segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Hoje à noite não tem água

A partir das 23h de hoje, até às 2h desta terça-feira, Uruguaiana enfrentará mais uma vez a falta de água. A concessionária informa que trata-se de uma manutenção programada e “todos os esforços serão feitos para que o serviço seja executado o mais rápido possível”.

Suspensas inserções de TV da coligação de Dilma Rousseff

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu as inserções de TV da Coligação de Dilma Rousseff. Conforme decisão dos ministros Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira, as propagandas devem cessar imediatamente a veiculação, até julgamento final das representações feitas pela coligação de Aécio Neves (PSDB). Serão três inserções suspensas.
As liminares foram concedidas porque os ministros do TSE identificaram irregularidades nos programas. 
As inserções dos dias 22 são de 15 segundos e a do dia 21 é de 30 segundos.
Nas três ações apresentadas ao TSE, a coligação “Muda Brasil”, alega que houve irregularidade na propaganda veiculada que tem “o objetivo de confundir o eleitor quanto à sua natureza eleitoral”.
A coligação Muda Brasil aponta que houve utilização de recursos de computação gráfica, de efeito especial de som através de trilha sonora, utilização de imagens externas, além da inserção do nome da candidata a Presidente da República “Dilma” em tamanho dez vezes maior que o do candidato a vice “Michel Temer”.

TRE realiza treinamento de mesários pela internet

Pela segunda vez, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Sul realiza o Projeto Mesários na internet. Desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a iniciativa é um curso de formação de mesários online. Para participar, o mesário interessado deverá se cadastrar no site indicado na carta de convocação do TRE – RS, utilizando o código de inscrição informado. Quem não recebeu a convocação, pode procurar o cartório eleitoral para obter as orientações para acesso ao treinamento.
A capacitação é composta por textos, vídeos, exercícios, animações, simulações e um fórum para esclarecimento de eventuais dúvidas. O principal objetivo é desenvolver competências referentes ao papel dos mesários, com foco nas tarefas a serem executadas no dia do pleito e, também, formar futuros componentes das mesas receptoras de voto.
O treinamento à distância terá início no dia 1º de setembro e ficará disponível até o dia 3 de outubro. Ao final do curso, completadas todas as etapas, o mesário terá direito a um certificado com carga horária de 10 horas/aula.
Além do treinamento pela internet, o Cartório Eleitoral da 57ª Zona estará realizando o treinamento presencial de mesários. Maiores informações estão disponíveis no Cartório Eleitoral, na Rua 14 de Julho.

Diques de Contenção: Schneider se reúne com secretário estadual de obras


A construção dos diques de contenção de inundações prevista para Uruguaiana foi novamente tema de reunião entre o prefeito Luiz Augusto Schneider e a secretaria de Obras Públicas, Irrigação e Desenvolvimento Urbano do Estado, desta vez em Porto Alegre. A reunião ocorreu na Secretaria e, além de Schneider e do secretário estadual de , Eduardo Medeiros, estiveram presentes o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Oscar Moiano e do secretário municipal de Meio Ambiente, que acompanhou o Prefeito na viagem
Os diques integram o antigo projeto de construção da Avenida Beira-Rio e é datado de 1986. O projeto é da empresa Magna Engenharia, que deverá fazer ainda a atualização do projeto. Um dos engenheiros da empresa, José Américo, esteve em Uruguaiana, quando visitou os locais onde devem ser realizadas as construções e, garantiu a viabilidade do projeto.
O município então busca apoio do Governo Estadual junto à União, para liberação de recursos para custear a construção. De acordo com o secretário de Planejamento, Diego Roque, os valores serão pleiteados após a realização de um estudo que definirá as atualizações do projeto, bem como se os diques poderão ter pista para trafego sobre eles. O estudo deve ficar pronto em menos de 90 dias.
De acordo com o prefeito, o resultado foi positivo. “Tivemos uma sinalização positiva do Secretário Medeiros e estamos muito otimistas”, comentou Schneider.

SUS terá aparelho para pessoas com diabetes e com lesões em vasos finos

O Ministério da Saúde deve publicar nos próximos dias portaria que incorpora o stent (tubo minúsculo, expansível e em forma de mola) farmacológico ao Sistema Único de Saúde. Esse tipo de stent é indicado principalmente para pessoas com diabetes tipo 2 e para quem tem lesões em vasos finos.
Para o endocrinologista do Instituto do Coração (InCor) e membro da Sociedade Brasileira de Diabetes, Roberto Betti, é um avanço importante para os diabéticos, porque o diabetes tipo 2 está relacionado à aterosclerose, o entupimento das artérias, o que pode provocar o infarto no miocárdio, que mata mais da metade das pessoas que têm a doença.
O especialista explica que os diabéticos que usam o stent comum, que mantém as artérias desobstruídas depois que houve a obstrução de artéria, muitas vezes voltam a ter a artéria obstruída, o que pode causar posteriormente um infarto.
O stent farmacológico evita essa reobstrução, pois, diferentemente do comum, é recoberto por duas substâncias, sirolimus e paclitaxel, que evitam a proliferação celular. Estima-se que cerca de 30% dos pacientes candidatos a receber um stent, diabéticos ou não, têm indicação para receber o farmacológico, mas a escolha é sempre decisão do médico. Ainda que haja esta tecnologia disponível agora pela rede pública, Betti relembra que o melhor modo de paciente com diabetes tipo 2 evitar infartos é controlar a glicose, o colesterol e a pressão, não fumar e praticar esportes.
A expectativa do Ministério da Saúde é que a incorporação beneficie cerca de 38 mil pacientes ao ano. A portaria deve ser publicada nos próximos dias e vai começar a valer 180 dias depois da publicação.

Valorização do trabalho: Atuação da OAB garante aumento de 600% em honorários de advogado

“O exercício da advocacia envolve o desenvolvimento e elaborações intelectuais frequentemente refinadas, que não se expressam apenas na rapidez ou na facilidade com que o causídico o desempenha”. A frase é do ministro Napoleão Nunes Maia Filho, do Superior Tribunal de Justiça, dita ao votar em um caso que discutia o valor dos honorários de um advogado. O ministro determinou que o pagamento, fixado antes em R$ 15 mil, fosse para R$ 115 mil — um aumento de mais de 600%.
De acordo com o ministro, a desenvoltura do advogado na análise jurídica da situação e na produção da peça que a conterá “se deve ao acúmulo de conhecimento profissional especializado, reunido em anos e anos de atividade”.
O advogado gaúcho Diego Vikboldt Ferreira foi o felizardo. Ele foi defendido pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, que alegou que o valor anteriormente arbitrado como honorários em favor do advogado não era compatível com a dignidade profissional do profissional.
“Creio que todos devemos reconhecer, e talvez até mesmo proclamar, essa realidade da profissão advocatícia privada ou pública, sublinhando que sem ela a jurisdição restaria enormemente empecida e talvez até severamente comprometida”, frisou o relator da ação, ministro Napoleão Maia Filho. A Procuradoria Nacional de Prerrogativas da Ordem atuou nos autos do Agravo Regimental em Recurso Especial 1.396.626, em trâmite no STJ. O presidente da Comissão Nacional de Prerrogativas e Valorização da Advocacia, Leonardo Accioly, ressalta que a “reversão de decisões que aviltam honorários representam uma vitória da classe, já que a remuneração indigna desqualifica e diminui a profissão”.
O procurador nacional de Prerrogativas da Ordem, José Luís Wagner, afirmou em memorial encaminhado ao STJ que os honorários de sucumbência arbitrados estavam “em descompasso com o grau de zelo demonstrado pelo profissional, a natureza, a complexidade e a importância da causa, seu conteúdo econômico, dentre outros critérios”. Segundo ele, “a situação dos autos não atende ao critério da razoabilidade, de origem constitucional, e que deve nortear todos os atos judiciais”.
“Honorários dignos é uma questão de justiça. A Ordem está vigilante e atuante para que os advogados recebam pagamento justo por seus serviços”, afirmou o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho.
A OAB argumentou que “a responsabilidade assumida pelos profissionais da advocacia em geral e, de modo acentuado, pelos que atuam em causas cujos valores são de grande vulto, sujeitos à responsabilização civil integral pelos prejuízos sofridos pelos clientes na eventualidade de cometerem, humanos que são, algum erro no curso da demanda”.

Greve na Argentina deixa caminhões brasileiros em Libres

A greve geral de 24h na Argentina convocada pelas três centrais operárias opositoras à presidente Cristina Kirchner prejudica caminhoneiros brasileiros. Em transportadoras, vários veículos que iriam a Buenos Aires e Chile ficaram parados ontem com receio de encontrar bloqueios em rodovias do país vizinho. Somente uma das empresas contabiliza 40 caminhões parados. Em Paso de los Libres, caminhoneiros foram impedidos de passar pela manhã. A paralisação é organizada pela Central Geral de Trabalhadores.
Além de caminhoneiros atinge também vários serviços da Argentina como transporte, aeroportos, hospitais e bancos. (Fonte G1).

8º Logicom reuniu administradores de todo o Estado

A Associação Uruguaianense dos Administradores (AURA) realizou durante dois dias, a 8ª edição do Logicom (Seminário de Logística e Comércio Exterior). Com direcionamento amplo a estudantes e profissionais do vários segmentos alinhados à proposta, o evento vem a cada ano se solidificando como um elo importante dentro da cadeia produtiva na região de abrangência do Maior Porto Seco da América Latina. O evento foi realizado no Teatro Rosalina Pandolfo Lisboa e reuniu mais de dois mil convencionais ao longo da programação que contou com a participação de quatro painelistas de renome dentro do segmento.
O presidente da AURA, Elton Blini, considerou os resultados obtidos durante o LOGICOM como positivos, pois a intenção ao se montar uma programação tão intensa como a de 2014 era exatamente a de proporcionar aos profissionais e estudantes de administração com foco no Comércio Exterior um foro de debates, em torno de temas tão atuais como os que foram alvo durante o evento.

Inaugurada Vara de Família de Uruguaiana

Foi instalada na quarta-feira, a 4ª Vara Cível da Comarca de Uruguaiana, transformada em Vara de Família e Sucessões. Atualmente tramitam no Foro da Comarca 45 mil processos cíveis, 10 mil processos criminais, 4 mil nos Juizados Especiais, além de mil processos na Vara da Infância e Juventude e outros mil processos na Vara de Execuções Criminais.
Participaram também da solenidade o prefeito Luiz Augusto Schneider, a Desembargadora Marilene Bonzanini, Presidente do Conselho de Administração, Planejamento e Gestão (CONAD); o Juiz-Corregedor da 6ª Região, José Ricardo de Bem Sanhudo; o Presidente da AJURIS, Eugênio Couto Terra; o Desembargador aposentado César Tasso Gomes; o representante da Câmara Municipal, Vereador Irani Coelho Fernandes; a representante da Defensoria Pública, Suzana Iara Dora Velo; o Juiz Diretor do Foro da Subseção Judiciário Federal de Uruguaiana, Guilherme Beltrami; o Procurador-Geral do Município, Paulo Henrique Fernandez Inda, entre outras autoridades.
Observando a Resolução nº 1024/2014 do COMAG, a 4ª Vara Cível de Uruguaiana será denominada Vara de Família e Sucessões, ficando responsável pela jurisdição dos processos de família. As ações que já estiverem tramitando nas 1ª, 2ª e 3ª varas cíveis serão redistribuídos para a nova vara. Inicialmente, a Juíza de Direito Joseline Mirele Pinson de Vargas atuará em regime de substituição, uma vez que é titular da 3ª Vara Cível. Serão designados ainda três servidores para atendimento no cartório e uma auxiliar de Juiz.

Nova fase da vacinação contra o HPV começa na segunda

A partir da próxima segunda-feira, 1º de setembro, começa a segunda etapa da vacinação contra o papilomavírus humano (HPV). Usada na prevenção do câncer de colo do útero, ela está disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS) para meninas entre 11 e 13 anos. As que receberam a primeira dose nas escolas entre março e abril deste ano, tomarão agora a segunda dose, enquanto as que não receberam a primeira dose ainda podem iniciar agora o esquema vacinal. O vírus HPV é uma das principais causas do câncer do colo de útero, um dos tipos de maior incidência entre as mulheres. 
É muito importante que a adolescente leve o cartão de vacinação ou a caderneta do adolescente no dia da administração da vacina, pois é o documento onde está registrada a primeira dose e será registrada a segunda. O uso da vacina HPV está embasado em estudos científicos de eficácia e segurança. Eventos adversos pós-vacinação (EAPV) associados à vacina podem ocorrer, porém a maioria destes são leves e benignos.
As vacinas serão feitas nas escolas, segundo a secretária da secretária de Saúde, Saionara Marques, que num primeiro momento disse não estar autorizada a dar informações sobre o local das vacinas.

Proposta prevê salário mínimo de R$ 788,06 para 2015

A partir de 1º de janeiro de 2015, o salário mínimo deve ser R$ 788,06, segundo o Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) 2015. Um reajuste de 8,8%. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 28, pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior, depois de entregar a proposta ao presidente o Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL). A ministra antecipou que o texto prioriza investimentos em saúde, educação, combate à pobreza e infraestrutura.
A peça orçamentária traz uma mensagem da presidente Dilma Rousseff com um diagnóstico sobre a situação econômica do país e suas perspectivas. Pela Constituição, o prazo de entrega do projeto pelo Executivo termina no dia 31 de agosto. Mas, com a expectativa de conclusão da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que define as metas e prioridades da administração pública federal, só na semana que vem, durante o esforço concentrado, o governo se antecipou. A LDO deveria orientar a elaboração da peça orçamentária.
“Coloquei toda a equipe do Ministério [do Planejamento] à disposição, para os esclarecimentos necessários, para que o Congresso possa fazer uma análise rápida do Orçamento e votá-lo até o fim do ano, prazo que o presidente do Senado [Renan Calheiros], confirmou que é possível fazer”, explicou a ministra.
O Orçamento Geral da União (OGU) é formado pelo orçamento fiscal, da seguridade e pelo orçamento de investimento das empresas estatais federais. A Constituição determina que a proposta seja votada e aprovada até o dia 22 de dezembro.
No projeto de lei, também consta a estimativa para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em 5%, no próximo ano. A projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, ficou em 3% (R$ 5,756 trilhões).
O governo estima que o superávit primário para o setor público consolidado será R$ 143,3 bilhões, valor que corresponde a 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) – soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Com o abatimentos, o superávit primário vai para R$ 114,7 bilhões, correspondentes a 2% do PIB.
O superávit primário é a poupança para pagar os juros da dívida que o governo seus credores. Na medida em que o país consegue alcançar as metas de superávits primários, tem condições de pagar dividas.

Ação contra INSS deve ser precedida de requerimento administrativo

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na quarta-feira, 27, que é preciso requerer benefícios previdenciários previamente, pela via administrativa, no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para poder questioná-los na Justiça. Por maioria de votos, os ministros aceitaram recurso do órgão para evitar que o segurado questione os pagamentos diretamente no Judiciário, sem solicitá-los à Previdência Social. A decisão terá impacto em mais de 9 mil processos que estão parados em todo o Judiciário e aguardam decisão do Supremo.
De acordo com a decisão, a exigência é constitucional e não fere a garantia de livre acesso à Justiça. A maioria dos ministros seguiu voto de Luís Roberto Barroso, relator do recurso. Segundo o ministro, se o requerimento do benefício for rejeitado ou o cidadão quiser questionar a revisão do pagamento, poderá ingressar na Justiça, sem nenhum impedimento.
Durante o julgamento, representantes da Defensoria Pública da União e do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário ressaltaram que muitos trabalhadores têm dificuldades em solicitar os benefícios previdenciários ao INSS, especialmente os trabalhadores rurais.
O caso chegou ao STF por meio de um recurso impetrado pelo INSS contra decisão da Justiça Federal do Distrito Federal, que considerou desnecessário o pedido administrativo prévio como requisito para questioná-lo no Judiciário.
Na sessão desta quinta-feira o plenário deve decidir os efeitos da decisão para os processos que estão em tramitação em todas as instâncias da Justiça.

Homem morre carbonizado

A Polícia Civil investiga a morte de um homem de 56 anos, ocorrida nesta semana em Uruguaiana, na localidade de Olhos d’Água. 
Conforme o registro feito pela Civil, Jose Mello foi encontrado morto pelos bombeiros ao atenderem a ocorrência de incêndio. O local foi isolado e a Polícia investiga a possibilidade do incêndio ter sido criminoso. Segundo a ocorrência, outras três pessoas moravam na casa com a vítima, mas não estavam lá no momento da tragédia.

PF prende homem com remédios controlados


Na tarde desta quarta-feira, 27 de agosto, policiais federais realizaram diligências investigativas que levaram à prisão em flagrante de um indivíduo que fazia entregas em Uruguaiana de medicamentos de uso controlado comprados na Argentina e que não tinham registro no Brasil. Os medicamentos eram encomendados de uma farmácia localizada em Paso de Los Libres, na Argentina, por compradores no Brasil, via telefone.
No momento da prisão, o indivíduo conduzia uma motocicleta e trazia escondido 20 cartelas desses medicamentos, além de 323 reais, 7,4 mil pesos argentinos e oito cheques de possíveis clientes. A abordagem ocorreu no posto de controle migratório da PF, na Ponte Internacional Uruguaiana-Libres.
O preso foi encaminhado à Penitenciária Modulada de Uruguaiana, onde ficará à disposição da Justiça Federal, podendo responder pelos crimes de tráfico ou importação de medicamentos sem registro no Brasil, com previsão de pena de 05 a 15 anos de reclusão e multa.
Os possíveis clientes também podem responder pelo mesmo crime.

Bandido leva mais de R$ 4 mil de farmácia

Uma farmacia foi assaltada nesta semana por um homem armado de revólver. O fato ocorreu na Farmácia ProVida, onde o sujeito identificado pelas câmeras como Michael chegou ameaçando as vítimas. Segundo a Polícia Civil foi roubado o valor de R$ 4.060,00 em espécie, um aparelho celular da marca Nokia, um aparelho celular LG, além das carteiras contendo os documentos pessoais das funcionárias do estabelecimento. 
As imagens gravadas pelas câmeras foram entregues à Polícia Civil.

Brigada prende acusado de furto



Na tarde de terça-feira, a Brigada Militar recolheu à Penitenciária de Uruguaiana, o sujeito de iniciais P. D. G. S. A ação ocorreu no bairro São João, onde o bandido havia invadido uma residência e logo em seguida fugido levando entre outros objetos uma mochila, um DVD e um ferro de passar. O meliante foi abordado em via pública e identificado como o autor do furto. Após apresentado na Delegacia de Polícia, o homem foi encaminhado à Penitenciária.

Foragido é preso com crack


Um homem de alcunha Miro, foi preso em ação desencadeada pela Brigada Militar de Uruguaiana. O sujeito foi flagrado com 24 pedras de crack, 31 trouxinhas de maconha e 1 espingarda Rossi cal 32, além de R$ 150,00. Ele foi preso e conduzido a DPPA onde foi lavrado o flagrante.

Mulher é presa ao tentar ingressar com drogas na PMU

Dois agentes da Susepe encaminharam na quinta-feira à Delegacia de Polícia de Uruguaiana, uma mulher que havia tentado ingressar no complexo prisional com 17 gramas de crack. A droga estava escondida da vagina da acusada e seria entregue ao seu companheiro que está preso. 
Depois do registro feito na DP, a mulher voltou à Penitenciária, agora na condição de presa e não de visitante.

Júri popular absolve: Policiais Rodoviários Federais

A Justiça Federal de Uruguaiana absolveu os policiais rodoviários federais Luiz Carlos Golfetto e Alan Caldas pela acusação contra eles existente. A acusação dizia que em 2008, os policiais teriam matado Vanderlei Rodrigues. O sujeito morreu vítima de disparo de arma de jogo, após ser perseguido pelos policiais. 
Consta no processo que em 3 de novembro de 2008, por volta das 5h, em estrada vicinal ligada a BR 472, os denunciados tentaram matar Vanderlei, que após permanecer dez dias hospitalizado, veio a falecer. 
Conforme o inquérito policial que resultou no processo, cerca de uma hora antes do evento delituoso, a Polícia Rodoviária Federal foi avisada pelo Policial Militar Clóvis, que Vanderlei, acompanhado por pelo menos mais uma pessoa, havia sido avistado em uma camionete, com carga desconhecida e em atitudes suspeitas. 
Ato contínuo, os policiais denunciados foram até a estrada vicinal, saindo na região do Itapitocaí, quando cruzaram com o veículo trafegado por Vanderlei, avistando um vulto na carroceria. Ao tentarem abordá-lo, Vanderlei jogou o carro contra os policiais, que em seguida, perseguiram o sujeito até outra estrada vicinal. 
Neste momento, conforme os policiais, Vanderlei parou o carro, tentando fugir a pé com os demais tripulantes da camionete. Ele teria desferido tiros em direção aos policiais, que então revidaram. 
Na caçamba da camionete, os policiais encontraram dois carneiros, fios de alta tensão, contatores e ferramentas de manuseio elétrico. 
Vanderlei foi encaminhado ao Pronto Socorro, foi submetido a cirurgia, mas no dia 12 daquele mesmo mês, veio a falecer. 
Os policiais absolvidos continuaram atuando em Uruguaiana, com conduta exemplar. 
Irmão do morto foi preso durante o Júri
Durante o Júri, o irmão de Vanderlei foi preso, pois havia um mandado de prisão a seu desfavor. O homem saiu do plenário debochando dos policiais, dizendo que a pena a qual foi submetido é irrisória.

190 em ação

Lesão Corporal
Após uma discusão com sua companheira, ela o agrediu com tapas, arranhões e socos na cabeça. O fato aconteceu na Perimetral Norte - Cobec. O agredido saiu de casa e decidiu morar com sua mãe na RuaEustáquioOrmazabal. Não deseja representar criminalmente contra a acusada.

Queda de poste
Na rua Felix Grivot, 736 - Vila Rui Ramos, ocorreu a queda de um poste de energía elétrica, sendo o mesmo de madeira. A queda danificou a fiação elétrica da rua para a residência do senhor Luiz Antônio Pittuco, gerando ocorrência policial.

Ameaça
O comunicante diz que recebeu uma mensagem via Facebook na tarde do dia 25/08, do invividuo Cláudio, lhe ameaçando de morte. Cláudio também foi ao seu local de serviço e falou para a secretária Andreia que iria dar um tiro no comunicante. O comunicante deseja representar criminalmente contra o acusado.

Marido agredido
Relata a vítima que na tarde de quarta-feira, a ex companheira foi até a residência, e lhe agrediu físicamente. Na terça-feira, 23, a mesma já havia lhe agredido com pedaço de ferro e pedras. O comunicante deseja representar criminalmente contra a acusada.

Furto
Na Rua Duque de Caxias, por volta das 15h de quarta-feira, um indíviduo entrou na residência da proprietária do estabelecimento comercial e roubou um Tablet. Com o apoio de populares, as vítimas conseguiram deter o indivíduo, que posteriormente foi preso pela Brigada Militar. 

Poluição ambiental
UM morador das imediações do chamado ecoponto, denunciou à Polícia, a ocorrência de queima de pneus no local. O ecoponto é administrado pela Prefeitura de Uruguaiana. A Polícia vai apurar o caso. 

Roubo a pedestre I
Foi apresentado na DPPA, preso em flagrante pelo delito de roubo a pedestre, o indiciado Ervenir. Ele havia assaltado duas pessoas, no centro da cidade, na Rua General Câmara. 

Roubo a pedestre II
Ruth foi abordada em via pública, na Travessa Sérgio Oliveira, próximo a Igreja Quadrangular por um indivíduo de estatura média, moreno, jovem, porte físico médio, vestindo jaqueta cor preta e calça jeans. O mesmo a ameaçou de morte, fazendo com que ela entregasse o seu celular. 

Roubo a pedestre III
Relata a vítima Edevar que estava saindo da Agência Lotérica Borboleta, localizada na Rua Bento Martins, bairro Centro quando um indivíduo alto e magro lhe pediu esmola. Ele não deu, sendo jogado contra a parede. O bandido fugiu levando a carteira da vítima, contendo dinheiro e documentos. 

Ameaça
Relata o Agente Trânsito que no começo da quarta-feira, 27, foi ameaçado verbalmente por dois homens, os quais conhece como Diogo e Juliano. Que Juliano desceu do veículo em que estava e veio em sua direção e lhe disse: - Ontem tu nasceu de novo, pois não te encontrei, senão te mataria a pau. Segundo a vítima, as ameaças ocorreram em virtude uma notificação feita pelos agentes de trânsito aos irmãos.