segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Ed. 2656 - "Pai" estupra filhos de 4 e 6 anos

Leia a edição digital aqui..
  1. O jeitinho brasileiro de não resolver problemas
  2. Semana Farroupilha
  3. Substituição
  4. 40 anos
  5. Leilão I
  6. Leilão II
  7. Logicom
  8. Vagas no Sine
  9. Encontro
  10. Mesários
  11. Trânsito
  12. Aniversário
  13. 70 anos
  14. Pecuária I
  15. Pecuária II
  16. Sindilojas
  17. Amoris Laetitia = A alegria do amor III
  18. Servidores do município paralisados nesta quinta-feira
  19. Apenas 20% dos candidatos enviaram contas parciais ao TSE
  20. Entidades recebem hoje Chama Crioula
  21. Sala do Empreendedor é inaugurada
  22. Uruguaiana prioriza saúde
  23. Greve dos bancários continua
  24. Prédios públicos continuam sem telefone
  25. Atenções da raça Crioula se voltam para o Rédeas de Ouro
  26. Missão à Ásia já gerou US$ 50 milhões em agronegócios
  27. Pai acusado de estuprar filhos de seis e quatro anos
  28. Polícia prende suspeito de aplicar golpe de R$ 100 mil em idosa
  29. Homem é esfaqueado por causa de R$ 10
  30. Jovem é morto em acidente de trânsito
  31. Estudantes inscritos ganham novos prazos em razão da paralisação dos bancários
  32. MEC libera R$ 139 milhões para educação básica
  33. Pesquisa da UFSM busca avaliar o consumo de moda
  34. Ranking traz valores pagos aos professores em 2016
  35. Uruguaianense tem jogo épico de três viradas
  36. Inter terá um desfalque e dois retornos contra o Vitória
  37. Roger põe cargo ‘para avaliação’ no Grêmio
  38. Paralimpíada chega a 1,9 milhão de ingressos vendidos
  39. O que é a Depressão Infantil? Como se define a depressão infantil?
  40. Briga entre Fabíola Reipert e Larissa Manoela vai parar na justiça
  41. Tatá Werneck e Gabriel Godoy estão juntos
  42. Malhação
  43. Sol Nascente
  44. Haja Coração
  45. Velho Chico
  46. Mariana Rios se junta ao time do The Voice Brasil

Animação japonesa é destaque no final de semana no Cinesesc


A animação “Princesa Mononoke” (1997) é a atração do CineSesc Uruguaiana deste final de semana. Assessões gratuitas do filme japonês ocorrem nos dias 9 e 10 de setembro. As exibições estão marcadas para as 19h (sexta-feira) e 16h (sábado), no Sesc Uruguaiana (Rua Flores da Cunha, 1984). “Viver é Fácil”, “Club Sandwich” e “Estão Todos Bem” são os próximos títulos com sessões até o final do mês pelo projeto. 
Em “Princesa Mononoke”, o enredo começa após o príncipe Ashitaka enfrentar um deus javali enfurecido, e acaba sendo amaldiçoado com um mal que pode matá-lo. Para encontrar a cura, ele decide viajar para longe e acaba se envolvendo numa batalha entre os deuses animais da floresta e os moradores de uma vila de mineiros, que aos poucos estão acabando com a floresta. 
 Programação CineSesc Setembro - Uruguaiana
Local: Sesc Uruguaiana (Rua Flores da Cunha, 1984)
Entrada franca 
09 e 10/09 – “Princesa Mononoke”
Horários: 19h (sexta-feira) e 16h (sábado)
Sinopse: Após enfrentar um deus javali enfurecido, o príncipe Ashitaka é amaldiçoado com um mal que pode matá-lo. Para encontrar a cura, ele decide viajar para longe e acaba se envolvendo numa batalha entre os deuses animais da floresta e os moradores de uma vila de mineiros, que aos poucos estão acabando com a floresta.

8º Siepe: Está aberto período de cadastro para alojamentos


Por Franceli Couto Jorge

Participantes do 8º Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão (Siepe), da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), que necessitam de alojamento já podem realizar seu cadastro por meio de preenchimento de formulário, disponível no site do evento, na aba Alojamentos e Hotéis. 
O evento disponibilizará aos alunos da Unipampa e de outras Instituições de Ensino o uso de alojamentos ofertados por hospedagem solidária em domicílio de alunos e servidores do Campus Uruguaiana, assim como, em escolas da rede estadual e municipal. O cadastro para concorrer às vagas de alojamento pode ser feito até dia 02 de outubro. A divulgação dos discentes e seus respectivos locais de alojamento ocorrerá no dia 07 de novembro.
A Comissão de Alojamento do 8º Siepe salienta que não será permitida a troca de modalidade ou local de alojamento. Além disso, é necessário seguir algumas normas:
• Respeitar as orientações dos monitores e do responsável pelo grupo nos espaços de alojamento;
• Respeitar os horários de chegada e saída dos alojamentos;
• Trazer itens de higiene pessoal;
• Trazer repelente para mosquitos;
• Preservar a limpeza dos locais;
• Zelar pelos bens móveis e imóveis dispostos nos alojamentos;
• Respeitar o trajeto “alojamento – portão”, evitando a circulação dentro dos ambientes que não foram disponibilizados para alojamento;
• É proibido o consumo de bebidas alcoólicas nas dependências do alojamento;
• É proibido fumar no local do alojamento;
• É obrigatório apresentar documento de identificação pessoal na entrada dos alojamentos e só poderão pernoitar nos espaços os alunos cadastrados previamente;
• Não será oferecido café da manhã nos alojamentos;
• O aluno que desrespeitar quaisquer orientações citadas acima será penalizado conforme regimento específico da instituição de ensino. 
A Comissão também frisa que não serão disponibilizados leitos nos alojamentos, por isso, cada um é responsável por trazer colchonete, colchão inflável, saco de dormir; roupa de cama, inclusive travesseiro e roupa de banho. Os participantes que ficarem nos alojamentos deverão ter cuidado com os pertences pessoais, já que a Comissão não se responsabiliza por qualquer eventualidade.
Aos participantes que ficarem em alojamentos distantes do Campus Uruguaiana, será disponibilizado, em determinados horários, transporte.
No dia 22 de novembro, os alunos selecionados para os alojamentos deverão dirigir-se ao guichê da Comissão de Alojamentos, que estará posicionado no hall do campus, próximo ao guichê do credenciamento. Acesse o mapa do evento em: https://eventos.unipampa.edu.br/siepe/mapa-do-evento/. O 8º Siepe será realizado entre os dias 22 e 24 de novembro, no Campus Uruguaiana da Unipampa e debaterá a temática “Inove, Transforme, Renove o Mundo”.

190 em ação

Assalto I
Um homem foi assaltado na esquina da Rua Antônio Monteiro com Rua dos Andradas. Ele contou à polícia que foi abordado por um jovem aparentando ter 17 ou 18 anos, branco, que estava em uma bicicleta branca. A vítima tentou ‘negociar’ com o ladrão que, imediatamente sacou um revólver e ameaçou mata-lo. Ele teve o telefone celular roubado.

Assalto II
Uma mulher foi assaltada na Profilurb. Ela foi abordada por dois homens em uma motocicleta barulhenta, ambos de capacete e com viseiras escuras. O carona a ameaçou com um revólver e mandou que entregasse o telefone celular. Ela não se feriu.

Assalto III
Um homem foi assaltado em um posto de gasolina. O crime foi cometido por três homens, dos quais pelo menos dois estavam armados. Eles o mandaram deitar no chão, roubaram telefones celulares, jóias, US$ 500 e R$ 150 em dinheiro, além do carro da vítima, no qual fugiram do local.

Assalto IV
Uma mulher foi assaltada na Rua Miguel Barbará. Ela teve o telefone celular roubado por dois rapazes, armados com uma faca.

Arrombamento I
A escola Dr. Crespo de Oliveira foi alvo de ladrões. Uma foi serrada, depois de ter os vidros quebrados. Os ladrões levaram uma cafeteira, uma batedeira, um forno elétrico, um forno de micro-ondas, uma jarra elétrica, seis facas de cozinha, dois jogos de talheres, uma estufa, uma panela de dez litros e um rádio, além de 40 kg de carne de frango, 50 kg de arroz, 20 litros de óleo, 200 pães, dez kg de feijão, dez pacotes de macarrão, dez pacotes de achocolatado, latas de milho e ervilha, 30 kg de açúcar e 30 pacotes de leite em pó.

Arrombamento II
Um motorista registrou o arrombamento do caminhão no qual trabalha. Ele contou que deixou o veículo no pátio da transportadora e, ao retornar, cerca de 45 minutos depois, constatou que o mesmo fora arrombado. Foi furtado um auto rádio, uma televisão e um telefone celular.

Abigeato
Cinco bois foram furtados de uma propriedade na localidade de Pindain Mirim. O proprietário contou à polícia que não sabe quando o furto ocorreu, mas que deu falta dos animais quando foi realizar uma vacinação geral.

Estelionato: Uruguaianenses são vítimas de golpes por telefone


Gabriela Barcellos

Os crimes de estelionato continuam causando preocupação à Polícia Civil. As ocorrências são frequentes e envolvem, especialmente, crimes cometidos via telefone, seja por meio de ligações ou de mensagens de texto. Em menos de 24 horas dois casos foram registrados da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).
Uma mulher de 46 anos foi vítima do golpe do prêmio. Através de mensagens de texto, ela foi informada que teria recebido um prêmio em dinheiro. Ao entrar em contato com o número indicado, foi orientada a efetuar um depósito em uma conta poupança da Caixa Econômica Federal em nome de um rapaz.
Poucas horas depois, um homem de 33 anos recebeu um telefonema lhe informado da liberação de um empréstimo pessoal, no valor de R$ 5 mil, que poderia ser pago em 48 parcelas. Para receber o valor, que seria depositado em sua conta às 16h do mesmo dia, ele precisava realizar um deposito de R$ 350 em uma conta corrente na Caixa Econômica Federal, em nome de uma mulher. O homem realizou o depósito e só depois percebeu tratar-se de um golpe.
O delegado Enio Tassi, da 1ª DP, alerta que há uma variedade de golpes como estes. “A vítima recebe uma ligação de alguém que promete algum tipo de compensação, de prêmio, mas pede que seja feito um depósito em valor bem menor para liberá-lo”. Outro golpe comumente utilizado é o falso sequestro, geralmente de um filho, ou ainda o falso parente em apuros. Nesses casos, as vítimas recebem ligações de pessoas fazem-se passar por algum parente que ficou na estrada e precisa de dinheiro para pagar guincho, conserto do veículo ou passagens de volta. Recentemente, uma uruguaianense caiu no golpe do bilhete premiado e foi levada em cerca de R$ 100 mil.
Conforme Tassi, é fundamental o cuidado ao passar informações, especialmente número de documentos pessoais ou informações bancárias. “Compras ou pagamentos pela internet também merecem atenção”, conclui.

Barra do Quaraí: Acusado de matar o irmão é condenado a 21 anos

Gabriela Barcellos

O Tribunal do Júri de Uruguaiana julgou e condenou na quinta-feira, 8/9, Halead Yussef Sahori, pelo assassinato do próprio irmão dele, ocorrido em 2014, na Barra do Quaraí. Natural de Uruguaiana, o homem matou o irmão, Abdel Aziz Yusuf Abder Razeq, com quatro tiros.
O crime ocorreu por volta de 15h40min do dia 27 de outubro, em via pública, na rodovia BR-472, km 653, próximo ao posto da aduana brasileira. De acordo com o Ministério Público, Halead passava pelo local quando viu o irmão, acompanhado por outras duas pessoas, e foi ao encontro de Abdel, já passando a atirar repetidamente contra ele. Depois do crime, voltou ao carro que dirigia e saiu rapidamente do local, cruzando a fronteira com a uruguaia Bella Unión.
A prisão preventiva de Halead foi decretada em dois dias depois do crime e ele foi preso no Uruguai. Posteriormente ficou em liberdade condicional no país vizinho, até ser deportado para o Brasil, no dia 18 de agosto de 2015, quando deu entrada na Penitenciária Modulada Estadual de Uruguaiana.
Para o Ministério Público, o crime foi motivado por interesses patrimoniais da família e pela inveja que sentia do sucesso empresarial do irmão. Ele foi denunciado por homicídio qualificado por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, uma vez que esta foi atacada quando estava na presença de outras pessoas, as quais conversavam e trafegavam normalmente em via pública, sendo pega de surpresa.
A sessão foi presidida pelo juiz Guilherme Machado da Silva e o Ministério Público foi representado pelo promotor Luiz Antônio Barbará Dias. Já a defesa de Halead ficou a cargo do advogado Roberto Acosta Nunes. Após as manifestações de ambas as partes, os jurados o consideraram culpado, reconhecendo inclusive as qualificadoras do crime. A pena foi fixada pelo Magistrado em 21 anos de prisão, em regime inicial fechado e o réu, que respondia ao processo preso, foi levado de volta à Modulada assim que a sessão de julgamento terminou.
A defesa do rapaz foi procurada, mas não atendeu a reportagem do Jornal CIDADE ou retornou nossas ligações até o fechamento desta edição. Ainda cabe recurso.

Farsul destaca solidez dos resultados da Expointer 2016

O presidente do Sistema Farsul, Carlos Sperotto, destacou que os resultados alcançados durante a 39ª edição da Expointer ficaram marcados pela palavra “superação”. Apesar do cenário de instabilidade política e econômica vivido pelo país, a feira desse ano alcançou resultados positivos e esteve totalmente voltada para o desempenho do agronegócio gaúcho e brasileiro. Sperotto ressaltou, entre diversos temas, o papel de relevância da Expointer no que diz respeito à aproximação com mercados vizinhos e aumento do diálogo para possíveis parcerias. Outro destaque apontado pelo presidente é o fato de que a Expointer se consolida, cada vez mais, como uma distribuidora de conhecimento e tecnologia do agronegócio para o restante do país.
O presidente da Comissão de Exposições e Feiras da Farsul, Francisco Schardong, ressaltou que, apesar da queda na comercialização de animais em comparação a 2015 – R$ 11,7 milhões neste ano contra R$ 15,5 milhões no ano passado – há uma expectativa positiva para os remates de primavera que estão por vir.
A oitava edição consecutiva da Vitrine da Carne Gaúcha, iniciativa da Federação, foi novamente sucesso de público. Foram 3.426 espectadores, com uma média de 107 pessoas por apresentação, que acompanharam a desossa de carcaças bovinas, ovinas e suínas. “Isso representa um aumento de público de 24% com relação a 2015”, diz Luiz Alberto Pitta Pinheiro, assessor técnico da Farsul. 

Senar-RS atende cerca de 7 mil pessoas
Os espaços do Senar-RS, espalhados pelos quatro cantos do parque, e o número expressivo de pessoas que participaram das dinâmicas e oficinas realizadas pela entidade, foram, conforme o superintendente do Senar-RS, Gilmar Tietböhl, os grandes destaques desta 39ª edição da Expointer.
No Pavilhão de Ovinos e Bovinos, foram realizadas as oficinas com foco nas Boas Práticas Agropecuárias (BPA). Nos ovinos, foram mostradas práticas de manejo sanitário, destacando o diagnóstico de verminose, e técnicas de tosquia. Entre os bovinos, foi dada ênfase nas boas práticas agropecuárias e técnicas de avaliação da genética dos touros. Já no Pavilhão Internacional, as Oficinas de Alimentação ensinaram ao público receitas que tinham como base hortaliças, frutas, mel, olivas e milho.
A novidade ficou por conta da Oficina do Guasqueiro, onde instrutores do Senar-RS explicaram os princípios básicos da profissão, com técnicas de preparação do couro e confecção de peças utilizadas no cavalo. A atividade aconteceu na Pista do Freio de Ouro e contou com a participação de 873 pessoas.
O diretor-superintendente do Sebrae/RS, Derly Fialho, destacou os avanços do programa Juntos Para Competir, parceria entre Farsul, Senar-RS e Sebrae/RS, na feira. Nessa Expointer, passaram pelas atividades do programa mais de 11 mil pessoas, gerando mais de três mil atendimentos.
Em sua 11ª participação na Expointer, a Casa Rural – Centro do Agronegócio trouxe oportunidades de comercialização para os produtores rurais durante a feira. Um dos grandes destaques da entidade foi o lançamento do aplicativo para smartphones chamado de Ruralito, cujo objetivo é facilitar a gestão das propriedades rurais e aumentar o número de negócios entre produtores.
Com informações da Farsul.

Publicação aponta touros Hereford e Braford com maior resistência ao carrapato


Gabriela Barcellos

O combate ao carrapato, praga que anualmente provoca prejuízos da ordem de US$ 2 milhões no Brasil, vem recebendo grande atenção dos pecuaristas, sempre em busca de novas formas de combater e prevenir a infestação. Para isso, desde o último dia 31, contam com uma nova fonte de conhecimento para auxiliá-los. É a terceira edição do Sumário Genômico de Touros Hereford e Braford da Conexão Delta G, lançado na 39ª Expointer.
A publicação apresenta a listagem e o ranqueamento, com avaliação genômica, de 250 animais sobre a sua resistência a carrapatos. O trabalho de pesquisa foi realizado em parceria com a Embrapa e a GenSys Consultores Associados, além do apoio da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB).
Segundo o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Cardoso, nesta edição praticamente dobrou o número de animais, assim como foram incluídas novas características. O Sumário Genômico contempla todos os touros Hereford e Braford disponíveis em centrais de inseminação. “O foco do trabalho é a resistência em carrapato, mas temos também, por exemplo, a avaliação da pigmentação ocular e caracterização racial dos animais”. Conforme Cardoso, todo o trabalho começou em 2009 por meio das primeiras tratativas com os produtores e finalizado em 2012, quando foi publicada a primeira edição do Sumário Genômico. A segunda edição, publicada no final de 2013, avaliou 130 animais. Conforme o pesquisador, o objetivo é fazer atualizações mais seguidas. “Com essa tecnologia que estamos trabalhando podemos tirar qualquer amostra biológica e dizer o grau de resistência dos animais sem expô-los ao parasitismo. A tecnologia foi pioneira e exclusiva para a resistência ao carrapato”.
Ele explica que, para a realização do trabalho, os touros passaram por genotipagem de marcadores moleculares do tipo Simple Nucleotide Polymorphism (SNP), por meio de painéis de alta densidade. Os SNPs podem estar associados a um polimorfismo do gene relacionado a características de difícil mensuração. Paralelamente à genotipagem, foram realizadas contagens de carrapatos nos animais. Os dados, juntamente com informações de pedigree, resultaram na atribuição de valores genômicos, em forma de DEPG para resistência ao carrapato. Esse indicador prediz com maior precisão a habilidade de transmissão genética de cada animal, conforme a característica buscada.
O Sumário Genômico é um trabalho inédito e não há nada similar na pecuária de corte mundial. “O Sumário Genômico representa uma ferramenta importante para todos os criadores de Hereford e Braford e também produtores de genética, que trabalham com pecuária de corte e utilizam a inseminação artificial nestas raças”, explica o presidente da Conexão Delta G, Eduardo Eichenberg. Conforme ele, agora o produtor também pode levar em consideração os dados do sumário de avaliação genética na hora de escolher touros com melhores índices de resistência ao carrapato e, com isso, tentar multiplicar essa genética no seu rebanho.

Temporada de primavera da pecuária gaúcha deve manter tendência de alta


Nestor Tipa Júnior

Considerada uma das mais concorridas épocas de venda de reprodutores do país, a temporada de primavera, que inicia no final de setembro e se estende até novembro, novamente deve demonstrar o potencial da pecuária do Rio Grande do Sul, que desponta no cenário nacional como um dos principais fornecedores de genética para o Brasil. Na temporada passada, conforme dados do Sindicato dos Leiloeiros Rurais do Rio Grande do Sul (Sindiler/RS), o faturamento dos leilões realizados foi de R$ 75,12 milhões.
De acordo com o presidente da Conexão Delta G, Eduardo Eichenberg, apesar das incertezas econômicas momentâneas do país, a expectativa é de uma temporada de primavera positiva, visto que a atividade pecuária, assim como o agronegócio como um todo, segue bem consolidados. “Os preços do boi gordo, dentro das oscilações anuais normais, vêm se mantendo em bons níveis, e a previsão de demanda por carne, com a abertura de novos e importantes mercados externos, como a China e os Estados Unidos, favorecidos por um Real ainda desvalorizado em relação ao Dólar - que favorece as exportações -, deve se manter alta”, projeta.
O dirigente lembra que, mais especificamente sobre as raças Hereford e Braford, houve uma grande procura por touros e fêmeas ao longo do ano, especialmente no Braford, o que certamente refletirá em uma boa demanda nos leilões de primavera. “Para a maior parte dos membros da Conexão Delta G, os leilões de primavera representam a principal oferta de seus reprodutores Hereford e Braford. São nesses eventos que anualmente os resultados de todo o processo de seleção são apresentados”, observa Eichenberg.
No total, os associados da Conexão Delta G promoverão 15 leilões durante a temporada.

Passagens do Fora Domicílio voltam a ser distribuídas


Daiany Mossi

Os pacientes do Programa Fora Domicílio terão acesso às passagens adquiridas pela Prefeitura junto a empresa Planalto normalizada a partir deste sábado. A informação é do prefeito de Uruguaiana, Luiz Augusto Schneider. 
Segundo ele, o município efetuou repasse de R$ 48 mil à empresa na quinta-feira, restabelecendo o servido interrompido devido à falta de pagamento. 
O prefeito explica que estes problemas são em decorrência da priorização da Folha de Pagamento por parte da Justiça. “Antes de pagar qualquer conta temos os valores sequestrados para o pagamento dos funcionários”, ressaltou. 

Telefones
Quanto às linhas telefônicas da Prefeitura e de alguns prédios públicos que foram cortadas na semana passada, Luiz Augusto informou que não há previsão de pagamento. O argumento é o mesmo – a folha de pagamento.

Nascidos em setembro podem receber o PIS a partir do dia 15

Daiany Mossi

O Governo Federal emitiu nesta semana informações atualizadas quanto ao pagamento do PIS/Pasep.
O abono salarial calendário 2016/2017, para os nascidos no mês de setembro, começa a ser pago a partir de 15 de setembro. Os saques poderão ser feitos em agências da Caixa, do Banco do Brasil, de casas lotéricas ou, se estiverem com o cadastro em dia, os trabalhadores poderão receber em conta corrente a partir de 16 de setembro. 
Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários-mínimos mensais, com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2015, e que tenham sido informados corretamente na Relação Anual de Informação Social (Rais). 
O cálculo do valor do abono salarial segue as novas regras definidas por lei. O pagamento será proporcional aos meses trabalhados durante o ano-base. Ou seja, quem trabalhou durante apenas um mês, receberá o equivalente a 1/12 do salário-mínimo, e assim sucessivamente. A fração igual ou superior a 15 dias de trabalho será contada como mês integral.

Odebrecht intensifica pavimentação de 13 bairros

Com o objetivo de garantir a manutenção da qualidade asfáltica, as equipes irão intensificar os trabalhos a partir da próxima semana. Os serviços serão divididos entre 13 bairros e o trânsito nesses locais ficará parcialmente interrompido durante as manutenções que ocorrerão em horário comercial. “Queremos aproveitar o tempo seco para dar continuidade na manutenção do pavimento em alguns pontos”, explica Herbert Dantas, responsável pelo setor de Operações da concessionária.
O cronograma de obras semanal das atividades está disponível no site odebrechtambiental.com/uruguaiana ou ainda pode ser acompanhado por meio do aplicativo OApp, disponível para Android e IOS. 
Com informações da Odebrecht.

Contran anuncia novos valores de multas

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) anunciou na quinta-feira, a aplicação de novos valores nas infrações de trânsito a serem cobrados a partir do dia 1º de novembro.
Conforme o Contran, o valor a ser pago por infrações classificadas como gravíssimas será de R$ 293,47. 
Infrações consideradas graves passarão a custar R$ 195,23, enquanto as infrações classificadas como médias custarão R$ 130,16. Já as infrações leves serão reajustadas para R$ 88,38.

Prefeitura ignora Lei de Acessibilidade


Daiany Mossi

Com a realização dos jogos paraolímpicos no Brasil, o assunto que deveria ser tratado diariamente ganhou maior destaque – acessibilidade. Em Uruguaiana, ao longo dos últimos anos, várias denúncias foram trazidas à tona, no entanto, a falta de acessibilidade continua sendo uma realidade. 
O Jornal CILDADE conversou com algumas das pessoas que precisam de acesso facilitado com segurança e autonomia e as declarações foram impressionantes. 
Maria de Lourdes é cadeirante há muitos anos e conta que só recentemente descobriu que dar acessibilidade ao portador de deficiência é o dever do Município. “Deixei de ir à escola muito cedo e devido à falta de movimento nas pernas me isolei em casa. Sinto-me incomodada e triste quando preciso ir a algum lugar e pedir que alguém me acompanhe, pois não consigo ir sozinha”, disse Maria de Lourdes, moradora da Anita Garibaldi, que reclama das condições das calçadas nas imediações de sua casa. 
Outro que conhece de perto esse problema, é o seu Valter, morador do bairro Santo Inácio. Segundo o cadeirante, desde que está na cadeira de rodas, seis anos, nunca mais conseguiu levar uma vida normal. “Para um cadeirante é difícil atravessar uma rua sem ajuda, imagina ir ao centro pagar uma conta. Em algumas lojas da cidade não há rampas e a Prefeitura não pode nem cobrar, pois lá também não há”, finalizou. 
Também falta acessibilidade no antigo Fórum da cidade e em algumas escolas, devido à inexistência de rampa na entrada das salas de aula ou modelo inapropriado. 

Plano de mobilidade urbana 
Conforme o Prefeito Luiz Augusto Schneider, a Prefeitura finalizará ainda em seu Governo, o Plano de Mobilidade Urbana, que entre outras coisas, pretende dar acessibilidade á todas as pessoas, desde ao cadeirante a uma gestante que encontre dificuldades de acesso a serviços básicos.

Marcha da resistência: PL propõe que prova crioula seja cultura nacional


Gabriela Barcellos

Um projeto de lei quer reconhecer a Marcha de Resistência do cavalo Crioulo como manifestação da cultura nacional. A proposta foi apresentada no dia 29 de agosto pelo deputado federal Afonso Hamm, em sessão na Câmara dos Deputados.
O projeto está sob análise das comissões técnicas de Cultura e de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Federal e tramita em regime ordinário. A proposta se apoia na carga histórica trazida pela modalidade, prova funcional mais antiga praticada pela raça Crioula no país, a modalidade.
A Marcha de Resistência, em seu percurso de 750 quilômetros, tem o objetivo avaliar a rusticidade, a resistência e a capacidade de recuperação, típicas do cavalo Crioulo.

Candidatura de Iad é deferida


Gabriela Barcellos

O atual prefeito da Barra do Quaraí, Iad Choli (PSB), teve seu pedido de registro de candidatura deferido pela Justiça Eleitoral e é, oficialmente, candidato a reeleição. Choli lidera a coligacao Unidos Podemos Mais, formada por Partido Socialista Brasileiro (PSB), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido dos Trabalhadores (PT), Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Partido Progressista (PP), Partido Democrático Trabalhista (PDT) e Partido Social Democrático Brasileiro (PSDB).
Além do registro de Iad, também está apta a concorrer a sua candidata a vice, Nely Simionato. Ambos os pedidos foram deferidos na quinta-feira, 8/9.

Juiz Eleitoral defere candidatura de Schneider

O juiz eleitoral deferiu o pedido de registro de candidatura do autal Prefeito. O registro de sua vice-prefeita, Luciane Lopes, ainda não foi julgado.


Gabriela Barcellos

O juiz da 57ª Zona Eleitoral (Uruguaiana e Barra do Quaraí), André Luís Ferreira Coelho, deferiu na quarta-feira, 7/9, o pedido de registro de candidatura do prefeito Luiz Augusto Fuhrmann Schneider, que busca a reeleição pela coligação Trabalho, Seriedade e Compromisso (PSDB/DEM). O pedido ainda não havia sido julgado porque Schneider teve que apresentar documentação complementar para comprovar as condições de elegibilidade, em razão de uma condenação criminal de primeiro grau da Justiça Federal por improbidade administrativa. A ação está em fase de recurso.
Um erro de cartório atribui a Schneider uma condenação transitada em julgado, que foi retificada no dia seguinte, sendo apresentados os documentos exigidos pela legislação em vigor. Além disso, não houve impugnação da candidatura. Após a intimação solicitando a certidão de objeto e pé atualizada do processo, a irregularidade foi sanada dentro do prazo e o Ministério Público Eleitoral foi favorável ao deferimento da candidatura. “As condições de elegibilidade foram satisfeitas, não havendo informação de causa de inelegibilidade”, considerou o magistrado ao proferir a sentença, deferindo o registro de candidatura de Schneider, e garantindo sua participação nas eleições de dois de outubro.
No entanto, o juízo ainda não apreciou o pedido de registro de candidatura da vice de Schneider, a empresária Luciane Lopes, que está licenciada do cargo de presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Uruguaiana. Também filiada ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Luciane disputa sua primeira eleição.

Felice
Dos quatro nomes que se colocaram à disposição para concorrer à Prefeitura Municipal, somente o ex-prefeito José Francisco Sanchotene Felice (Rede) ainda não teve o pedido de registro de candidatura apreciado pelo juízo.
Tão logo o pedido foi protocolado, sofreu três impugnações, pelo Ministério Público Eleitoral, pela Coligação Trabalho, Seriedade e Compromisso, de Schneider, e ainda por um cidadão.
Ele apresentou defesa e o julgamento ainda não foi realizado. Já o candidato a vice de Felice, Márcio Louzada, teve o registro de candidatura deferido e está apto a concorrer.

Painel Ed.2655

Parceria
O projeto de cooperação técnica entre o Centro de Tecnologia em Pecuária (CTPEC) da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e o Instituto Nacional de Tecnología Agropecuaria (Inta), de Mercedes (Argentina) teve mais uma vase nesta semana. No feriado, 7/9, professores e alunos do CTPEC estiveram no Inta. O projeto discute produção animal (bovinos e ovinos), forragicultura, sanidade e reprodução animal e inclui o envio de acadêmicos para estágios na instituição argentina.

Luto

Faleceu na madrugada de quinta-feira, 8/9, o advogado Higino Moraes Macagnani. Ele foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção Uruguaiana, vereador, presidente do Poder Legislativo e prefeito de Uruguaiana. Macagnani foi velado no salão nobre do Palácio Rio Branco.

Dia da Independência
Na quarta-feira a Presidente Vargas foi palco dos desfiles em honra à Pátria, que iniciaram ao meio dia com a Parada Militar composta por tropas da Marinha, Exército, Aeronáutica, Polícia Federal e Brigada Militar. Logo após, a parada civil foi aberta pela militarizada “Polícia” Municipal, seguida da apaisanada Guarda Escolar. Em seguida desfilou a Liga de Defesa Nacional, Centro Uruguaianense de Porto Alegre, BM Mirim e escolas do município.

IV Ciclo Sumeve

A Sociedade de Medicina Veterinária de Uruguaiana (Sumeve) realizou na quinta-feira, 8/9, e sexta-feira, 9/9, o IV Ciclo de Atualização Veterinária, no Senac. A programação contou com as palestras ‘Evitando processos na área veterinária’, com a advogada Kika Menezes; ‘Imunoterapia na dermatite atópica canina’, com a veterinária Desydere Pereira, especialista em dermatologia; ‘IATF: uma abordagem para conseguir melhores resultados’, com o veterinário e professor da Unipampa Fábio Gallas Leiva; e ‘Como conquistar clientes’, com Gilberto Hernandez Soldera, veterinário especialista em produção animal.

Lançamento 

O músico uruguaianense Cesar Santos, que vem representando muito bem Uruguaiana no cenário nativista, está lançamento seu primeiro disco, ‘Da Porteira pra dentro’. Parabéns Cesar, mais sucesso na carreira e empreitada.

Isenções
Para estimular diferentes setores da economia, garantir condições de competitividade às empresas gaúchas e preservar empregos, o Estado concedeu um total R$ 8,986 bilhões em desonerações fiscais ao longo de 2015. Praticamente repetindo em termos nominais os benefícios infraconstitucionais concedidos no ano anterior (R$ 8,980 bilhões), o volume representa 22,94% da arrecadação potencial de impostos. Em 2014, o percentual chegou a 24,01%. O principal tributo estadual também registrou recuo em termos de desonerações: ficou em 22,92% do ICMS potencial, índice que no ano anterior chegou a 23,98%.

Inscrições
A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos prorrogou as inscrições para as disputadas do Campeonato Nacional, Potro do Futuro e Snaffe Bit. Os competidores tem até segunda-feira, 12/9, para confirmar presença. As inscrições podem ser feitas através do site da entidade (www.cavalocrioulo.org.br).

Anistia
Já está circulando no Congresso Nacional, uma minuta de projeto de lei para anistiar empresários, políticos e partidos envolvidos em doações irregulares a campanhas políticas, com o objetivo de superar a operação Lava Jato. A ideia é criminalizar as doações feitas em desacordo com a lei, só que daqui para frente, perdoando, portando, os crimes já cometidos.

Canil
O Canil Municipal está mais uma vez sem ração. Por isso a Casa do Criador rações está realizando uma promoção especial de sacos de ração de 25 quilos, apenas para os voluntários.

Trabalho I
A reforma trabalhista pelo Governo Temer ainda vai dar muito o que falar. A proposta de aumentar a jornada de trabalho para até 12 horas diárias, anunciada na quinta-feira, 8/9, pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, foi desmentida por ele próprio, em entrevistas a alguns veículos de comunicação ontem, 9/9.

Trabalho II
A ‘mudança de ideia’, teria ocorrido depois de um telefonema de Michel Temer cobrando explicações a respeito do assunto. Nogueira negou que haja mudanças no sentido de aumentar a jornada de trabalho e que suas declarações foram mal interpretadas.

Trabalho III
Conforme anunciada inicialmente, a medida buscava aumentar a segurança jurídica de contratos que não seguem o padrão firmado pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e evitar que sejam anulados por juízes. Seria mantida a jornada semanal de 48 anos (44 horas mais quatro extras)mas cada categoria deve estabelecer, via convenção coletiva, a melhor forma de distribuir o tempo. O teto para o trabalho diário, porém, será fixado em 12 horas diárias. Se trabalhar as 12 horas, o funcionário compensará nos dias seguintes.

Gap
Acontece no próximo dia 25, a partir das 10h, o tradicionalíssimo remate da Gap Genética, na Estância São Pedro.

Tornozeleiras
Nos últimos seis meses, o sistema de monitoramento georreferenciado teve acréscimo de 55% no Rio Grande do Sul, subindo de 1,2 mil monitorados em março para 1.906 na primeira semana de setembro. Só nos sete primeiros dias deste mês, uma força-tarefa de agentes penitenciários instalou 225 novas tornozeleiras.

Uruguaianense sofre terceira derrota no campeonato

Após vencer fora de casa sua partida de estreia na 2ª fase da Série Bronze, a Uruguaianense não conseguiu repetir a bela apresentação de Marau, onde venceu a AMF, por 3x0. No sábado (3), em Santiago, os visitantes não jogaram bem e sofreram a terceira derrota na competição. O time da ASF era um velho conhecido dos uruguaianenses, pois na primeira fase se enfrentaram duas vezes, com duas vitórias do tricolor da fronteira. Desta vez a história foi diferente.
Mesmo tendo oportunidades de voltar com um resultado melhor, a Uruguaianense desperdiçou lances importantes quando teve chance. Ao todo, foram três tiros livres perdidos pelos jogadores uruguaianenses. Já a ASF, o aproveitamento foi melhor: em dois lances de bola parada, dois gols para o time de Santiago.
Mesmo saindo na frente do marcador com o gol de Rodrigo, aos 9min, a Uruguaianense não suportou a pressão do adversário, que foi em busca da virada. O empate da ASF veio de uma cobrança de pênalti, por Jean, aos 11min do primeiro tempo. Com chances de ambos os lados, o primeiro tempo terminou empatado, em 1x1.
O destaque do jogo foi mesmo Jean, que marcou duas vezes, dando uma importante contribuição ao time da ASF. Ele marcou o primeiro de seu time e fechou o jogo com um tiro livre bem cobrado. Justamente o fundamento que faltou melhor efetividade ao time da Uruguaianense. Ressalta-se ainda a boa produção dos goleiros Sapulha e Thales, que mesmo com a derrota, brilharam perante a um público de 700 torcedores que foram ao ginásio.
Rodrigol ainda descontou para a Uruguaianense, mas o jogo era mesmo do time de Santiago, que chegou à vitória com mais dois gols. Um de Felipe e outro de Émerson: 4x2.
Com o resultado, a ASF chegou a seis pontos em dois jogos e isolou-se na liderança da chave 4. A Uruguaianense ficou com três pontos e divide a segunda colocação com a AMF, que venceu o Nadas Branco, por 3x2.
O próximo jogo da Uruguaianense acontece no próximo sábado, às 20h, contra o Nadas Branco, em Uruguaiana.

Celemaster se credencia para enfrentar a MGA


A volta da sua grande mentora, depois de longo período de recuperação de uma cirurgia no joelho, foi comemorada pela torcida da Celemaster durante o mês passado. Mesmo assim, o retorno às quadras foi aos poucos, com apenas entradas em circunstâncias especiais.
O teste final mesmo veio no sábado à noite, na partida de volta contra um de seus principais rivais, a ACBF, de Carlos Barbosa. Necessitando vencer para garantir com tranquilidade o passaporte para a decisão do campeonato deste ano, o time de Andrezinho sofria para manter o empate. Foi aí que André chamou Gabriela (10) para o jogo. Foi o que bastou para mudar por completo o ritmo do confronto.
Numa de suas jogadas, Gabriela aproveitou-se de ter pela frente apenas uma marcadora. A confiança de quem deu o título de 2014 para a Celemaster talvez tenha servido como motivação para Gabriela tentar o lindo drible que a deixou cara-a-cara com a goleira Carine (1). De frente para o gol, Gabigol chutou forte e rasteiro, suficiente para tirar do alcance da defensora da ACBF e colocar a Celemaster em vantagem num momento delicado da partida, ainda no primeiro tempo, faltando apenas 1min53seg. Antes disso, o equilíbrio marcava o desempenho das equipes.
A Celemaster começou melhor com gol de Dani, logo a 1min24seg de jogo. Ela recebeu o passe e bateu sem muita força, mas colocado. Bastou para pegar de surpresa a goleira Carine. Menos de um minuto depois, aos 2min10seg, foi a vez de Gil (11) se aproveitar de um descuido da defesa da Celemaster e mandar para a rede da goleira Jéssica (12).
O placar de 2x1 do primeiro tempo serviria como um sinal de alerta para o time da fronteira. Mesmo com certo domínio na posse de bola, a equipe de Andrezinho criava chances, mas não conseguia transformá-las em gol. Aproveitando-se da oscilação da Celemaster, a ACBF criava oportunidades. Numa delas, Pâmela pegou de jeito um chute de longa distância. Foi o que bastou para a ACBF chegar ao empate logo aos 3min06seg do segundo tempo. Nesse momento do jogo, o clima se tornou tenso, pois um gol da ACBF levaria o jogo para a prorrogação.
Porém, a tranquilidade veio dos pés de quem está acostumada a dar alegrias aos uruguaianenses: Becha tocou de leve na bola, após a cobrança de lateral por Dani, aos 8min52seg da etapa final, 3x2. A garantia que tudo se encaminharia para uma vitória da equipe local se concretizou aos 10min10seg, em mais uma obra-prima a partir dos pés de Gabigol. Em jogada individual, Gabriela recebeu a bola e entre três adversárias conseguiu achar espaço para girar e bater forte fora do alcance de Carine: 4x2.
Logo em seguida, aos 13min06seg, Betona (10), de pênalti, tornaria o jogo nervoso novamente. A ducha de água fria à reação da ACBF, veio aos 15min16seg, com o gol de Jaqueline (6). Ela aproveitou o rebote de um chute que foi na trave, e com tranquilidade marcou o quinto da goleada. Um minuto depois, foi a vez do nome do jogo marcar mais um, de pênalti. Um chute forte que tinha o endereço do gol bateu no braço de Betona. Gabriela cobrou, sem chance para a goleira Carine, encerrando o jogo em 6x3.
No domingo à noite, em Caxias do Sul, a atual campeã, a MGA Games, com um empate (4x4) com a Malgi, de Pelotas, garantiu sua presença na decisão deste ano.
Beneficiado pelo empate da MGA Games, o primeiro jogo será em Caxias do Sul, no dia 17, às 20h e a grande decisão em Uruguaiana, no dia 24. A expectativa é de ginásio lotado. Assim como vem sendo uma realidade nas partidas da Celemaster em seus jogos em casa. Bem ao contrário do jogo entre MGA Games e Malgi. Apenas 60 pessoas acompanharam o jogo que definiu o adversário da Celemaster na decisão

Estudantes realizam mostra pedagógica de Ciências


Os estudantes do 6º ano EF realizaram de forma tridimensional, com maquetes, uma mostra de trabalhos sobre os conhecimentos adquiridos nos temas estudados até agora no trimestre. A intenção foi desafiá-los a serem criativos e ousados, utilizando diversos recursos e materiais.
Para o professor João Valter, essa atividade tornou a aprendizagem mais interessante e os estudantes sentiram-se motivados a reproduzirem as suas ideias. A atividade contribuiu no desenvolvimento das habilidades e competências cognitivas e motoras, associadas à capacidade do trabalho em equipe. Foram apresentadas maquetes sobre o estudo dos vulcões, economia de água, terremotos, entre outros. A mostra teve a visitação de estudantes de outras turmas.
Com informações do Colégio Marista Sant’Ana.

Unipampa divulga concursos com vagas para Uruguaiana


A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) divulgou três editais tornando público um total de 40 vagas para profissionais ingressarem na instituição. Para técnico-administrativos são oferecidas 10 vagas, já para docentes da carreira do magistério superior são 16 vagas. O processo seletivo simplificado para professor substituto estabelece 14 vagas. Os vencimentos básicos vão de R$ 2.294,81 a R$ 9.114,67.
As inscrições podem ser feitas até o dia 05 de outubro. O valor da taxa é de R$ 180,00. A relação dos candidatos com a inscrição homologada deve ser divulgada no dia 14 de setembro. O concurso será realizado no período provável de 07 a 28 de novembro.
Com informações da Unipampa.

Logística do Enem está dentro do planejado, diz Inep


Cerca de 600 mil pessoas estão envolvidas na preparação e aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado nos dias 5 e 6 de novembro. Para acompanhar a execução das responsabilidades de cada parceiro envolvido, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) promoveu, na segunda-feira (29), mais uma reunião de gestão.
“É uma operação gigante. A reunião com os parceiros envolvidos mostrou que todas as estratégias do nosso planejamento estão a contento”, ressaltou a presidente do Inep, Maria Inês Fini.
Ela destacou que todos os procedimentos de segurança estão garantidos. O exame contará com cinco mil coordenadores de equipes, 40 mil agentes (Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros) e 60 batalhões militares.
Participaram do encontro os representantes da gráfica responsável pela impressão das provas e do material administrativo; do consórcio aplicador do exame, composto pela Cesgranrio e Cebraspe; da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que faz a distribuição das provas; além de uma empresa especializada em gestão de riscos, que usará tecnologia similar à adotada nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Também estavam presentes representantes do Inep e da Secretaria Executiva do Ministério da Educação (MEC).

Logística em números
Segundo os dados apresentados na reunião, para a edição de 2016 serão impressas 16 milhões de provas (comum, ampliada, ledor e braile), além de 33 milhões de materiais administrativos. São 1.727 municípios de aplicação, 17 mil locais de prova e 77 mil malotes, que exigem 6,1 mil rotas de distribuição e 309 mil km percorridos.
Para a aplicação das provas estão sendo capacitados 1.772 coordenadores estaduais e municipais, 33.336 mil coordenadores de locais de aplicação e assistentes, 476.040 chefes de salas e aplicadores, 20 mil aplicadores especializados e mil coordenadores de unidades prisionais e educativas, responsáveis pela aplicação do Enem PPL, para pessoas privadas de liberdade, que será realizado em 6 e 7 de dezembro. Com informações do Ministério da Educação.

190 em ação

Furto em veículo
Um motorista registrou o arrombamento do caminhão em que trabalha. Conforme ele, o veículo estava estacionado no Posto Imigrantes. Ele se afastou do veículo por cerca de 15 minutos e, quando retornou, o vidro da porta do carona estava quebrado. Foi furtada a carteira da vítima, com documentos pessoais, R$ 120 em dinheiro, cerca de $ 4 mil pesos argentinos, $ 1 mil pesos chilenos, uma câmera digital e um telefone celular. 

Ameaça
Um médico da Santa Casa de Caridade registrou ocorrência policial contra familiares de uma paciente. Ele contou que a mulher deu entrada no pronto socorro e acabou sendo internada, cabendo a ele seu tratamento. No entanto, a paciente veio à óbito, o que teria motivado as ameaças, juntamente com acusações de negligência.

Assalto I
Um rapaz foi assaltando por um homem tripulando uma bicicleta, na Avenida Presidente Vargas. Ele teve o telefone celular roubado, assim como a carteira com documentos pessoais , uma pequena quantia em dinheiro e cartões de crédito.

Assalto I
Um rapaz foi assaltando por um homem branco, na Rua Antônio Monteiro. Ele contou que teve telefone celular roubado.

Constrangimento
Uma moça registrou ocorrência policial contra a gerencia da loja onde trabalha, no centro da cidade. Ela contou que a gerente do local tem obrigada as funcionárias a mostrar suas bolsas pessoais antes de deixar o local. Ao questioná-la sobre o procedimento a funcionaria foi ofendida verbalmente e alega estar sofrendo perseguição.

Injuria
Uma mulher procurou a polícia depois de tomar conhecimento da existência de um Facebook falso, em seu nome, onde supostamente estaria marcando programas sexuais. O fato foi registrado como injuria e um suspeito já foi identificado.

Condenado a 12 anos por homicídio na Praça do Barão

Gabriela Barcellos

Um homem foi condenado a doze anos de prisão por homicídio simples, na tarde de ontem, 6/9. Jeremias Ramos Paissandi foi condenado pela morte de Airton Ramos Fontella, no dia 23 de abril de 2006, por volta de 21h30min, na Praça Barão do Rio Branco.
De acordo com a denúncia do Ministério Público, Jeremias cometeu o crime juntamente com dois adolescentes. A acusação apontou a ocorrência de uma briga entre a vítima e outro rapaz, contra Jeremias e os adolescentes. Em meio ao confronto, Jeremias sacou um revólver e efetuou um disparo contra a vítima, enquanto os adolescentes o seguravam imobilizado. Além do disparo, que o acertou no pescoço, a Airton foi alvejado por outros tiros, desta vez efetuados pelos dois menores. Airton chegou a ser socorrido e encaminhado ao pronto socorro, pela Brigada Militar, que também deteve os dois adolescentes. No entanto, não resistiu aos ferimentos. Próximo do local, a polícia apreendeu a arma do crime, municiada com quatro estojos de um cartucho.
Na sessão de julgamento o conselho de sentença o considerou culpado pelo crime e o condenou. A pena foi fixada pelo juiz Guilherme Machado da Silva, que presidia a sessão. Jeremias, que é reincidente, foi condenado a doze anos de prisão em regime inicial fechado. 

Barrense vítima de acidente não resiste


Gabriela Barcellos

A jovem Paula Franciele Garcia, natural da Barra do Quaraí, vítima de um acidente de carro na madrugada de sábado, 3/9, não resistiu e faleceu na noite de terça-feira.
A moça voltava da cidade uruguaia de Bella Unión, quando o veículoem que trafegava, juntamente com o namorado e amigos, colidiu com um poste de concreto. Os demais ocupantes do veículo também se feriram, mas não correm risco de vida.
Pauta esteve internada na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Santa Casa de Caridade e aguarda uma cirurgia desde então, com fratura nas duas pernas, em um dos braços, além de graves lesões nos pulmões, baço e fígado, que lhe levaram à morte.

Vizinho estuprador se entrega

Ele é acusado de abusar de um menino de seis anos e teve a prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Justiça, após ser negada pela Justiça de Uruguaiana.

Gabriela Barcellos

Um homem foi preso por estupro de vulnerável nesta segunda-feira, 5/9. Ele é acusado de ter abusado sexualmente do filho de uma vizinha, de seis anos. O crime teria acontecido no bairro Promorar I.
R.A.A.F. se apresentou à Polícia espontaneamente, acompanhado de advogado, depois de saber que estava com a prisão preventiva decretada.
O crime, ocorrido em fevereiro, chegou ao conhecimento da polícia através de ocorrência registrada pela mãe do menino, que contou ter ficado sabendo, por terceiros, que o filho havia sido abusado sexualmente.
A investigação foi conduzida pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), chefiada pelo delegado Enio Tassi.
Procurado, Tassi confirmou que há indícios de crime, mas preferiu não comentar a investigação, visto tratar-se de vítima menor de idade, no entanto, confirmou que o acusado se apresentou espontaneamente, por volta de 12h de segunda-feira.
A reportagem do CIDADE apurou que o Inquérito contém indícios conistentes de que o crime ocorreu. Ouvido, com devido acompanhamento psicológico, a vítima contou que o homem tirou sua roupa, lhe tocou nas partes intimas e ordenou que também o tocasse. O acusado nega as acusações.
A prisão preventiva solicitada pelo Delegado obteve parecer favorável do Ministério Público, e foi negada pelo juiz singular. Inconformado, o Ministério Público recorreu ao Tribunal de Justiça, que deferiu o pedido no início do mês.
O homem foi recolhido à Penitenciária Modulada Estadual de Uruguaiana (PMEU).

Estado é referência nacional no plantio de oliveiras

Em Uruguaiana, um experimento da Embrapa, em parceria com a Agência de Desenvolvimento (ADU) mostra boa adaptação de cinco variedades de oliveira.

Gabriela Barcellos

O Rio Grande do Sul se tornou o maior produtor de oliveiras do Brasil, além de figurar entre os melhores do mundo na produção de azeite de oliva. O destaque mundial foi alcançado recentemente com a medalha de prata obtida pelo Prosperato, da empresa Tecnoplanta, de Barra do Ribeiro, no concurso italiano Domina, um dos mais importantes da Europa.
A história da olivicultura no Estado foi tema de encontro no último dia 30, durante a 39ª Expointer, em Esteio. Rosane Coradini, presidente da Associação dos Produtores de Olivicultura de Caçapava do Sul, conta que o protagonismo gaúcho começou em 2005. “Éramos 30 malucos que resolveram tentar plantar oliveiras no estado, depois de duas tentativas fracassadas, sendo que a última foi nos anos 50”, lembra. De uma propriedade de 20 hectares da família, na Região da Campanha, cinco deles foram dedicados ao plantio de oliveiras, resultando em sucesso imediato. “Em 2013, colhemos 8,5 mil quilos de azeitonas. Para este ano, em função do clima, devemos colher 3,1 mil quilos”, acrescenta.
Em mais de dez anos de cultivo, foram introduzidas pelo menos 50 variedades. Para o chefe ­geral da Embrapa/RS, Glênio Pillon, o território gaúcho tem um grande potencial de expansão da lavoura. “Temos mais de 11 indústrias instaladas e caminhamos a passos largos, com avanços tecnológicos. Hoje nosso azeite não perde nada para outros do mundo”, enfatiza. Pillon lembra que o azeite trazido de outros países tem qualidade alterada, principalmente em função da logística de transporte, com longas esperas em contêineres. Contudo, alerta que o clima - a geada e a umidade - e o controle de pragas seguem sendo as principais preocupações.

Potencial
Mita Fuhrmann, que produz o azeite Verde Louro em Canguçu desde 2011, disse que a primeira safra deste ano será de 1,8 mil litros. Eudes Romano Marchetti, diretor-geral da Tecnoplanta, de Caçapava do Sul, observou o RS deve ser de 15 mil litros de óleo de oliva em uma área de 300 hectares. A previsão é de crescer para 50 mil litros em 2017.

Uruguaiana
Desde 2008, A Embrapa Clima Temperado, sediada em Pelotas, em parceria com a Agência de Desenvolvimento de Uruguaiana (ADU) realiza um experimento visando verificar a viabilidade do plantio de oliveiras em Uruguaiana e quais as variedades da planta mais adaptadas ao clima local.
De acordo com o engenheiro Fernando de Menezes, diretor da ADU, o projeto surgiu com o objetivo de apontar outra opção de produção no município e vem dando bons frutos.
Os resultados obtidos até o momento são extremamente positivos e demonstram que o município tem potencial para o cultivo, abrindo mais um ramo dentro da agricultura local. São cinco variedades de oliveiras que se destacam, tanto para produção de azeite de oliva quanto para conserva: Arbequina, Arbosana, Manzanilla, Koroneiki e Picual. Elas não tiveram problemas de desenvolvimento ou de adaptação e tiveram boa produção de frutos.

Financiamento
O secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, informou aos produtores que o Badesul tem linha de financiamento com condições favoráveis ao setor. “Estamos juntos neste processo, apoiando os produtores e buscando resolver impeditivos burocráticos que dificultam a produção, como a utilização de defensivos agrícolas”. Segundo ele, o estado tem um milhão de hectares potenciais para a olivicultura.

Telefones da Prefeitura estão “cortados”

Daiany Mossi

Desde a última sexta-feira, os telefones da Prefeitura de Uruguaiana e de alguns dos setores públicos municipais, como biblioteca, Cacau e Conselho Tutelar não efetuam ligações.
Segundo os funcionários, não houve nenhum aviso por parte da administração, os telefones simplesmente pararam de funcionar. 
Na terça-feira, nossa reportagem tentou contato com a Prefeitura e algumas das secretarias, ouvido de uma gravação, a resposta de que o telefone está temporariamente programado para não receber chamadas. 
Indagado sobre o corte do serviço por parte da empresa de telefonia, o prefeito Luiz Augusto Schneider disse desconhecer o problema, prometendo uma resposta até o fechamento da edição, o que não ocorreu.

O lixo 
A coleta de lixo em Uruguaiana continua sendo realizada com prejuízos. Devido ao não pagamento em dia, a Urban coloca apenas 50% de seus funcionários nas ruas, deixando o trabalho mais lento e com isso o lixo durante mais tempo nas calçadas. Não há previsão da normalização da atividade.

Uruguaiana perde o trem

Daiany Mossi

A empresa América Latina Logística deve reduzir seus serviços no Estado e Uruguaiana será uma das primeiras cidades afetadas. 
Conforme os dados do Sindifergs, até o início dos anos 90, havia cerca de dez mil ferroviários na ativa no Rio Grande do Sul. Em 1997, Quando a RFFSA foi privatizada tinham sido reduzidos a 3 mil. Há pouco mais de um ano, a Rumo ALL – nova denominação da concessionária – entrou em atividade nas linhas gaúchas com somente 1.580 funcionários próprios, mas que hoje não chegam a 900, nas contas do Sindifergs.
A estratégia da empresa tem sido encolher e terceirizar serviços, mantendo apenas os trechos de linhas considerados mais rentáveis, algo recorrente nas privatizações. “Temos homologações de demissões todas as semanas. A Rumo demite, manda o funcionário demitido criar uma empresa terceirizada para realizar o serviço que fazia, mas em seis meses eles quebram”, lamenta o presidente Júlio Fontana Neto.
Acontece que os problemas que culminam com a desativação da ALL, não é só da empresa, uma vez que a situação no sistema ferroviário gaúcho é quase calamitosa e pior que nos demais estados do Sul-Sudeste. Faltam linhas, trilhos, vagões, locomotivas, composições, terminais, manutenção, pessoal qualificado, numa lista de falhas e carências que não acaba mais. Só o que não falta e sobra são as queixas em relação ao serviço prestado pela concessionária.

Redução das linhas em operação
Contrariando todas as expectativas ou promessas desde a privatização, no governo de FHC, as linhas gaúchas encolheram, grandes trechos foram desativados e boa parte dos trilhos e equipamentos sofreu um processo contínuo de sucateamento. Quando a ALL passou a operar também em São Paulo, em 2006, ela largou de vez o Estado e o serviço então só piorou. Um dos resultados é que os 3.282 quilômetros de linha rodante que existiam no início da concessão estão reduzidos a cerca de 2 mil quilômetros, após quase 20 anos. Porém, segundo o Sindifergs, não restam mais de 900 quilômetros realmente operando no Estado.
A queda na movimentação de cargas é outro dado que explica o desmonte. Entre 2014/2015, houve uma redução de cerca de 3 milhões de toneladas movimentadas anualmente, em relação aos anos anteriores. É o caso do transporte da soja, que em 2007 movimentou 5,8 milhões de toneladas, volume que caiu quase à metade, 3,1 milhões de toneladas, em 2014. Os números de 2015 ainda não estão fechados, mas o volume deve ser menor ainda, “muito embora a produção do cereal tenha aumentado consideravelmente”, afirma o diretor da Federação da Agricultura (Farsul) Caio Nemitz, representante da entidade nas discussões sobre o modal ferroviário.
Para piorar, numa reunião recente na Secretaria Estadual dos Transportes, em Porto Alegre, dirigentes da Rumo anunciaram que estão estudando a desativação total da via que liga Cacequi a Uruguaiana, a única saída dos produtos brasileiros por ferrovia para a Argentina. Há relatos de que a indústria da Serra também não está sendo atendida adequadamente.

Legislativa do Rio Grande do Sul
A alternativa, segundo ela, seriam as concessões, mas é preciso achar o modelo ideal, de longo prazo, pois serão necessários investimentos muito pesados. “O modal rodoviário está sobrecarregado, cerca de 90% do escoamento da soja no Rio Grande do Sul é realizado por caminhões. A Ferrovia norte sul representa uma saída pra resolver estes problemas de gargalos na logística, reduzindo o custo Brasil e aumentando a competitividade”, completa a parlamentar.
Conforme o EVTA, a ferrovia deverá ingressar no Estado por Frederico Westphalen, seguindo depois por Palmeira das Missões, Cruz Alta, Santa Maria, Encruzilhada do Sul, Camaquã, Cristal, Pelotas e daí ao porto de Rio Grande. Segue-se agora a elaboração dos projetos básicos de engenharia e, posteriormente, será contratada a elaboração do projeto executivo, quando será conhecido o custo do empreendimento. Atualmente, o Ministério dos Transportes trabalha para definir qual será a modalidade de contratação para realização da obra, informa a Valec.

Falta de equipamento compromete atendimento no hospital


Daiany Mossi

Estragado há uma semana, a falta do aparelho de tomografia da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana está dificultando o atendimento a casos complicados, como o da jovem barrense que se acidentou na cidade uruguaia de Bella Union, na tarde de sábado e que foi trazida para Uruguaiana em estado grave.
Paula Francieli Garcia, quebrou o braço, fraturou a bacia e teve o fígado e o baço perfurados. Na segunda-feira ela foi submetida a primeira cirurgia, porém as demais não podem ser realizadas sem que antes a jovem seja submetida aos exames no aparelho.
Conforme a assessoria de imprensa do hospital, o equipamento é informatizado e as peças estragadas já foram encaminhadas para o conserto. A previsão é de que esteja funcionando nos próximos dias. 
Além de Paula, outros pacientes necessitam deste aparelho. A assessoria explica que ele é exclusivo para procedimentos mais sérios. 

Contrato com o Estado
Em meio às dificuldades, nesta semana a Santa Casa garantiu a recontratualização de alguns serviços junto ao Governo do Estado. Na tarde desta segunda-feira (5), aconteceu o ato de assinatura do contrato de prestação de serviços entre o Hospital da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana e a Secretaria de Estado da Saúde (SES), em audiência realizada em Porto Alegre. 
Durante o encontro que aconteceu na sede da secretaria no Centro Administrativo do Estado, estiveram representando o HSCC, o diretor administrativo-financeiro da instituição, Geovane Cravo, e o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis, que selaram o acordo, assinando um novo termo autorizando a contratação de serviços de saúde com a Santa Casa no valor de R$ 36 milhões anuais visando o atendimento à população.
Também participaram do encontro do coordenador de Saúde da 10ª CRS, Luciano Pereira, e o deputado estadual, Frederico Antunes (PP). O contrato será publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (08/09).

E agora José? TJ proíbe Executivo de parcelar salários dos professores

Gabriela Barcellos

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) concedeu mandado de segurança ao CENTRO DOS Professores do Rio Grande do Sul (CPERS/Sindicato), para que o Governo do Estado se abstenha de parcelar o salário dos professores da rede pública estadual, vinculados à entidade. A julgamento na tarde de segunda-feira, 5/9, decidiu o mérito da liminar que havia sido concedida no ano passado, proibindo o parcelamento e a decisão foi por maioria de votos.

Decisão
Conforme o voto do relator, desembargador Nelson Antônio Monteiro Pacheco, a situação do parcelamento dos servidores públicos estaduais se agravou desde o ano passado. Ele também destacou que inúmeros sindicatos ingressaram com o mesmo pedido na Corte, tendo sido concedidas as seguranças. “Neste momento, em agosto de 2016, a situação de parcelamento dos vencimentos se agravou (...), mantendo-se a violação a direito líquido e certo dos servidores previsto constitucionalmente e já referendado pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal em várias manifestações”, disse.

Executivo
No final do dia, o Governo do Estado emitiu nota a respeito da decisão, através da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), que informou que irá interpor recurso no momento em que for notificada, assim como tem feito em outras ações coletivas impetradas por sindicatos ou associações, sobre o mesmo tema.
Na nota, o Executivo Estadual ressaltou que as dificuldades financeiras são consequências de problemas estruturais históricos, agravados por medidas adotadas no período mais recente e que aprofundaram seu endividamento, e que a decisão tomada pelo Pleno do Tribunal de Justiça em nada altera o grau de dificuldades que o Estado enfrenta para honrar este e outros compromissos necessários à manutenção dos serviços públicos. Por fim, afirma que a contingência de atrasar o pagamento dos salários dos servidores vinculados ao Poder Executivo decorre da absoluta falta de dinheiro em caixa em volume suficiente, fato que tem sido explicitado, de forma transparente, à opinião pública.

Coordenadoria Tradicionalista é reconhecida de utilidade pública


A Coordenadoria Tradicionalista de Uruguaiana receberá o título de utilidade pública, concedido pela Câmara de Vereadores. O projeto de lei, de autoria do vereador Rafael da Silva Alves (PMDB), foi aprovado na sessão ordinária de terça-feira, 6/9. A ação do Parlamento reconhece o trabalho da entidade, sem fins lucrativos, ligada a defesa dos direitos sociais, à cultura e a arte gaúcha.
A Coordenadoria tem 21 piquetes filiados e, entre as atividades em que atua, é apoiadora da realização da Cavalgada da Bandeira e da Semana Municipal da Bandeira, participa da Cavalgada da Paz, da Cavalgada da Chama e realiza o Encontro de Prendas e Peões.
Com informações da Câmara de Vereadores.

Câmara de Vereadores regularizou seleção de estagiários


Gabriela Barcellos

O Ministério Público do Trabalho (MPT) arquivou o procedimento que apurava irregularidades na contratação de estagiários pela Câmara de Vereadores. A decisão é do procurador do trabalho Eduardo Trajano Cesar dos Santos, responsável pela apuração. Segundo ele, o arquivamento ocorre porque a Câmara de Vereadores fez as adequações necessárias.
A situação chegou ao conhecimento do MPT a partir de denúncia do Jornal CIDADE. À época, em setembro de 2015, a Câmara de Vereadores mantinha cerca de 20 estagiários contratados por indicação/apadrinhamento de vereadores. Por determinação da Lei Federal 11.788/2008, e ainda de uma resolução da própria Casa Legislativa, existente desde 2008, a contratação dos estagiários deve ser realizada após o processo seletivo desenvolvido por empresa qualificada como agente de integração, contratada para este fim, mediante adequado processo licitatório.
Mesmo assim, as contratações ocorriam através de indicação, principalmente dos vereadores, apesar de a Câmara manter um contrato com uma empresa para intermediar a contratação dos estagiários, o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). À época o próprio CIEE admitiu que a Câmara faz o encaminhamento dos jovens ao Centro, não sendo do CIEE, a responsabilidade de selecionar os estagiários. À época, o Poder Legislativo, então chefiado pela vereadora Jussara Osório (PSDB) disse que foram feitos os processos seletivos, mas não informou quando e onde foram publicados os editais correspondentes e quais os critérios de seleção utilizados. Apesar de alegar que há supervisão constante dos estagiários pelo Departamento de Recursos Humanos, a Câmara negou acesso aos relatórios de atividades dos estagiários.
Já ao MPT, quando questionada, a Câmara de Vereadores, ainda sob presidência de Jussara Osório, relatou que no dia 23 de setembro de 2015, constituiu Comissão Especial de Processo Seletivo de estagiários, para apoio e acompanhamento do processo seletivo de estagiários no Poder Legislativo Municipal, e admitiu que “nenhum órgão municipal efetua qualquer tipo de processo seletivo para o recrutamento”, comprometendo-se em sanar a irregularidade.
Em janeiro de 2016, o MPT foi informado da publicação do processo seletivo público para a contratação de estagiários e, de lá para cá, pode verificar e concluir que, de fato, foi realizado um processo seletivo, passando por todas as fases, tendo sido homologado o resultado final no mês de março e, até o último dia 31, quarta-feira, foram publicados quatro editais de convocação. “As informações colhidas neste expediente e o resultado das pesquisas demonstram a adequação voluntária da conduta, e não trazem nenhum fato novo que configure lesão de repercussão social a autorizar de imediato a atuação deste Órgão Ministerial”, concluiu o Procurador.

Painel Ed.2654

Obras

Na quarta-feira, os operários trabalharam na estrada de acesso a vila de São Marcos, ao longo do dia. A passagem esteve interrompida no turno da manhã e tarde. O trabalho será retomado na segunda-feira.

Flagrante

O holofote localizado na Avenida Presidente Vargas, próximo a secretaria de Saúde está solto. Com o vento registrado na cidade na quarta-feira, ele oferecia perigo eminente aos pedestres.

Festival I

O músico uruguaianense Pirisca Grecco faturou o 8º Canto Farroupilha de Alegrete, interpretando a música “Arrocinador”, de Adriano Silva e Juliano Gomes. O festival encerrou neste domingo (04), no CTG Os Farroupilhas.

Festival II 
O evento começou na sexta-feira e teve como jurados Sérgio Carvalho, Beto Villaverde, Luiz Marenco, João de Almeida Neto e Leonel Gomez. Em oito edições, esta foi a segunda vez que Pirisca ganha o Canto Farroupilha. Valeu Piri!

Usina
A usina térmica a gás de Uruguaiana, AES Sul, negocia a imediata retomada das suas operações, desta vez para fornecer energia elétrica para a Argentina e não para o Brasil. O presidente da empresa, Ítalo Freitas, disse que negocia o abastecimento via dutos argentinos, que estão plugados na usina que fica do lado brasileiro do rio Uruguai. A energia gerada iria para o sistema interligado brasileiro, que possui conexão com o sistema elétrico argentino através da estação de conversão de Garabi. (Políbio Braga)

Homenagens
A Câmara Municipal de Uruguaiana realizou sessão solene integrando-se às comemorações da Semana da Pátria. O evento ocorreu na terça-feira, no Plenário da Câmara de Vereadores. No evento receberam homenagens oito personalidades de destaque no município.

Cidadãos
Na ocasião, Antônio Ceolin, indicado pelo vereador Ronnie Mello (PP); Elenita Maria Perlin Sartori, pela vereadora Josefina Soares (PP) e Lucas Flores da Silveira, pelo vereador Carlos Eduardo Espíndola Alves receberam o Título Honorífico de Cidadão de Uruguaiana.

Diplomas e medalhas
Os diplomas de Honra ao Mérito foram entregues a Construtora da Cunha, por indicação do vereador Fernando Tarragó (PSD) e a José Lander Paz Brites, por designação do vereador Egídio de Carvalho (Rede). A Medalha de Ouro (Grande Condecoração Municipal) foi concedida a Dandara Fidélis Escoto, por indicação do vereador Marcelo Lemos (PDT); a Eduardo Velo Pereira, por solicitação da vereadora Jussara Osório (Rede) e a Sérgio Paulo, por sugestão do vereador Adalberto Silva (PP).

Desfile
Apesar do desfile da Pátria ter sido cancelado no Interior pela Secretaria de Educação, as escolas Leda Maria, Alceu Wamosy e Dr. Maia, irão promover desfile. A comunidade escolar do Interior está mobilizada para homenagear a Pátria na sexta-feira.

Estradas 
Desde o último final de semana, a Polícia Rodoviária Federal não está multando motoristas que trafegam com os faróis dos veículos desligados, por força de decisão judicial. A Freeway (Porto Alegre/Osório) é a única onde a medida não vigora.

Concurso I
A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) divulgou três editais tornando público um total de 40 vagas para profissionais ingressarem na instituição. Para técnico-administrativos são oferecidas 10 vagas, já para docentes da carreira do magistério superior são 16 vagas. O processo seletivo simplificado para professor substituto estabelece 14 vagas. Os vencimentos básicos vão de R$ 2.294,81 a R$ 9.114,67.

Concurso II
As inscrições podem ser feitas até 04 de outubro. O valor da taxa é de R$ 180,00. A relação dos candidatos com a inscrição homologada deve ser divulgada no dia 14 de setembro. O concurso será realizado no período provável de 07 a 28 de novembro.