a execução que acabará de presenciar.

Denúncia de serra em uma cela da Modulada agita presos e causa confusão

Uma denúncia anônima deu início a uma confusão na Penitenciária Modulada de Uruguaiana na noite de sexta-feira, 21/2, por volta de 22h. Uma pessoa ligou para a penitenciária, relatando que em duas celas haviam serras escondidas e que os apenados pretendiaam serras as grades a fim de fugir da casa prisional. De acordo com o diretor da Penitenciária Modulada de Uruguaiana, Alcino Martins, os agentes penitenciários revistaram as celas indicadas, mas a denúncia não se confirmou. Em uma das celas, no entanto, os agentes penitenciários encontraram facas e estoques improvisados. O material foi imediatamente apreendidos pelos servidores da Susepe.
A confusão ocorreu porque os apenados não gostaram da intervenção dos agentes, uma atitude comum, segundo o Diretor. “É comum acontecer revolta de presos quando os agentes precisam revistar as celas nessas circunstâncias. Eles fizeram uma baderna, mas tudo foi controlado rapidamente”, diz o Diretor. O Pelotão de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar esteve no local para auxiliar os agentes. Ninguém se feriu durante os acontecimentos.
As revistas diárias às celas são feitas quando os apenados estão no pátio, o que evita os confrontos.

Nova interpretação da Lei libera os barracões

Os barracões de todas as escolas de samba de Uruguaiana estão liberados, conforme o comandante da Corporação de Bombeiros, Ivaldo Martins. Segundo Ivaldo, apesar de nem todas as escolas terem se adequado, uma normativa a Lei de Prevenção Contra Incêndio publicada em 12 de fevereiro, estabelece novo prazo para adequação. “Agora os barracões podem trabalhar desde que atendam pelo menos uma das exigências e apresentem todas as outras no prazo estabelecido pela Corporação. “Os barracões estão liberados para receber trabalhados, porém se no prazo estabelecido pelos bombeiros as exigências não forem atendidas, estaremos os fechando totalmente”, ressaltou Ivaldo. Quando as sedes das escolas, as últimas inspeções foram feitas no final da tarde de ontem e a lista das que estão aptas a funcionar será divulgada hoje.

Feriadão de Carnaval altera funcionamento da Previdência e Bancos

A Agência da Previdência Social não irá funcionar na próxima segunda-feira, dia 3, e na terça do feriado (4) devido ao Carnaval. Na quarta-feira de Cinzas (5), o atendimento nas unidades começa a partir das 14h. No dia 6, quinta-feira, todas as agências voltam a funcionar em horário normal.
Se houver agendamentos marcados para este período, os segurados serão comunicados para remarcar o atendimento.
Já as Agencias Bancárias fecham na sexta-feira e reabrem na quarta-feira, funcionando no horário das 12h as 15h.

Pagamento do funcionalismo estadual começa na quarta-feira

A Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) informa que a folha dos servidores do Executivo, referente ao mês de janeiro, começará a ser paga na quarta-feira (26), conforme o cronograma abaixo: 
Quarta-feira, 26/2: Magistério e Quadro de Escola, Quadro Geral, 
Inativos Ferroviários e Fundo Estadual de Previdência do Parlamentar (Feppa); 
Quinta-feira, 27/2: cargos de nível médio da Segurança Pública e da Saúde e cargos em comissão vinculados ao Quadro Geral; 
Sexta-feira, 28/2: demais servidores do Executivo; 
Quinta-feira, 06/3: inativos e pensionistas com pendência superior a 60 dias no recadastramento (demais inativos e pensionistas recebem normalmente). A Sefaz também lembra que o recadastramento deve ser feito todo o ano nas agências do Banrisul, no mês de aniversário, pois caso a pendência da atualização seja superior a 60 dias, o pagamento poderá ser suspenso.

Uruguaiana realiza 1ª Conferência Intermunicipal de Proteção e Defesa Civil

Em parceria com os municípios de Barra do Quaraí e Itaqui, a prefeitura de Uruguaiana realizará amanhã, na Biblioteca Pública Municipal Luiz Guilherme do Prado Veppo, a partir das 8 horas, a 1ª Conferência Intermunicipal de Proteção e Defesa Civil. 
Com o tema ‘Proteção e Defesa Civil: novos paradigmas para o Sistema Nacional’, o evento servirá como etapa preparatória da 2ª Conferência Nacional de Proteção e Defesa Civil (2ª CNPDC), e contará com a participação das cidades argentinas de Paso de Los Libres e Alvear, além da uruguaia Bella Unión, na qualidade de observadoras – a 2ª CNPDC será realizada entre os dia 27 e 30 de maio, em Brasília.
Na oportunidade serão avaliadas ações governamentais, em especial quanto à implementação dos instrumentos jurídicos e demais dispositivos trazidos pela Lei Federal nº 12.608, de 10 de abril de 2012; propostos princípios e diretrizes para a implementação da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil; promovido o fortalecimento do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (SINPDEC), e fortalecimento e estabelecimento de formas de participação e controle social na formulação e implementação da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, inclusive do Conselho Nacional de Proteção e Defesa Civil (CONPDEC).
Participarão do evento, todas autoridades e entidades envolvidas neste tema, representantes do Poder Público e Agentes de Defesa Civil, da Sociedade Civil, dos Conselhos Profissionais e de Políticas Públicas e da Comunidade Científica. O evento é aberto ao público e serão escolhidos os delegados.

Semana da Paz começa com homenagens na Câmara


Iniciou no último domingo, 23/2, a 18ª Semana da Paz, que se estende até o dia dois de março. A programação inclui diversas atividades, como a caminhada das etnias, cavalgada pela paz, palestras e encontros pela promoção da paz. Neste ano, o tema é “Paz na Fronteira” e o presidente é Paulo Renato Carvalho Moraes. A primeira atividade alusiva à Semana da Paz, no entanto, ocorreu na sexta-feira, 21/2, na Câmara de Vereadores. Foi realizada uma sessão solene alusiva à data às 19h. Uma das principais finalidades da ocasião foi entregar a medalha e o diploma “Mensageiro da Paz”, uma homenagem a munícipes cuja atuação na manutenção e divulgação da paz se destacou durante o último ano.
Os três homenageados neste ano foram o gerente de operações da empresa Planalto, José Edson de Camargo Rodrigues, que recebeu a medalha “Mensageiro da Paz”, por indicação da Comissão Organizadora da 18ª Semana da Paz; o diretor do Hospital Santa Casa de Caridade, administrador Geovane da Silva Cravo, que recebeu o diploma “Mensageiro da Paz”, por indicação da Câmara de Vereadores e o professor e filosofo Luís Paulo Corrêa Dias, que recebeu o diploma “Mensageiro da Paz” por indicação dos vereadores Marcelo Lemos, Adalberto Silva e Carlos Eduardo Alves, o ‘Dudu do Samba’.
Além dos três, foi homenageado ainda o tradicionalista Carlos Eduardo Baptista, já falecido, também por indicação da Comissão Organizadora da Semana da Paz. 

Secretários se reúnem com ministro dos Esportes

Durante o Acampamento da 30ª Cavalgada do Mar, localizado nos municípios de Osório e Capão da Canoa, os secretários Vicente Majó da Maia, de Esporte e Lazer e Diego Xavier Roque, de Planejamento, estiveram reunidos com o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, na noite de quinta-feira, 20/2.
Mesmo se tratando de um encontro informal, algumas pautas foram tratadas durante o ‘bate papo informal’. Vicente Majó levou ao Ministro um agradecimento especial do prefeito Luiz Augusto Schneider, pela recente aprovação de dois projetos importantes para o esporte local, o Centro de Iniciação ao Esporte (Cei) e o Programa Esporte e Lazer na Cidade. Os Secretários de Uruguaiana levaram ao Ministro um livro sobre Uruguaiana, já que Rebelo é um estudioso da história gaúcha. O Ministro foi convidado para visitar Uruguaiana, nos dias 27 e 28 de março, quando será realizada a Vª Conferência Municipal de Esportes. Com a equipe do Ministro foi tratado de mais dois projetos de importância para o esporte uruguaianense, um deles, referente ao Estádio Municipal.

Saúde representa só 8% do total de investimentos públicos no Brasil

Dos R$ 47,3 bilhões gastos com investimentos pelo Governo Federal em 2013, o Ministério da Saúde foi responsável por apenas 8%, segundo levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM). Dentre os órgãos do Executivo, a Saúde aparece em quinto lugar na lista de prioridades no chamado “gasto nobre”. Isto significa que as obras em rodovias, estádios, mobilidade urbana e até armamento militar como blindados, aviões de caça e submarinos nucleares ficaram a frente da construção, ampliação e reforma de unidades de saúde e da compra de equipamentos médico-hospitalares para atender o Sistema Único de Saúde (SUS).
“O SUS precisa de mais recursos e por isso entregamos ao Congresso Nacional mais de dois milhões de assinaturas em apoio ao projeto de lei de iniciativa popular Saúde+10, que vincula 10% da receita bruta da União para o setor. Por outro lado, é preciso que o Executivo priorize e aperfeiçoe sua capacidade de gerenciar os recursos disponíveis”, criticou o presidente do CFM, Roberto d’Ávila, lembrando ainda que outros, quase R$ 5,5 bilhões deixaram de ser investidos no ano passado. Com base em dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), o CFM revela em detalhes os resultados da falta de qualidade da gestão financeira em saúde. Do total de R$ 9,4 bilhões disponíveis para investimentos em unidades de saúde em 2013, o governo desembolsou somente R$ 3,9 bilhões, incluindo os restos a pagar quitados (compromissos assumidos em anos anteriores rolados para os exercícios seguintes). Os valores foram bem inferiores aos investimentos dos Transportes (R$ 11 bilhões), Defesa (R$ 8,8 bilhões), Educação (R$ 7,6 bilhões) e Integração Nacional (R$ 4,4 bilhões). Para 2014, R$ 9,9 bilhões estão previstos para investimentos na Saúde. 

Em 13 anos, R$ 47 bilhões deixaram de ser investidos

Os dados apurados pelo CFM mostram ainda que, nos últimos 13 anos, foram autorizados R$ 80,5 bilhões específicos para este fim. No entanto, apenas R$ 33 bilhões foram efetivamente gastos e outros R$ 47,5 bilhões deixaram de ser investidos. Em outras palavras, de cada R$ 10 previstos para a melhoria da infraestrutura em saúde, R$ 6 não foram aplicados. Segundo o CFM, com este valor, seria possível adquirir 386 mil ambulâncias (69 para cada município brasileiro); construir 237 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS) de porte I (43 por cidade); edificar 34 mil Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de porte I (seis por cidade) ou, ainda, aumentar em 936 o número de hospitais públicos de médio porte.

Desemprego sobe em janeiro e fica em 4,8%, mostra IBGE

O desemprego começou o ano em alta. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa foi estimada em 4,8% em janeiro, uma alta de 0,5 ponto percentual frente a dezembro, quando foi de 4,3%. O índice, no entanto, é o menor da série histórica do IBGE para meses de janeiro. A série tem início em março de 2002. Em janeiro de 2013, o indicador ficou em 5,4%. Com a alta, a taxa de desemprego mensal é a maior desde outubro, quando foi de 5,2%. A pesquisa considera seis regiões metropolitanas do país (Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Salvador).
O IBGE estimou que 1,2 milhão de pessoas estavam desocupadas no mês passado nas regiões pesquisadas – 9,6% mais que em dezembro, mas 12,6% menos que em janeiro do ano passado. Já a população ocupada caiu 0,9% frente a dezembro, e ficou estável ante o mesmo mês de 2013. 
A estimativa é que 11,8 milhões de trabalhadores tinham carteira assinada no setor privado no mês passado – número estável tanto em relação a dezembro quanto a janeiro do ano passado.

Rendimento

Apesar da alta no desemprego frente a dezembro, o rendimento médio real dos ocupados ficou estável na mesma comparação, em R$ 1.983,80. Ante janeiro de 2013, o valor representa uma alta de 3,6%. 
Houve alta no rendimento dos trabalhadores nas regiões metropolitanas de Porto Alegre (3,8%), Belo Horizonte (2,5%) e Recife (1,1%). E retração em Salvador (1,0%) e no Rio de Janeiro (0,8%). Em São Paulo, ficou estável.

Locais

Nas seis regiões pesquisadas pelo IBGE, o desemprego teve alta em cinco na passagem de dezembro para janeiro. Apenas no Rio de Janeiro a taxa recuou de 3,7% para 3,6%.
A maior alta na taxa de desemprego foi registrada no Recife, onde passou de 5,9% para 7,4%. Em São Paulo, o indicador subiu de 4,4% para 5%. Em Belo Horizonte, de 3,4% para 3,8%. Salvador seguiu com a maior taxa entre as regiões pesquisadas, de 8%, acima dos 7,7% do mês anterior. Na outra ponta, Porto Alegre seguiu com a menor taxa, de 2,8% – acima, no entanto, dos 2,6% de dezembro.

Mudanças na pesquisa

No dia 17 de janeiro, o IBGE divulgou os primeiros resultados da nova Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, que substituirá a tradicional Pnad anual e a Pesquisa Mensal de Emprego (PME).
Enquanto a PME pesquisa a cada mês a situação do mercado de trabalho em seis regiões metropolitanas (Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Salvador), a Pnad Contínua vai mostrar o cenário do emprego a cada três meses em 3.500 municípios em todas as regiões do país, incluindo áreas rurais, em um total de 211.344 domicílios visitados. A PME será realizada somente até dezembro deste ano e será extinta. Segundo o coordenador de Trabalho e Renda do IBGE, Cimar Azeredo, o instituto ainda estuda se a Pnad continuará em 2014. Isso porque a coleta de dados se daria ao mesmo tempo em que a realização da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), a partir de outubro.

Neri Geller diz que preço mínimo do arroz deve ser reajustado este ano

O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, afirmou na manhã deste sábado, dia 22, que vai atender a reivindicação do setor produtivo do arroz e incluir a proposta de renegociação do preço mínimo do cereal na pauta do ministério. Geller discursou durante a 24ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, que ocorreu em Mostardas, no Rio Grande do Sul.
– Todas as reivindicações do setor foram atendidas até o momento. Em termos de mercado, não deixamos o preço cair demais para que o produtor tivesse renda e nem o aumentamos muito para não inflacionar a economia. Temos recurso do governo para oferecer EGF [Empréstimos do Governo Federal, instrumento da Política de Preços Mínimos] aos produtores, assim eles vendem no momento oportuno. Vamos levar a proposta do preço mínimo até o Mapa e essa demanda deve ser atendida.
O secretário e outros líderes agropecuários presentes no evento comemoraram o bom momento da rizicultura no Estado, que era marcada por uma dívida histórica, renegociada em 2012. 
– O arroz do Rio Grande do Sul é de excelente qualidade. Saímos da crise com três safras consecutivas de ótima produtividade e com a saca vendida a R$ 35,00. Aprendemos a ter uma produção equilibrada, sem brigar com o mercado, não produzimos a mais nem a menos. O estoque baixou, não temos mais a grande oferta – lembrou o secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio do Estado, Luiz Fernando Mainardi. Apesar de a cadeia registrar elevação nos índices de produtividade (neste ano, o valor médio deve alcançar 7,5 mil toneladas por hectare) e avanços econômicos nas últimas safras, dirigentes de associações presentes no evento alertam que o lucro “ainda não está nas mãos dos produtores”.
– Fizemos um levantamento de julho de 1994 a dezembro de 2013: a inflação subiu 316%, o preço do adubo cresceu 434%, o do diesel, 557%, e o do arroz apenas 266%. Onde estão os recursos? Onde está o lucro do produtor? O desafio nesse momento é claro: encontrar um mecanismo para que uma parcela da produtividade seja revertida em lucro par ao agricultor – destacou o vice-presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag), Carlos Joel da Silva.

A logística foi outro assunto levantado pelas lideranças:

– Em quanto aumenta o custo de produção para exportar a safra diante da situação encontrada nas estradas do Rio Grande do Sul? Quantas propriedades não podem melhorar a estrutura devido à falta de potência da energia elétrica no meio rural? – questionou Silva.
– Nosso maior desafio é escoar a safra. Apesar de asfaltada, a estrada segue cheia de buracos, e de São José até o Porto de Rio Grande, a travessia é feita de balsa – relatou o produtor rural José Mathias Bins Martins, da Fazenda Cavalhada, referência na qualidade do arroz.
O Rio Grande do Sul também retomou as vendas ao exterior nos últimos anos, fazendo negócios com mercado como a Nigéria e países da América Central. A balança comercial brasileira do grão deverá ser positiva pelo terceiro ano consecutivo com a venda de 1,2 milhão de toneladas.
– O momento é de recuperação do crédito, renegociação de dívidas, retomada das exportações. Isso foi possível devido a um conjunto de políticas públicas que vem melhorando as condições de preço e de renda. Historicamente, somos um grande importador, mas há cinco anos estamos começando a abrir o mercado para o nosso arroz. A cadeia está se reestruturando – enfatizou o presidente do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Claudio Pereira. 
O Rio Grande do Sul responde por 70% da safra brasileira e produz um volume equivalente a um terço do da produção orizícola da América Latina. De acordo com o Irga, a previsão para a colheita 2013/2014 é de 8,2 milhões de toneladas no Estado, um aumento de 2,6% em relação ao ciclo passado. A área cultivada é de 1,1 milhão de hectares.

COLUNA DO MAGRÃO

Nada ainda

Última Semana de fevereiro, e ainda não teremos uma semana cheia no Carnaval. A última novidade é que segunda feira é dia de folga. O Carnaval de Uruguaiana nunca teve ocupação de todos os dias da semana para suas praticas. As atividades abertas ao público, tradicionalmente, se davam das segundas às sextas feiras, dia do fechamento da semana, dia do grande evento da semana, dia em que o ensaio é pago, dia que se tem licença para praticar a folia além do horário permitido. Agora tudo mudou. As escolas de samba estão ocupando o fim de semana para aprontar o carnaval 2014. Não se sabe se a mudança aconteceu para recuperar o tempo perdido por conta dos últimos acontecimentos decorrentes da “aplicação” da lei de prevenção de incêndio, ou se faz parte de uma nova estratégia para despertar na comunidade o interesse pelas atividades que agora serão oferecidas. Mudou, “pero no mucho”. Não dá para fazer carnaval todos os dias. Se antes o carnaval tinha comportamento de funcionalismo público, funcionando de segunda à sexta, agora esta com expediente de garçom. 

-x-

Como o carnaval agora é Palaciano, Parlamentar e Governamental, existem muitos rumores. O homem forte do nosso carnaval, que de tão forte desligou se da atividade pública para prestar serviço na organização do carnaval, estaria indo a SP & RJ em busca de jurados. Isso esta sendo interpretado como a saída de Cláudio Brito do julgamento e apuração do Carnaval.

Coordenadora de Educação diz que ar condicionados nas escolas é questão de administração

A professora Maria de Lurdes Brondani, responsável pela 10ª Coordenadoria Regional de Educação disse nesta segunda-feira, no retorno às aulas, que cada escola é responsável pela gestão de seus recursos e que o Estado não disponibiliza verbas para compra especifica de ar condicionados. A explicação se deu em razão da cobrança por parte dos pais de alunos da rede estadual, pois no Dom Hermeto, a maioria das salas de aula possui o aparelho, enquanto que em escolas como Elisa Valls e Salgado Filho foi necessária a troca de ventiladores durante as férias, já que os existentes não estavam em bom estado. 
Maria de Lourdes explica que quanto maior o número de alunos, maior será a verba e que o Dom Hermeto aplica muito bem seus recursos, possibilitando aquisições de equipamentos para o bem estar dos professores e estudantes. Além disso, Brondani salientou que muitas escolas trabalham pela colocação de ar condicionados, mas a incapacidade da rede elétrica dificulta o investimento. 
Os alunos de Uruguaiana retornaram às aulas sob calor de 35 graus.