quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Ed. 2365

  1. A doença do ‘grande homem’ (ou mulher)
  2. Banho no Rio Uruguai
  3. Marca
  4. Esfro
  5. Comissão I
  6. Comissão II
  7. “Canil”
  8. Manifestações
  9. Camarão
  10. Redução I
  11. Redução II
  12. Seleção I
  13. Seleção II
  14. Rei ‘Cacá’
  15. Interior
  16. Estímulo
  17. Duas mães
  18. Edital para elaboração do projeto sai em dez dias
  19. Prefeitura faz mutirão para atualização do Cartão do SUS
  20. Executivo licitará empresa para realizar a obra elétrica
  21. As cinco principais propostas de Sartori para o Rio Grande
  22. Smictt interdita Arena do Barulho
  23. Ressonância magnética e construção de leitos serão tratadas na Câmara
  24. Funcionários do Banrisul voltaram a trabalhar na terça-feira
  25. Acesso ao estacionamento do BIG terá que ser pela José Garibaldi
  26. Trabalhadores do Marfrig da planta de Alegrete rejeitam acordo
  27. STF deve retomar na próxima semana, julgamento da desaposentação
  28. Governo prepara medidas de incentivo à indústria
  29. Preço do peru estará quase 20% mais caro neste Natal
  30. Rivadávia é executado com seis tiros
  31. Acusado de matar irmão é preso, mas liberado no Uruguai
  32. Acusado de furtar moto é preso
  33. Susepe dá posse e inicia curso de formação aos novos agentes
  34. Promulgada MP que garante reajuste a PF
  35. Roubo - 996
  36. Fiscalização
  37. Moto furtada
  38. Arma branca
  39. Fuga
  40. Injúria
  41. Furto descuido
  42. Endividamento e piso do magistério são desafios para novo governo
  43. Diretor de escola poderá ter aposentadoria especial de professor
  44. Professores aprovam proposta mediada pelo TRT
  45. Projeto cria residência obrigatória para professores da educação básica
  46. Butão, o reino da felicidade
  47. Açucena
  48. Cauã Reymond, Alinne Moraes juntos na pré-estreia de filme sobre Tim Maia
  49. Xuxa pode voltar à TV com programa musical
  50. Brasil já tem base forte para seleção olímpica, diz Gallo
  51. No Morumbi, São Paulo jamais foi vencido por times equatorianos
  52. Fifa confirma Mundial de Clubes em Marrocos, mas pede cautela
  53. Marcelo Medeiros confirma candidatura à presidência do Inter

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Dilma é eleita, mas... Uruguaiana e o Rio Grande escolheram Aécio Neves


Dilma Rousseff, que concorreu à reeleição venceu o pleito neste domingo, 26/10, com uma apertada votação. Foram 54.501.118 votos para a petista, ou 51,64% dos votos, contra 51.041.155 votos de Aécio, que somaram 48,36% do total. A vitória da candidata veio dos estados do norte e vem sendo considerada como resultado do programa social Bolsa Família.
Em Uruguaiana, porém, Dilma fez 26.132 votos, o que equivale a 46,29%, contra 33.806 votos para Aécio Neves, 53,71% do total. Os votos em branco somaram 1.34%, os nulos 2,76% e a abstenção chegou a 27,63% dos 90.819 eleitores.
No Estado, o resultado também foi negativo, diferente do primeiro turno. Em cinco de outubro, a petista fez 43,21% dos votos no RS, contra 41,42 de Aécio e 11,50% de Marina Silva. Já neste domingo, Aécio Neves foi o vencedor, com 3.452.455 votos, equivalente a 53,53% do total de votos válidos, contra 2.997.360, ou 46,47%, de Dilma Rousseff. A abstenção no Estado foi de 18,19%, os votos em branco somaram 2,14% e os nulos 3,85% do total.

Azarão: Sartori se elege com maioria esmagadora de votos


Considerado o azarão desta eleição, o peemedebista José Ivo Sartori não somente se governará o Rio Grande do Sul a partir de 1º de Janeiro, como se elegeu com a maioria esmagadora de votos. Foram 3.859.611 votos contra 2.445.664 votos de Tarso Genro (PT), que buscava a reeleição. Nos onze municípios da Fronteira Oeste, Tarso venceu Sartori somente em Manoel Viana, onde fez 45,02% dos votos; em Santana do Livramento, onde fez 54,51 % e em São Borja, sua terra natal, onde alcançou 52,67% dos votos.
Em Uruguaiana, a votação do candidato eleito superou expectativas. Dos 90.819 eleitores, 40.041 o escolheram como governador. Tarso recebeu 22.037 votos, ou seja, foram 64,50% dos votos para José Ivo e 35,50% para Tarso. Brancos somaram 1,90% (1.244 votos) e nulos 3,52% (2.308).
Durante toda a campanha eleitoral do primeiro turno, José Ivo Sartori, que tem como vice-governador o alegretense José Paulo Cairoli, casado com uma uruguaianense, esteve em terceiro lugar, voando abaixo dos radares do Partido dos Trabalhadores, enquanto este fazia campanha ferrenha contra a candidata do PP, Ana Amélia Lemos. Surpreendentemente, o ex-prefeito de Caxias do Sul iniciou uma recuperação nos últimos dias de campanha e não somente garantiu a participação no segundo turno, como fez mais votos que Tarso Genro, tornando-se favorito. 
Durante toda o segundo turno, quando foi alvo de fortes críticas da coligação adversária, liderou as pesquisas de intenção de votos, e neste domingo, 26/10, conseguiu repetir a histórica virada do companheiro de partido, Germano Rigotto, que correu atrás toda a campanha de 2002, se recuperou no final da corrida eleitoral e governou o RS até 2006.

Esforço pela UTI Pediátrica é relatado na Câmara


“Quem pratica o voluntariado exerce a cidadania”, declarou o médico Raul Valls durante o espaço da tribuna livre sobre sua experiência no trabalho voluntário realizado em Uruguaiana e na África. A presença foi proposta pelo vereador Luis Gilberto Risso e oportunizou o relato de ações desenvolvidas pelo profissional da saúde em conjunto com diversos parceiros que auxiliam na execução dos projetos.
Na ocasião, foi destacado o trabalho realizado com o Rotary Internacional para entrega de donativos às instituições de ensino básico na África e o voluntariado em projeto de inclusão social em comunidade de Uruguaiana. Neste momento, o médico vislumbra a implantação no Hospital Santa Casa de Caridade da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica. Com o projeto “De mãos dadas com a Santa Casa”, são arrecadados recursos para a aquisição de aparelhos que permitirão a habilitação como UTI Pediátrica na instituição para o atendimento de crianças em situação de risco com mais de 30 dias de vida.
Entre as atividades voltadas para a arrecadação de verbas, está a iniciativa de Valls em comercializar o livro de sua autoria “Diário de bordo: fotos e impressões de um médico”, e reverter os valores para a Santa Casa. 
O exemplar custa R$ 100,00 que será investido para a compra de um respirador artificial para a UTI.

A partir de sábado quem ultrapassar em local proibido pagará multa de R$ 1.915 reais

A partir de 1º de novembro, condutas perigosas como ultrapassar em local proibido, promover ou participar de rachas ou exibir manobras como cavalinhos de pau terão multas mais pesadas. A Lei 12.971/2014, que altera alguns artigos do Código de Trânsito também estabelece suspensão para quem forçar passagem entre veículos que estejam ultrapassando, e aumenta as penas para alguns crimes de trânsito.
As condutas previstas nos artigos 173 (disputar racha), 174 (participar de racha) e 175 (demonstrar ou exibir manobra perigosa) do CTB passam a ser infração gravíssima, e a multa terá fator multiplicador de 10, ou seja, 10 vezes o valor da infração gravíssima, que é de R$191,54. 
A penalidade para essas três condutas passa a ser de R$1.915,40, além da já prevista suspensão do direito de dirigir. A reincidência também passa a ser punida com maior rigor, chegando a R$ 3.830,80, se a mesma infração for cometida no período de 12 meses.
A ultrapassagem proibida, prevista nos artigos 202 (pelo acostamento e intersecções) e 203 (pela contramão em locais como pontes, aclives, declives, faixas de pedestres, etc), passa a ser infração gravíssima com fator multiplicador de 5. O valor da multa passa a R$ 957,70. A conduta prevista no artigo 191 (forçar passagem entre veículos que estejam ultrapassando) também é acrescida do fator multiplicador de 10 e de suspensão do direito de dirigir.
A nova lei também aumenta as penas do crime de trânsito previsto no artigo 308. A pena para prática de racha passa a ser de seis meses a três anos (não mais dois) de detenção, e se o crime resultar em lesão corporal grave, de três a seis anos de reclusão.
Em casos de morte, a punição passa a ser reclusão de cinco anos a dez anos. 
O texto altera, ainda, os §2º e §3º do Art.306, que estabelece como crime de trânsito dirigir sob o efeito de álcool ou drogas, acrescentando a possibilidade de utilização de exames toxicológicos para a comprovação da alteração da capacidade psicomotora.

Legislativo promove Sessão Especial na quinta-feira

A Câmara Municipal realizará sessão especial nesta quinta-feira, dia 30, às 19h. No evento, receberão homenagem do Poder Legislativo em razão dos serviços prestados à comunidade, a professora Caroline da Costa Cardoso, pela relevância do projeto “Vida de Bebê”, através de proposição do vereador Egídio Carvalho e a Igreja Metodista em Uruguaiana, pela passagem de seus 110 anos, por indicação do vereador Irani Fernandes.

Licitação para nova empresa de transporte público só depois de março

A Câmara Municipal buscou informações sobre as projeções do Poder Executivo para obter melhorias no transporte público urbano de Uruguaiana. O secretário Municipal de Transportes, Eloy Trojan, e o Procurador Geral do Município, Paulo Inda, participaram da sessão ordinária da última quinta-feira, dia 23, por solicitação do vereador Rafael Alves.
Na oportunidade, a preocupação do Legislativo com o sucateamento da frota de veículos, a escassez do serviço e a ilegalidade do processo para estabelecimento das empresas foram destacadas pelos vereadores. As autoridades do Poder Executivo garantiram o decrescimento do número de reclamações recebidas desde as providências tomadas que foram impulsionadas pela manifestação dos acadêmicos da Unipampa na Câmara, em 2013, como a redistribuição dos veículos.
Entretanto, foi esclarecida a necessidade do município realizar licitação para definição das empresas prestadoras do serviço e contextualizado o processo desenvolvido para a sua execução. O Procurador do Município, relatou que as medidas estão sendo observadas para realização do processo licitatório em conformidade com a legislação vigente.
De acordo com as autoridades, a segurança para iniciar o processo licitatório será dada a partir da capacitação técnica para os servidores e da apuração dos dados junto a comunidade. A previsão anunciada para o lançamento do edital de licitação está entre seis e oito meses. Ainda, a aprovação do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, Rural e Ambiental pela Câmara foi definida como ponto inicial para consolidação do Plano da Mobilidade Urbana que regulamenta e atualiza as necessidades da população para o transporte, contemplando a todos de forma igualitária a partir de estudo técnico.

Schneider permite o nascimento de uma nova “favela”


Neste domingo, 26/10, um movimento social liderado por José Elias da Rosa, invadiu a Horta Municipal, no bairro União das Vilas, proximidades do Canil Municipal. Os invasores, que vivem de aluguel, demarcaram o loteamento da área para construírem ali suas residências.
Durante a manhã desta segunda-feira, 27/10, o secretário de Segurança e Trânsito, Vitor Gediel Machado, esteve no local e solicitou ao grupo que se retirasse do local, garantindo que o prefeito Luiz Augusto Schneider receberia uma comissão para discutir a invasão. O diretor da habitação da secretaria de Ação Social e Habitação, Tiago Vaz, também esteve no local, conversando com os ocupantes. Paralelamente às ações de negociação, a Procuradoria-Geral do Município (Progem), ingressou com uma ação de reintegração de posse. De acordo com o procurador-geral, Paulo Henrique Inda, próximo ao local será construído o conjunto residencial Miguel Santurio Ramos, cujo projeto está sob análise na Caixa Econômica Federal, mais uma razão pela qual o município precisa desocupar as adjacências.
No início da tarde, o prefeito Schneider recebeu a comissão formada, entre outros, pelo líder da invasão, José Elias da Rosa. Durante o encontro, o Executivo optou por atender as exigências dos invasores e lotear o terreno, cedendo o uso da área às cerca de 50 famílias que estão acampadas no local, suspendendo a ação de reintegração de posse. Em contrapartida, os invasores se comprometeram a levantar acampamento tão logo esteja erguido o conjunto habitacional Miguel Ramos, cuja aquisição terão preferência através do projeto Minha Casa, Minha Vida.
Ao mesmo tempo em que cede a pressão de invasores, o município tem programado para novembro o despejo compulsório de 5 famílias que ocupam há mais de vinte anos, outra área adjacente, à época cedida para moradia de policiais militares.

Projeto libera porte de armas no Brasil

O Projeto de Lei 7282/14, em análise na Câmara, libera o porte de armas no País. Pelo texto, do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), “poderá ser concedido porte de arma de fogo para pessoas que justificarem a necessidade para sua segurança pessoal ou de seu patrimônio”.
Atualmente, a Lei do Desarmamento (10.826/03) restringe a concessão de porte apenas às categorias profissionais que dependem de armas para o exercício de suas atividades – como policiais, integrantes das forças armadas e guardas prisionais. Dentre os grupos autorizados pelo projeto em análise a portar armas são citados expressamente todos os ocupantes de cargos eletivos, assim com membros do Judiciário e do Ministério Público e advogados. Para Bolsonaro, esses profissionais, “com o porte, poderão atuar com mais segurança, em especial os que atuam no interior do Brasil”.
Profissionais de mídias que fazem cobertura policial e proprietários rurais também são autorizados a ter armas. “Os residentes em áreas rurais, legalmente armados, terão no porte de arma eficaz inibição para invasores de terra, verdadeiros terroristas do campo”, sustenta o autor.
O projeto ainda estende o direito a portar armas a oficiais e praças das Forças Armadas com estabilidade, assim como aos oficiais temporários destas instituições. Na concepção de Bolsonaro, “a incoerência em não se conceder porte de arma aos oficiais e praças com estabilidade demonstra o descaso do Governo para com estes profissionais”.
Já com relação aos oficiais temporários, o parlamentar acredita que, “pelo seu treinamento e sua responsabilidade, constituem parcela da sociedade mais do que preparada para o porte de arma de fogo”.

Homem é preso com moto furtada


Na noite de sexta-feira, um motociclista foi preso em atitude suspeita, próximo a Defrec.
Conforme a Brigada Militar, o sujeito empreendeu fuga ao avistar o veículo do POE iniciando-se então uma perseguição. Durante a fuga, o motociclista caiu, entrando no pátio da escola Moacyr, onde foi capturado pelos policiais. A motocicleta era furtada e o sujeito foi preso em flagrante. 

Vítima desiste de ocorrência após ser exposta ao autor

A Brigada Militar foi abordada por uma mulher em via pública na manhã de sábado, que relatava ter sido vítima de tentativa de roubo. 
O fato ocorreu na Rua Duque de Caxias. Ela relatou que o homem estava armado com uma faca, apontando as características do acusado. A Brigada fez buscas nas imediações, localizando um suspeito, que inclusive estava armado com a tal faca. 
Na Delegacia, devido a inexistência de uma sala de reconhecimento, vítima e autor foram colocados frente a frente como de costume. A vítima então, disse ter se enganado e que abordou a Brigada em via pública por suspeitar que o homem pudesse estar armado. 
A história não ficou clara, e por neste caso não haver vítima, houve apenas o registro de um boletim comum informando que o sujeito portava uma arma branca em via pública.

PC apura denúncia de homicídio culposo no hospital

Por solicitação do Ministério Público, a Polícia Civil de Uruguaiana instaurou inquérito para apurar a morte uma jovem gestante no mês de junho. 
Conforme o ofício do Ministério Público, a morte ocorreu em 14 de junho. Flavia Alves do Canto foi hospitalizada dias antes a realização de uma cesária em razão de pressão alta e baixo nível de plaquetas. Conforme relatado pela família ao MP, houve negligência médica, já que a cesária deveria ter sido antecipada em razão de uma hemorragia. 
A Polícia Civil solicitou informações sobre caso ao administrador do hospital, Geovane Cravo. 

Barra do Quaraí: Irmão mata irmão com 4 tiros


Uma tragédia familiar marcou o início desta semana na fronteira oeste. Abdel Aziz Yusuf Sahori foi morto a tiros pelo irmão Halead Sahori, por volta das 15h de ontem, segunda-feira, próximo a aduana existe entre as cidades de Barra do Quarai e Bella Union (Uruguai). Os irmãos residem em Uruguaiana, mas possuem comércio na Barra. Além disso, era através da ponte que divide os dois paises, que os irmãos atuavam no transporte internacional. 
Segundo as informações obtidas da Brigada Militar da Barra, Abdel era motorista do caminhão que pertencia ao irmão. Na Aduana, do lado de fora da sala de informações, eles começaram a discutir, sendo que o fiscal que estava de plantão não viu a movimentação. Durante a briga, Halead puxou uma pistola, desferindo quatro tiros contra a vítima. Logo em seguida, o autor fugiu para o Uruguai. A vítima foi levado ao hospital de Bella Union, mas não resistiu aos ferimentos. 
A Polícia Civil de Uruguaiana foi até a cidade vizinha, onde colheu informações e analisou o a cena do crime. O crime agora será investigado pelo delegado Bastos.

190 em ação

Ameaça
Celmar Soares, relata que seu vizinho Oli Nunes, ambos moradores da Cohab I, perguntou se não teria outro lugar para estacionar seu veículo a não ser na frente da casa dele. Posteriormente começou o ameaçar com palavras de baixo calão e a arranhar seu veículo. O fato ocorreu dia 24, às 20h.

Calúnia - Ameaça
A vítima acusa a ex-namorada de ter ido ao estabelecimento comercial de seu filho e o caluniado. A mulher teria o chamando de ladrão. Segundo ele, a separação ocorreu porque a mulher cometia bigamia. 

Buscando ajuda
A madrasta de um adolescente procurou a Polícia para pedir ajuda no final de semana. Segundo ela, o enteado é usuário d e drogas e desde o mês de junho vem roubando objetos de sua casa. Ele solicitou a internação do rapaz. A Polícia encaminhará o pedido aos órgãos competentes para tal procedimento. 

Furto de Bicicleta
Hildo Jesus deixou sua bicicleta Barra forte, marca Caloi, de cor verde e com porta pacotes em frente a Loja Still, na Rua Tiradentes. Quando voltou para pegá-la, depois de cinco minutos, ela já havia sido furtada. O fato correu na semana passada, em plena luz dos dia. 

Lesão Corporal
Informou o comunicante que na manhã do dia 26, às 7h, foi agredido a socos pelos acusados Leandro, Renato, e Moreno, moradores no Hotel Pampa, localizado na Rua Dr. Maia. As agressões ocorreram porque os homens haviam soltado o seu cãozinho que estava no saguão. Houve discussão e agressões. 

Furto 
A vítima relata que é moradora na Travessa Maestro José Servan, entre as Ruas Duque de Caxias e XV de Novembro, próximo a Condomínio Cel. Brasil Carús, bairro São Miguel e que na madrugada de sexta-feira, 17, seus vizinhos Joalcir e Joce furtaram vários objetos da casa da vítima. Forno, jogos de cadeiras , televisão, roupeiro, roupas de valor, várias peças de roupas e rádio.

Furto descuido
Na tarde de sexta-feira, um jovem relatou à Polícia que havia deixado sua bicicleta Preta, marca Mormaii, aro azul e rebaixada, com cadeado em via pública, nas proximidades do ginásio municipal, onde participava de um evento esportivo da Escola Dr. João Fagundes e quando retornou a bicicleta não estava mais no local.

Eleições
O Ministério Público Eleitoral vai apurar uma situação ocorrida na escola Dom Hermeto, onde uma mesária, teria postado a imagem do caderno eleitoral numa rede social. O fotografia teria sido feita por ela na sessão em que trabalhava.

Confirmação de inscrição no Enem está disponível desde ontem

Os cartões de confirmação de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão disponíveis desde ontem na internet. Para ter acesso, o estudante deve o informar o CPF e a senha escolhida na hora da inscrição. Também a partir desta segunda, os mesmos cartões começam a chegar pelo correio, no endereço informado na inscrição. O documento de confirmação traz os dados pessoais do participante, nome, CPF, número de inscrição no Enem, data, hora e local das provas, opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol), necessidade de atendimento especializado ou específico (quando houver) e indicação de solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso). Aqueles que acessarem o cartão pela internet deverão conferir as informações e imprimi-lo, se desejarem. Não é obrigatório levar o cartão no dia da prova. No entanto, é indispensável apresentar um documento de identificação com foto, como carteira de identidade ou de motorista. Segundo o instituto, quem não receber o cartão, não conseguir imprimir pela internet ou constatar erro no documento, deve entrar em contato com o atendimento ao participante, no telefone 0800616161. Caso cartões enviados pelo correio sejam devolvidos, o Instituto Nacional de de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira entrará em contato com os candidatos por meio de SMS e mensagem eletrônica, por celular e e-mail.
As provas do Enem serão nos dias 8 e 9 de novembro. Mais de 8,7 milhões se inscreveram para o exame.
Para se preparar para o Enem, o aluno pode acessar o aplicativo Questões Enem. O banco de questões da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) reúne itens de 2009 a 2013 com os quais o estudante pode treinar para oexame. O acesso é gratuito.

Painel Ed.2364

Em foco: Cartão do SUS

Até sexta-feira, 31/10, a cena frente ao Teatro Rosalina Pandolfo Lisboa deve ser de fila. A secretaria de Saúde iniciou ontem, 27/10, um mutirão para cadastrar e atualizar o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). A fila neste primeiro dia dobrou a esquina. O atendimento é realizado das 8h às 18h. É necessário estar portando a carteira de identidade, CPF e comprovante de endereço.

Educação I
Após a vitória de Sartori começam as especulações sobre o futuro secretariado. O ex-conselheiro Federal de Educação (nomeado pelo ex-presidente Fernando Collor), e ex-prefeito de Uruguaiana, José Felice poderá ganhar a secretaria estadual de Educação. O único entrave é a sua pífia votação no recente pleito.

Educação II
Também está cotado para assumir a 10ª Coordenadoria Regional de Educação o ex-vice-prefeito de Uruguaiana e ex-secretário municipal de Educação, Delmar Kaufmann.

Agricultura
O deputado Frederico Antunes (PP), reeleito para o 5º mandato consecutivo, poderá emplacar na Agricultura, enquanto Ronnie Mello pode levar uma diretoria do Banrisul.

Tristeza
Com a derrota de Tarso Genro, o que poderá acontecer com o Conselhão, que em quatros anos de governo, foi meramente decorativo e improdutivo. Teve atuação medíocre e não mudou nem a conjuntura do transporte público. Fiasco total. Foi como aquela comédia de William Shakespeare: “Muito barulho por nada”.

Outras ‘bocas’
Após intensa participação na campanha do segundo turno, comentam que o vereador Rafael Alves poderá indicar o futuro Coordenador do Sine em Uruguaiana. O PP poderá indicar o novo Coordenador Regional de Obras Públicas. Na Fase desponta o nome de um ex-vereador.

Solito
O trabalhista Marcelo Lemos (PDT) foi o único vereador que apoiou os petistas Tarso Genro e Dilma Rousseff no 2º turno.

Josefina I
A vereadora Josefina Soares faz questão de esclarecer que, embora tenha sofrido um mau súbito durante a sessão que aprovou o fechamento dos supermercados aos domingos, é contrária ao projeto aprovado com 6 votos de seus colegas.

Josefina II
A vereadora ainda acusa o nobre colega Marcelo Lemos de tê-la constrangido ao retornar ao plenário, razão pela qual preferiu abster-se da votação. Sabedor do voto da colega, Marcelo disse que seria imoral votar estando de “atestado”. Mas que moral, Vereador.

Justiça 
Mesmo com a derrota, Tarso Genro, militante histórico do PT, poderá retornar ao Planalto como ministro da Justiça (ou Educação). Na seara estadual, um nome bem cotado é do único deputado federal do PSDB, Nelson Marchezan Júnior.

Taco a Taco
Em 2012, o tucano Schneider foi eleito Prefeito com 33.863 votos. Na eleição do segundo turno, no último domingo, o tucano Aécio Neves conquistou 33.806 votos em Uruguaiana. No primeiro turno, as candidaturas de Aécio Neves e Ana Amélia Lemos foram praticamente ignoradas pela direção local do PSD

Aliança
Com o objetivo de formar maioria na Assembleia Legislativa, o futuro governador José Ivo Sartori poderá convidar o PDT e o PTB para integrarem o novo governo.

‘De alma e coração’ I
Acontece no dia 31/10, às 21h30min, o Lançamento do CD de música nativista ‘De alma e coração’, de autoria de Maxsoel Bastos de Freitas na voz de Ricardo Tubino e convidados. O evento acontece no Teatro Rosalina Pandolfo Lisboa.

‘De alma e coração’ II
O show marco o encerramento da Campanha Outubro Rosa, contra o câncer de mama, e conta com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Uruguaiana (Condimu), que é coordenado pela vice-prefeita, Neraí Kaufmann.

‘De alma e coração’ III
A entrada é franca, mas estará sendo aceita a doação de 1kg de alimentos, que serão encaminhados à Casa de Apoio ao Paciente Oncológico (Capo).

Especial I
A Câmara realiza na próxima quinta-feira, 30/10, sessão especial, às 19h. No ato, a professora de educação infantil da escola Cecília Meireles, Caroline da Costa Cardoso, será homenageada pela relevância do projeto “Vida de Bebê”, desenvolvido com crianças de dois e três anos e que fora premiado em concurso de nível nacional recentemente.

Especial II
Também serão homenageados 110 anos da Igreja Metodista em Uruguaiana.

Estágios
A prefeitura seleciona estagiários para atuar como agentes de turismo do município. A seleção acontece no dia 30/10, às 14h, no auditório da Esplanada da Estação.

Invasão I
O povo que invadiu o terreno da Prefeitura, próximo ao Canil Municipal se deu bem. Schneider decidiu deixar que fiquem lá, desde que estes se comprometam a sair quando estiver pronto o próximo projeto habitacional.

Invasão II
Pois bem, o referido projeto é de uma empresa particular e o financiamento acontece através do Minha Casa, Minha Vida, que tem regras próprias para selecionar os beneficiados. Será que todos cumprem esses requisitos.

Militância I
Ao conversar com uma integrante do PMDB em Uruguaiana, descobri que militante se diz da “indiada” que tá na batalha, vai às ruas, distribui santinhos, defende os candidatos, “rala o coro” por uns trocados.

Militância II
Os mandachuva, aqueles que só dão ordens, que dizem o que tem que ser feito, que ficam no ar condicionado e só aparecem pra colher os louros, esses são outra coisa. Não sei o que são, mas não são militantes, segundo a integrante mandachuva.

Militância III
Surgiu uma certeza: No PMDB de Uruguaiana tem muito integrante pra pouco militante. Tá explicada a franca decadência do partido que hoje conta com apenas dois vereadores, o barbeiro e o sambista. Claro que com a eleição de Sartori, pode ganhar um, o picareta.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Ed. 2364

  1. Virtudes públicas e regras do jogo
  2. Em foco: Cartão do SUS
  3. Educação I
  4. Educação II
  5. Agricultura
  6. Outras ‘bocas’
  7. Solito
  8. Tristeza
  9. Justiça
  10. Taco a Taco
  11. Aliança
  12. Josefina I
  13. Josefina II
  14. ‘De alma e coração’ I
  15. ‘De alma e coração’ II
  16. ‘De alma e coração’ III
  17. Especial I
  18. Especial II
  19. Invasão I
  20. Invasão II
  21. Militância I
  22. Militância II
  23. Militância III
  24. Estágios
  25. Os sinais de Deus
  26. Sartori se elege com maioria esmagadora de votos
  27. Uruguaiana e o Rio Grande escolheram Aécio Neves
  28. Schneider permite o nascimento de uma nova “favela”
  29. Licitação para nova empresa de transporte público só depois de março
  30. A partir de sábado quem ultrapassar em local proibido pagará multa de R$ 1.915 reais
  31. Legislativo promove Sessão Especial na quinta-feira
  32. Esforço pela UTI Pediátrica é relatado na Câmara
  33. Pesquisa da Fecomércio-RS aponta queda no percentual de famílias endividadas em outubro
  34. Aposentados e Pensionistas começaram a receber nesta segunda-feira
  35. Agência quer obrigar planos de saúde a divulgar taxa de cesárea de médicos
  36. Agências da Previdência Social estarão fechadas nesta terça-feira
  37. Irmão mata irmão com 4 tiros
  38. PC apura denúncia de homicídio culposo no hospital
  39. Homem é preso com moto furtada
  40. Vítima desiste de ocorrência após ser exposta ao autor
  41. Projeto libera porte de armas no Brasil
  42. Ameaça
  43. Calúnia - Ameaça
  44. Buscando ajuda
  45. Furto de Bicicleta
  46. Lesão Corporal
  47. Furto
  48. Furto descuido
  49. Eleições
  50. MEC reconhece 43 novos cursos superiores
  51. Confirmação de inscrição no Enem está disponível desde ontem
  52. Comissão vai acompanhar aplicação das metas do PNE e do piso do magistério
  53. Governo discute criar metas intermediárias para o Ideb
  54. Roteirista de O Homem de Aço vai criar a série sobre o planeta do Superman
  55. Japoneses criam o primeiro robô inspirado em Transformers
  56. Participação da família é decisiva para formação do jovem leitor
  57. A hora certa de beber água
  58. Marta declara guerra a Maurílio
  59. Anitta, Thiaguinho, MC Gui e Luan Santana serão atrações do “Show da Virada”
  60. STJD absolve Corinthians sobre escalação de Petros
  61. Com três desfalques por cartão, Felipão tenta montar o Grêmio contra o Vitória
  62. Zidane é suspenso por três meses e não poderá seguir à frente do Real B
  63. Tardelli acredita que alegria está de volta à Seleção

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Tire suas dúvidas para a votação deste domingo


O segundo turno das eleições 2014 acontece neste domingo. Na disputa estão os candidatos Aécio Neves (PSDB), e a atual presidente Dilma Rouseff, (PT) e, no Rio Grande do Sul a disputa é entre José Ivo Sartori (PMDB) e Tarso Genro (PT). Com o objetivo de orientar e tirar dúvidas do eleitor, o Jornal CIDADE reuniu algumas informações, procedimentos e dicas, para facilitar a votação neste turno. Confira.
Horário e Local
Apesar do horário de verão, a votação ocorre em todo o estado do Rio Grande do Sul das 8h às 17h, mesmo horário do primeiro turno. Os locais de votação são os mesmos do primeiro do turno.
O que levar
O eleitor deve apresentar um documento oficial com foto, que pode ser carteira de identidade, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação. A Justiça Eleitoral também recomenda que o eleitor leve o título para facilitar a identificação de sua Seção Eleitoral, embora sua apresentação não seja obrigatória.
Justificativa eleitoral
Conforme a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o eleitor pode votar normalmente no segundo turno, mesmo que não tenha votado nem justificado a ausência no primeiro. Caso o eleitor não tenha entregue o requerimento de justificativa no dia da votação, ele deve apresentá-lo pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviá-lo, por via postal, ao juiz da zona eleitoral onde é inscrito, até dois meses após o turno da votação. A justificativa é válida somente para o turno ao qual o eleitor não compareceu. Assim, se o eleitor deixou de votar no primeiro e no segundo turno da eleição terá de justificar sua ausência para cada turno, separadamente. O Tribunal Regional Eleitoral do RS criou uma ferramenta de justificava pela internet, disponível no site do órgão.
Eletrônicos e fotos
O eleitor não pode ir à cabine de votação portando telefone celular, tablet, câmera fotográfica, filmadora ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo do voto. É proibido fazer ‘selfies’ na urna.
Crianças
De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a lei não é específica sobre os bebês e as crianças, mas deixa claro que só deve ter acompanhante quem tem alguma deficiência, ou seja, que tenha algum problema de locomoção ou de visão. O órgão diz que o melhor é deixar as crianças em casa ou, se não tiver opção, não ir até a cabine de votação com eles, ou seja, o filho pode até entrar na sala de votação, mas deve ficar longe da urna eletrônica. Bebês de colo, segundo o TSE, geralmente são liberados.
Propaganda
Durante o dia de eleição o eleitor pode manifestar sua preferência por candidato, partido ou coligação com uso de broches, bandeiras e adesivos de forma silenciosa e individual.
A “cola eleitoral” também é permitida. O cidadão pode anotar os números dos candidatos para levar à urna eletrônica e evitar que haja confusões, trazendo rapidez ao processo.
Segundo o TSE o eleitor não pode manifestar preferência coletiva por candidato, partido ou coligação, com uso de bandeira ou vestuário padronizado. Também é proibido usar alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata.
A divulgação de qualquer espécie de propaganda de candidato, partido político ou coligação é proibida. Ou seja, “boca de urna” ou distribuição de “santinhos” não é permitido.
Outra ação proibida é o fornecimento de alimentação e transporte a eleitores no dia da eleição por candidatos ou partidos políticos, pois são atividades consideradas crimes eleitorais.

Lideranças rurais abrem o voto e falam sobre as eleições deste domingo


“É preciso uma mudança para uma administração com decência e eficiência”
Kaju
“É preciso mudar para aprimorar a democracia e recolocar o Brasil no cenário internacional”
Ângelo Scelzo
Às vésperas do segundo turno das eleições para presidente e governador do Estado, o Jornal CIDADE, conversou com lideranças da comunidade uruguaianense, buscando opiniões, idéias e expectativas com relação ao pleito e aos quatro anos seguintes. João Paulo Schneider da Silva, o “Kaju”, e Ângelo Egídio Ciliato Scelzo, ambos produtores rurais e ativos na política local, falaram sobre o tema. Os dois abriram o voto: Aécio Neves e José Ivo Sartori são os candidatos escolhidos. “É difícil se posicionar publicamente sobre nossas preferências políticas quando interpelados pelos meios de comunicação, no momento em que integramos a diretoria de importante empresa da nossa comunidade ou representamos alguma entidade classista. Seja por empecilhos legais ou pela grande responsabilidade de influenciarmos um grande número de pessoas que se identificam com a nossa atuação na sociedade”, diz Kaju. “Mas, absolutamente, não podemos e não devemos abster-se de declarar explicitamente nossas convicções, conceitos e valores pelos quais guiamos nossas ações nesta vida”, conclui.
A corrida eleitoral
Para Ângelo Scelzo, que diz ver esta como uma das mais disputadas eleições presidências dos últimos anos, a mudança é necessária para que o Brasil volte a crescer. “Como sempre, o PT baixa o nível da campanha, com o foco na desmoralização dos adversários e com a mesma conversa de sempre. Espero que a população tenha a vontade de mudar, pois será benéfico para aprimorar a democracia e recolocar o Brasil no cenário internacional, e não um mero coadjuvante, que hoje prioriza as relações bilaterais com países populistas e atrasados, como Argentina e Venezuela”, diz ele. 
João Paulo destaca a necessidade de mudar, levando em conta o grande período de tempo de um mesmo partido no poder, e diz ver neste pleito “uma grande possibilidade de mudanças e acontecer o que preconizamos, que é a alternância de poder. Esse é um dos princípios que temos em relação à política e acho que representa o pensamento da empresa, a Gap Genética. É preciso quebrar um processo de corrupção crescente, que creditamos ser resultado de um muito tempo de um mesmo partido no poder. As pessoas vão se acostumando, começam a aparecer oportunidades e isso vira normalidade”, declara. Para ele, trata-se de um processo que fica mascarado, e que população às vezes não enxerga. “Até na Copa do Mundo, que era para ser algo para todos os brasileiros se orgulharem, houve um superfaturamento de obras. Nosso país e estado estão muito mal administrados e entendo que há a necessidade de mudança no sentido de maior decência e eficiência”, completa.
O resultado das urnas
A expectativa para o resultado das urnas neste domingo, é grande, mas temerosa para Kaju. “As classes mais baixas estão anestesiadas pelos programas sociais, que geram um custo para a sociedade, e provavelmente irão votar pela continuidade. Cada vez que falo para alguém, tento abrir os olhos daqueles que tem menos cultura, ou menos condições para ver o que acontece no Brasil. Esperamos que este pensamento de mudança que vejo se reflita nas urnas”, diz.
“Espero a vitória de Sartori para que possamos ter uma mudança de rumo no Estado. O atual governo pouco fez e as intervenções que aconteceram em diversos órgãos foram sempre de forma autoritária, em claro favorecimento a interesses partidários”, diz Scelzo. Ele cita como exemplo o Instituto Riograndense do Arroz (Irga). “Logo no início do atual governo, não houve respeito a uma lei aprovada na Assembleia Legislativa e toda a atual diretoria foi nomeada de forma autoritária”, diz ele, completando que, “também espero que Aécio vença, pois temos que mudar. O atual governo já nos deu demonstrações que justificam tomar essa decisão, com a certeza de que teremos um melhor governo”.
Próximo governo
Os produtores apontam ainda questões que consideram como essencial para um bom governo. “É preciso que no próximo governo haja mais abertura, reformas estruturais para que o comércio, a indústria, a agropecuária, possam competir e se desenvolver. Somente com crescimento baseado na eficiência, mérito pelo trabalho, teremos uma economia sustentável e mais imune a fatores externos, o que no fim transformará o Brasil em uma nação melhor para todos”, diz Ângelo Scelzo.
Para Kaju, alguns valores devem ser observados. “Espero que os eleitos neste pleito, em primeiro lugar, respeitem os valores éticos e de cidadania que pautam a vida do homem brasileiro de bem. E que governem para uma nação e não para interesses próprios”, conclui.

Cresce número de empregos em Uruguaiana, diz FCDL

O número de empregos no comércio no Rio Grande do Sul no mês de setembro em comparação ao mês de agosto. 
O saldo positivo foi de 2.955 vagas preenchidas no estado, interrompendo quatro meses consecutivos de queda nos indicadores.
De acordo com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul, os próximos meses deverão seguir a tendência. As cidades que apresentaram maior número de contratações no comércio foram Porto Alegre, Canoas, Uruguaiana, Caxias do Sul e Capão da Canoa. Passo Fundo e Lajeado também aparecem na lista.