quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Ed. 2862 - Temporal causou estragos

Veja aqui a edição digital
  1. A reforma previdenciária de 2019
  2. Sinalização
  3. Integração
  4. Arte
  5. Cultura
  6. Passeio Acessível
  7. Outubro Rosa
  8. Alerta
  9. Prova Brasil
  10. Correção
  11. Solidariedade
  12. Diversidade
  13. Caminhada diferente
  14. Pronatec
  15. Bullying
  16. Funcionários decidem processar a Santa Casa
  17. Onyx visita Uruguaiana hoje
  18. Prudêncio deixa Planejamento provisoriamente
  19. Temporal que atingiu a cidade causou estragos em diversos pontos
  20. Assassino do namorado da ‘ex’ pega 18 anos
  21. Novas buscas terminam com resultado inconclusivo
  22. Moqueca Capixaba
  23. Cuca alemã de Missal
  24. Anitta reúne bailarinos cadeirante, paratleta, plus size, terceira idade e down para prêmio
  25. Mulher da atriz Carol Machado comemora ‘mesversário’ com foto da filha do casal
  26. Malhação
  27. Tempo de Amar
  28. Pega Pega
  29. O Outro Lado do Paraíso
  30. Fani Pacheco posa para grife plus size

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Ed. 2861 - Homem baleado no João Paulo II

Confira aqui a edição digital
  1. O orçamento de 2018 e o crime organizado
  2. Escola divertida
  3. Esporte
  4. Fies
  5. Turismo
  6. Seminário
  7. Capo
  8. Ciclo de Palestras
  9. Religião
  10. Seminário
  11. Rotary Day
  12. Workshop
  13. Receita e despesa para 2018 estão disponíveis para sugestões
  14. Convênio para empréstimo de maquinas é pleiteado junto ao Governo do Estado
  15. BRDE Municípios amplia captação de recursos para prefeituras
  16. Aprovado limite de cedência de servidores a entidades sindicais
  17. Vereadora propõe flexibilidade para desembarque à noite
  18. Saiba os horários e dias de coleta de lixo no seu bairro
  19. Congresso de Realidade Virtual acontecerá em Uruguaiana
  20. Prefeitura reforma posto de saúde no bairro Francisca Tarragó
  21. Justiça solta farmacêutico preso em flagrante
  22. Advogados gaúchos estão isentos de custas na execução de honorários
  23. OAB vai à Justiça contra cursos técnicos em serviços jurídicos
  24. App ‘Laudelina’ auxilia trabalhadoras domésticas
  25. Homem é baleado por adolescentes no João Paulo II
  26. Morte de bebê de quatro meses será apurada em Itaqui
  27. PF segue investigando furto de barco na Unipampa
  28. Brigada Militar e Uergs firmam parceria para pós-graduação em gestão
  29. Defrec prende mais um traficante no Prado
  30. A luta pela vida
  31. MEC lança Política Nacional de Formação de Professores
  32. Feira de ciências acontece nesse final de semana
  33. Hospital Universitário Veterinário retoma atividades
  34. Instituto Farroupilha abre inscrições para cursos técnicos subsequentes
  35. Teatro é opção para toda família neste final de semana em Uruguaiana
  36. No Brasil, John Mayer fala sobre Ed Sheeran, Jay-Z, maconha e Katy Perry
  37. Divulgada programação dos três dias de festival
  38. Saiba como cuidar de rosas
  39. Biel volta ao Brasil após seis meses nos EUA e paga promessa
  40. Gretchen Chega ao Brasil para uma série de shows: ‘Se não for para causar, nem venho’
  41. Malhação
  42. Tempo de Amar
  43. Pega Pega
  44. O Outro Lado do Paraíso
  45. Graciele mostra Zezé em casa, cuidando dos cães, após internação

Homem baleado no João Paulo II

Um homem de 24 anos foi baleado na noite de ontem, 17/10, por volta de 20h, no João Paulo Segundo. Ele foi atingido no abdômen e está hospitalizado.
Os autores seriam dois adolescentes. A Polícia Civil trabalha com a possibilidade de haver ligação com outra tentativa de homicídio, ocorrida no final do mês passado, cuja apreensão dos suspeitos foi solicitada ao Poder Judiciário, mas ainda não foram apreciadas pelo Juizado Regional da Infância e da Juventude.
Informações completas na edição de amanhã.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Ed. 2860 - Farmácia interditada farmacêutico preso

Confira aqui a edição digital
  1. Liberdade, abra as asas sobre nós!
  2. Passeio Acessível
  3. Ação entre amigos
  4. Prova Brasil
  5. Aniversário I
  6. Simpósio
  7. Aniversário II
  8. Integração
  9. Enem
  10. Diversidade
  11. Pronatec
  12. Paradesportos
  13. Educação
  14. Clemente quer a vinda da Delegacia Regional de Polícia Civil para Uruguaiana
  15. Semed divulga datas de inscrições, matrículas e rematrícula para 2018
  16. Farmácia é interditada e farmacêutico preso
  17. Defrec prende três bandidos com extensa ficha
  18. I Encontro Técnico sobre Leishmaniose acontecerá em Uruguaiana
  19. Bombinhas – refúgio para moradores do Sul
  20. Rogéria ganha homenagem no último capítulo de ‘A força do querer’
  21. Malhação
  22. Tempo de Amar
  23. Pega Pega
  24. O Outro Lado do Paraíso
  25. Tom Viega, o Louro José, aparece com 12 quilos a menos em férias nos EUA
  26. Namorado de Grazi Massafera não gosta de cenas quentes da atriz

Bebê de quatro meses morre na Santa Casa

Um bebê de quatro meses morreu na noite de domingo, por volta de 22h, no Hospital Santa Casa de Caridade, após dar entrada no Pronto Socorro Municipal.
Nesta segunda-feira, 16/10, o corpo da menina S.M.S.S. passou por necropsia. Embora não tenha comentado o resultado do exame, o delegado Enio Tassi, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) solicitou a realização de uma perícia em Alegrete a fim de averiguar a causa da morte da menina, que antes daquele dia, não apresentada sinais de estar doente.
Gabriela Barcellos

Lei Kandir: Lideranças defendem compensação na dívida com a União

Ontem, 16/10, uma audiência pública na Assembleia Legislativa tratou sobre a regulamentação das perdas da Lei Kandir. O evento foi realizado pela Comissão Mista Especial sobre a Kandir, composta por representantes do Senado e da Câmara Federal.
A Comissão Mista foi criada para avaliar propostas de compensação das perdas tributárias sofridas pelos estados exportadores, em decorrência da desoneração de produtos primários e semielaborados, determinada em 1996 pelo então governo Fernando Henrique Cardoso. Conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que acatou Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão, movida pelo estado do Pará, a qual o governo gaúcho se somou em 2014, durante a administração Tarso Genro (PT), a Câmara Federal tem prazo até novembro para regulamentar a matéria. Caso não cumpra a determinação, a tarefa será repassada ao Tribunal de Contas da União (TCU). “Sem a compensação das perdas da Lei Kandir, o governo federal só colocará na mesa de negociação obrigações para os Estados, ignorando os créditos a que estes têm direito”, alerta o presidente do AL, deputado Edgar Pretto (PP). Conforme ele, no caso do Rio Grande do Sul o prejuízo é estimado em R$ 43 bilhões. “Em 1998, a nossa dívida com a União era de R$ 9 bilhões. De lá para cá, pagamos R$ 25 bilhões e devemos ainda R$ 57 bilhões”, destaca.
Encontro de contas
No debate, o deputado Luiz Fernando Mainardi (PT) defendeu a unidade dos gaúchos em torno de um encontro de contas entre o governo do RS e a União. Segundo os cálculos disponíveis, a União deve algo em torno de R$ 50 bilhões para o Rio Grande do Sul em compensação pelas isenções das exportações. Esse dinheiro, segundo a proposta da bancada petista, deveria ser descontado da dívida do estado com a União, que chegam a R$ 55 bilhões. “Com essa medida, que infelizmente, o atual governo não coloca em pauta, seria possível uma gestão muito mais favorável da dívida e das finanças públicas. Precisamos acertar o passado para caminhar com mais tranquilidade para o futuro”, sustentou Mainardi.
O encontro de contas também foi defendido pelo ex-governador Pedro Simon (PMDB), criando constrangimentos para o governo Sartori, cujo secretário da Fazenda, Giovani Feltes, defendeu em sua manifestação que a proposta (do encontro de contas) não passava de “balela” e “poderia render votos, mas não resolveria o problema”. Simon, ao contrário, defendeu um amplo movimento de unidade do Rio Grande do Sul para que estas diferenças fossem zeradas e, posteriormente, os valores passassem a ser compensados imediatamente.
Gabriela Barcellos

Mulher agride filho de três anos

Uma mulher agrediu o filho de três anos de idade. O crime chegou a conhecimento da Polícia Civil depois que o pai da criança procurou o plantão da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), na tarde de quinta-feira, 12/10. A família vive no bairro Hípica II.
Na Delegacia a mulher, que se mostrava bastante transtornada, contou que agrediu o filho porque este queria lhe matar. De acordo com o relato do pai, esta não é a primeira vez que ela agride o filho, “sem motivos”. O menino foi encaminhado para exame de corpo de delito a fim de apurar a gravidade dos ferimentos deixados pela mãe.
A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e um inquérito policial foi instaurado pelo delegado Enio Tassi para apurar o crime. A criança foi retirada do convívio com a mãe e foi encaminhada ao Centro de Atenção à Criança e ao Adolescente (Cacau), na esquina das ruas Iris Valls e Santana.
Gabriela Barcellos

Deputado Gerson Burmann visita Uruguaiana

O deputado Gerson Burmann (PDT) esteve em Uruguaiana ontem, 16/10, quando cumpriu agenda com lideranças locais, acompanhado do presidente municipal do Partido Democrático Trabalhista, Marcelo Cardoso Lemos.
Além de estar com a direção local do Partido, Burmann visitou o Distrito Industrial, localizado às margens da BR-472, e no Berçário Industrial, no bairro Cabo Luiz Quevedo, almoçou com lideranças locais e ainda com o vereador Idelcio Pillar Rodrigues (PDT), da Barra do Quaraí.
Dívida
Em conversa com o Jornal CIDADE, o Deputado falou sobre a renegociação da dívida com a União, um dos assuntos do momento na Assembleia Legislativa gaúcha. Questionado quanto ao posicionamento do Partido, Burmann explicou que o projeto ainda não chegou ao Parlamento. “Estamos aguardando. Somente após estar em tramitação na casa é que vamos ter conhecimento sobre todo o conteúdo do projeto”, disse. No entanto, ele adiantou que há temas sobre os quais o PDT já tem posicionamento formado e que, se o projeto os incluir, não deverá ter o apoio da bandada do partido. “Se tratar de privatização, se tratar de abrir mão do direito de questionar judicialmente questões como os juros da dívida com a União ou a Lei Kandir, o PDT deverá se posicionar contrário”, disse.

Gabriela Barcellos

Exportações do agronegócio voltam a cair em setembro

Crédito: Divulgação
A Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) apontou nova queda nas exportações do agronegócio gaúcho. A informação está no tradicional Relatório do Comércio Exterior do Agronegócio do Rio Grande do Sul, mensalmente divulgado pela Assessoria Econômica da entidade. O resultado vem após um mês de agosto que indicou recuperação no setor.
Total das exportações
No mês de setembro de 2017, o Rio Grande do Sul exportou o valor de US$ 1,610 bilhão, queda de de 7,3% em relação ao mês anterior, sendo US$ 1,058 bilhão (65%) proveniente do agronegócio. O volume exportado pelo agronegócio chegou a 1,924 milhão de toneladas. O saldo da Balança Comercial do RS em setembro foi de US$ 779 milhões, enquanto o saldo da Balança Comercial dos produtos provenientes do agronegócio foi de US$ 995 milhões.
2017 x 2016
As exportações do agronegócio em setembro de 2017 atingiram a soma de US$ 1,058 bilhão, aumento de 26,7% em relação ao valor exportado em setembro de 2016, o que representa um aumento de US$ 223 milhões. O grupo Complexo Soja apresentou um aumento de 60% no valor exportado e 81% no volume exportado. O grupo Carnes, apesar o resultado negativo da Carne Suína, apresentou crescimento de 0,98% no valor exportado, devido aos bons desempenhos da Carne Bovina e Carne de Frango. O grupo Cereais apresentou crescimento de 53% no valor exportado, resultado direto do aumento das exportações de Arroz. O grupo Fumo e os seus Produtos também apresentou crescimento, com um aumento no valor exportado de 23%. Dentre os principais grupos, apenas o grupo Produtos Florestais apresentou queda, de 33,2%, no valor exportado.
Setembro x agosto
Na comparação dos meses de setembro de 2017 e agosto de 2017, observa-se uma queda de 9,2% no valor exportado e 8,85% no volume exportado. Isto representa uma queda de US$ 107 milhões. Ao verificarmos o desempenho dos grupos neste período, os destaques positivos ocorreram nos grupos Cereais e Fumo e seus Produtos, que apresentaram aumentos de, respectivamente, 78,9% e 5,3% nos seus valores exportados. Cabe destacar o resultado positivo das exportações de Carne Bovina e Arroz, que cresceram, respectivamente, 16,8% e 78,9%. Já os grupos Complexo Soja, Carnes e Produtos Florestais apresentaram quedas no seu valor exportado de, respectivamente, 16,3%, 2,1% e 24,5%.
Acumulado
No período em questão, o agronegócio gaúcho exportou US$ 8,742 bilhões, queda de 2% em relação ao mesmo período do ano de 2016, o que representa uma retração de US$ 175 milhões. Ainda assim, grupos importantes como o Complexo Soja e Carnes conseguiram aumentar os seus valores exportados em, respectivamente, 1,37% e 4,38%. Já os grupos Cereais, Fumo e seus Produtos e Produtos Florestais diminuíram os seus valores exportados em, respectivamente, 2,92%, 11% e 19,6%.
Importações
Em setembro de 2017, as importações do RS totalizaram US$ 830 milhões, sendo 7,5% (US$ 62,8 milhões) provenientes de produtos do agronegócio. Este valor representa uma queda nas importações de produtos do agronegócio de 34% em relação aos valores obtidos em setembro de 2016.
Parceiros comerciais
A China continua sendo o principal parceiro comercial do agronegócio gaúcho, destino de 45% do valor exportado (US$ 3,840 bilhões). Em segundo lugar aparece os Estados Unidos com US$ 338 milhões e 4% do market share. Em terceiro lugar temos a Rússia com US$ 295 milhões e 3,5% de participação. Sobre as importações, a Argentina mantém a primeira posição, com US$ 213 milhões e 36,9% de participação. Em seguida temos o Uruguai como fonte de 24% das importações relacionadas ao agronegócio no RS com US$ 138 milhões. Em terceiro lugar aparece o Chile com US$ 51,4 milhões e 8,9% de participação.
Gabriela Barcellos

Menores: Apreensão de envolvidos em tentativa de homicídio aguarda apreciação

Segue sem apreciação o pedido de apreensão de três adolescentes envolvidos em uma tentativa de homicídio ocorrida no mês de setembro, na Rua Duque de Caxias. Os menores são considerados perigosos e suas apreensões foram sugeridas pelo delegado Enio Tassi, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), e solicitadas pelo Ministério Público, representado pelo promotor Eduardo Bodanezi Lorenzi.
Dos três adolescentes, um já fora apreendido por roubo na cidade de Alegrete, e os outros dois foram indiciados por outros crimes, ocasião em que o Delegado também sugeriu que fossem apreendidos. O Jornal CIDADE apurou ainda que, após o crime cometido no final do mês passado, há informações de que os menores continuam sua vida delituosa e vêm ameaçando desafetos.
As representações foram feitas um dia após o crime, 29/9, e desde o último dia seis tramitam no Juizado Regional da Infância e Juventude, aguardando decisão do juiz André Luiz Ferreira Coelho. Até o fechamento desta edição, ainda não havia posicionamento do Judiciário.
Gabriela Barcellos

Vereador quer acabar com inaugurações eleitoreiras

Crédito: Gabriela Barcellos/JC
Já é comum. Em ano eleitoral há sempre a inauguração de novas obras, em benefício da população. Nem sempre, porém, tais obras estão concluídas e em condições de ser utilizadas pela comunidade e a entrega aos munícipes acaba sendo apenas politicagem. Para acabar com isso o vereador Carlos Alberto Delgado de David (PP) protocolou ontem, 16/10, um projeto de lei que visa proibir “a inauguração e/ou entrega de obras públicas inacabadas ou que não estejam em condições de atender aos fins a que se destinam”.
O projeto veda a realização de solenidade, cerimônia ou qualquer tipo de ato para inauguração de obras públicas incompletas ou que não possam entrar em funcionamento imediato. E considera como obra pública toda construção reforma, fabricação, recuperação ou ampliação, realizada pelo Poder Público Municipal. Ainda de acordo com o projeto, incompletas são aquelas que não estão aptas a entrarem em funcionamento por não preencherem todas as exigências do Código de Obras e Edificações, do Código de Posturas do Município e a Lei de Ocupação do Solo ou por falta de emissão das autorizações, licenças ou alvarás dos órgãos da União, Estado ou do Município; e obras públicas que não atendam ao fim a que se destina são aquelas que, embora completas, exista algum fator que impeça a sua entrega e o seu uso pela população por falta de servidores profissionais da respectiva área, de materiais de expediente e de equipamentos afins ou situações similares.
Delgado explica que a proposta objetiva inibir a ação de agentes políticos que fazem uso de estratégias eleitoreiras que visam apenas à promoção pessoal, sem preocupar-se com o real atendimento das inúmeras necessidades da população. “Além de imoral, tal prática é uma afronta ao cidadão usuário de serviço público, e vai de encontro as expectativas das comunidades, um ato de desonestidade e ineficiência de serviços prestados”, diz ele. Além disso, até o momento não há lei visando regulamentação para inaugurações de obras públicas no âmbito do município de Uruguaiana.
Gabriela Barcellos

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Ed. 2859 - Mãe agride filho de três anos

Confira aqui a edição digital
  1. Um país engessado por boas intenções
  2. Exame toxicológico
  3. Exposição
  4. Cultura
  5. Concurso
  6. Selvagens
  7. Capo
  8. Cavalgada
  9. Conferência
  10. Bingo
  11. Sesc
  12. Festa
  13. Mini Seminário
  14. Executivo fechou quadrimestre com superávit de R$ 15 milhões
  15. Reunião debate integração e desenvolvimento na tríplice fronteira
  16. Membro da Câmara de Free Shops se reúne com Executivo
  17. 2ª inter-regional reúne cerca de duas mil pessoas em Uruguaiana
  18. Semed convoca professores aprovados em concurso
  19. Programa “Vida” é lançado em Uruguaiana
  20. Uruguaianense conquista o Freio do Proprietário
  21. Rédeas de Ouro apresenta campeões do ciclo 2017
  22. Defrec captura foragida do Paraná
  23. BM participa de seminário internacional sobre estratégias para a segurança
  24. DPPA está sob novo comando
  25. Arma
  26. Lancheria
  27. Abigeato
  28. Menor
  29. Assalto
  30. Lesão
  31. Roubo de veículo
  32. Acidente
  33. Definidas três equipes para próxima fase
  34. Quatro jogos marcam a rodada do Máster Cinquenta e Cinco
  35. Celemaster é vice da 25ª Taça Brasil
  36. AEU tem melhor campanha do returno na Série Prata 2017
  37. Uruguaiana perde para o Rosário em casa
  38. Nove mitos e verdades sobre o câncer de mama
  39. Namorada de Gregório Duvivier exibe barrigão
  40. Malhação
  41. Tempo de Amar
  42. Pega Pega
  43. A Força do Querer
  44. Marquezine, Tatá e Marina posam juntas em bastidores
  45. Fernanda Lima responde seguidora após crítica sobre mudança para os EUA

Cafetina é presa na porta do Cabaré

Respondendo a processo por favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente, Ana Carolina Gemelli foi acusada de coagir a vítima.

Uma conhecida agenciadora de garotas de programa foi presa no final da noite de quarta-feira, 11/10, no Ferro Carril, durante o show Cabaré. Ana Carolina Gemelli Pereira, de 27 anos, foi detida ainda na portaria, por equipes do setor de inteligência e do Pelotão de Operações Especiais (POE) da Brigada Militar.
A prisão de Ana é preventiva e foi decretada pela juíza Cristiana Acosta Machado, da 2ª Vara Criminal, após a audiência de instrução de processo que apura o agenciamento de uma menor para programas sexuais, no qual ela é ré. O Jornal CIDADE apurou que o pedido foi feito pelo promotor Vitassir Edgar Ferrareze, e que Ana é acusada de coagir a vítima.

Favorecimento da prostituição
A investigação, realizada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) sob o comando do delegado Enio Tassi, teve início após a prisão em flagrante de Angelo Augusto Matos Guimarães, de 37 anos, efetuada por policiais da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec). Guimaraes foi preso em um dos quartos do Hotel Roll Inn, na Rua Flores da Cunha, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão deferido pelo juiz da 1ª Vara Criminal, Guilherme Machado da Silva, a partir de uma investigação de tráfico de drogas, também coordenada por Tassi, na qual também surgiram indícios de crimes sexuais. Ele foi autuado por favorecimento da prostituição e posse de drogas.
No quarto os policiais encontraram uma adolescente de 17anos. No mesmo dia ela contou em depoimento que trabalha como garota de programa e que pelo ‘serviço’, receberia R$ 2 mil. Foi ela mesma quem apontou Ana Carolina como sua agenciadora, dando detalhes do esquema, e contando ainda que tinha medo da cafetina. Posteriormente, ela mudou a versão. No entanto, indícios encontrados no telefone celular de Angelo, aprendido pela polícia corroboraram o primeiro depoimento. Ana Carolina Gemelli foi indiciada por Tassi por favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável, previsto no Artigo 218-B do Código Penal.
Processo
Além de Gemelli e de Guimarães, outras seis pessoas respondem pelo crime de favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável no processo.
A próxima audiência, que deverá encerrar a fase de instrução, está marcada para a semana que vem.
Gabriela Barcellos

Presidência da Câmara: Conselheiro pede vistas e contas de Ronnie não são julgadas

Mais uma vez, as contas de gestão do prefeito Ronnie Mello (PP), referentes ao exercício de 2014, quando ele ainda era vereador e presidira o Poder Legislativo não foram julgadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Depois de ter o julgamento adiado por quatro vezes, o processo estava na pauta de quarta-feira, 11/10, e finalmente a apreciação chegou a ter início. No entanto, após a leitura do voto da relatora, desembargadora Daniela Zago Gonçalves da Cunda, o conselheiro Pedro Henrique Poli de Figueiredo pediu vistas, encerrando a discussão e protelando mais uma vez o julgamento.
As contas de Ronnie estão em análise desde o ano passado. Inicialmente, sofreu uma suspensão. Depois que a tramitação foi recomeçada, recebeu parecer desfavorável do Ministério Público de Contas, que apontou irregularidades como o não cumprimento
No parecer, o órgão ministerial aponta irregularidades, como o não cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), falhas nos reajustes concedidos a vereadores e servidores e não cumprimento da Lei da Transparência. Depois, o processo seguiu o rito até chegar ao pleno e, desde então vem sendo incluído e retirado da pauta de julgamento pouco antes das sessões.
Em seu voto, a relatora propôs a fixação de débito no valor de R$ 1.345,00 para Ronnie, mais uma multa de R$ 1 mil. Ainda assim, ela foi favorável a regularidade das contas, porém, com ressalvas. Já quanto às contas do vice-presidente à época, Irani Fernandes, a relatora opinou pela regularidade.
Gabriela Barcellos

Caixa Federal aprova medida de prorrogação para custeios do arroz

A Caixa Econômica Federal, em resposta a um ofício da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) salientando as dificuldades de comercialização que os produtores passam, acatou o pedido de prorrogação dos custeios do arroz. A partir de agora os arrozeiros que tiveram seus créditos pela instituição financeira vencidos ou a vencer podem pagar em novembro de 2017, janeiro e fevereiro de 2018.
O vice-presidente da Federarroz, Alexandre Velho, alerta que esta solicitação tem que ser protocolada por parte dos produtores, pois a medida não é automática e o produtor que tiver interesse deve procurar sua agência para informar a adesão à prorrogação. “A Caixa foi sensível ao momento delicado de mercado que passam os orizicultores gaúchos acatando o pedido da Federarroz prorrogando os custeios para estas datas”, observa.
A mesma medida já havia sido adotada pelo Banco do Brasil durante o mês de setembro, onde os produtores têm prazo para adesão até o dia 20 de outubro e poderão optar por fazer o valor de pagamento dividido em três vezes, sendo pagos em novembro, em janeiro e em fevereiro, ou poderão optar por fazer uma operação de Financiamento para Estocagem de Produtos Agropecuários (FEPM) com a garantia de colocar o vencimento para 180 dias.
Nestor Tipa Júnior

PRF recupera Hilux roubada no Paraná carregada de contrabando

A Polícia Rodoviária Federal recuperou, na manhã de quarta-feira, 11/10, uma caminhoneta Toyota Hilux, roubada na cidade de Castro (PR). A abordagem, de rotina, ocorreu a cerca de 70 Km de Uruguaiana, no KM 653 da Rodovia BR-290.
Ao fiscalizar o veículo os policiais constataram tratar-se de veículo clonado, com placas de um modelo semelhante emplacado na cidade de Ponta Grossa (PR) e, ao verificar o número do chassi constataram que estava em situação de roubo. Em contato com familiares do dono da caminhonete roubada e apurou que eles teriam sido vítimas de sequestro relâmpago ocorrido no Paraná há dois meses.
O veículo teve os bancos traseiros retirados e também não possui os forros das portas, indicando que era preparada para carregar grandes quantidades de material ilícito. Dentro da picape os policiais encontraram um rádio comunicador sem documentação, comumente utilizado para alertar sobre a presença da polícia, e na caçamba estavam sendo transportados nove mil mídias virgens entre CDs e DVDs de origem estrangeira, sem nota fiscal.
O condutor, um homem de 48 anos natural de São Martinho da Serra, estava com a Carteira Nacional de Habilitação cassada por ordem judicial. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal e responderá por receptação qualificada, descaminho e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.
Gabriela Barcellos

Vereador quer derrubar obrigatoriedade de ligação do esgoto cloacal

A comunidade poderá ser desobrigada a fazer a ligação do esgoto cloacal. O projeto é de autoria do vereador Vilson ‘Cabrito’ Brites (PMDB) e visa revogar a Lei 2 456/1994, que determina a ligação.
De acordo com o Parlamentar, a legislação vigente se referente expressamente a Companhia Rio-Grandense de Saneamento (Corsan), que à época detinha a concessão do serviço. “A empresa nem está mais aqui, e a Lei, equivocadamente, é usada pela atual concessionária do serviço de água e esgotamento sanitário, BRK Ambiental, para as ligações. O contrato de Prestação de Serviço deve ser observado”, argumentou o Vereador.
O projeto foi protocolado na última segunda-feira, 9/10, encaminhado para análise das comissões técnicas e atualmente está tramitando na Comissão de Constituição, Justiça e Redação. Após a análise técnica a matéria será votada em plenário, e se aprovada e sancionada, entra em vigor na data de sua publicação com seus efeitos retroagindo ao dia 1º de janeiro de 2017.
Gabriela Barcellos

Falta de renda reflete na intenção de plantio do arroz

Federarroz prevê redução de produtividade devido à baixa capacidade de investimento nas lavouras pela descapitalização do setor

Crédito: Fagner Almeida
Os primeiros números divulgados nesta terça-feira, 10 de outubro, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a safra 2017/2018 apresentam indícios de redução de área na cultura do arroz em todas as regiões do país. A constatação é do presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles, que compara a situação brasileira com a do Paraguai que, segundo ele, segue aumentando a sua área.
Dornelles afirma que também existe a expectativa de diminuição da produtividade devido à previsão de condições climáticas não favoráveis e à descapitalização dos produtores. “Isso demonstra que o cultivo de arroz no Brasil não está sendo rentável. E com a forte queda dos preços em plena entressafra, a redução de área poderá ser ainda maior, isto porque em regiões onde é fácil a troca por outra cultura mais rentável, poderá ocorrer maior migração”, observa.
De acordo com o estudo da Conab, a área de arroz no Brasil deve diminuir entre 1,3% e 0,3%, ficando a produção em torno de 11,75 milhões de toneladas e 11,85 milhões de toneladas, o que representa entre 4,7% e 3,8% em relação à safra passada. Para o Rio Grande do Sul, a previsão é que a área cultivada com o cereal se mantenha em 1,100 mil hectares, e para a produção a expectativa é de uma queda de 3,6%, ficando em 8,4 milhões de toneladas. A produtividade também deverá registrar queda de 3,6%.
Ele diz ainda que no caso do Estado gaúcho, o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) já apurou área de arroz inferior à considerada pela Conab. Dornelles avalia que, como os prognósticos não são favoráveis para o ano que vem, tudo indica que mesmo com a relativa redução de área não há expectativa de melhores preços para o próximo ano comercial, indicando que haverá uma forte queda de renda ao produtor para o período 2017/2018.
Com informações da Agroeffective.

Veículo de Uruguaiana transportava peixes de pesca proibida

A Polícia Rodoviária Federal, com apoio da Patrulha Ambiental da Brigada Militar, flagrou uma caminhonete que estava transportando peixes de pesca cuja pesca é proibida. A apreensão ocorreu na BR 285, em Passo Fundo, durante uma fiscalização de rotina, na frente da unidade operacional da PRF. A carga teria partido de Uruguaiana.
A caminhonete Dodge Dakota, com placas de Uruguaiana era conduzida por um homem de 58 anos e estava carregada com 11 espécimes de dourado e um de surubim, peixes que estão em risco de extinção e cuja pesca é proibida. Havia ainda três exemplares de piava, cuja pesca também está proibida por ser período de piracema, época em que os peixes se reproduzem.
Os animais estavam no compartimento de carga do veículo. A carga estava sendo transportada sem refrigeração, acondicionada em bolsas de estopa e, segundo o motorista, teriam como destino um restaurante na cidade de Tapejara.
A carga foi apreendida e a ocorrência registrada pela Patrulha Ambiental da Brigada Militar. O motorista foi liberado após assinar termo de compromisso para comparecer à Justiça, onde responderá por crime ambiental. Os peixes foram levados para análise das condições sanitárias e serão destinados a entidades assistenciais ou incinerados, dependendo do laudo que atestará as condições para consumo humano.
Gabriela Barcellos

Finanças e Orçamento: Comissão debaterá alteração no Paas em extraordinária

A alteração visa reativar o Programa e assim minimizar o número de demandas judiciais por medidas administrativas, além de quitaras parcelas em atraso.

A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara de Vereadores realizará uma reunião extraordinária para debater os servidores públicos municipais o projeto de lei que busca autorização para alterar o Programa de Auxílio à Alimentação ao Servidor Público Municipal (PAAS), a fim de reativar o programa, criado em 2014 pelo então prefeito Luiz Augusto Schneider (PSDB). O debate está marcado para segunda-feira, 16/10, às às 19h, no plenário do Palácio Borges de Medeiros.
O PAAS possibilitou ao servidor optante deste programa o uso da quantia de R$ 120 para a aquisição de gêneros alimentícios mediante uso de cartão eletrônico e o projeto em tramitação visa alterar a Lei 4 307/2014, que instituiu o Programa, no que tange a sua operacionalização. Isso porque atualmente a Lei determina que a operacionalização seja feita por meio de cartão eletrônico, mas é omissa em relação a operacionalização do programa na hipótese de interrupção/suspensão do contrato com a administradora dos cartões, o que ocorreu apenas quatro meses após o início do programa, por conta das dificuldades financeiras do município.
De acordo com o Executivo, com a interrupção do programa um grande número de demandas judiciais surgiu, e motivou a atual administração a alterar a legislação para ter uma forma de pagar o benefício, reativando o programa e assim minimizar o número de demandas judiciais por medidas administrativas. A intenção é pagar o benefício mensalmente mediante inclusão em folha de pagamento, e quitar, dentro das possibilidades do município, as parcelas em atraso de cada servidor optante.
A proposta é alterar o art. 9º, determinando que em caso de a operacionalização do PAAS não puder ou deixe de ocorrer mediante o sistema de cartão eletrônico, o Executivo, através da secretaria de Administração, fica autorizado a efetivar o Programa mediante inclusão em folha de pagamento dos servidores optantes. O pagamento administrativo, em folha, das parcelas em atraso do PAAS, em valor equivalente a uma parcela vencida por mês, até o limite de parcelas não pagas a cada servidor optante, fica autorizada. E o pagamento parcelado previsto no parágrafo segundo da lei (que não sofre alteração), fica condicionado a requerimento do servidor, com renúncia expressa ao direito de ação de cobrança de tais parcelas e eventuais diferenças, bem como de créditos próprios em eventual ação judicial em trâmite.
Além disso, os valores das parcelas serão corrigidos monetariamente pelo IGPM-FGV, sendo o valor total da correção adimplido juntamente com a última parcela devida a cada servidor optante que aderir ao parcelamento administrativo.
A reunião é aberta ao público e os presentes poderão manifestarem-se.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Ed. 2858 - Cafetina presa no Cabaré

Veja aqui a edição digital
  1. Prováveis impactos da reforma política nas eleições de 2018
  2. Integração
  3. Diversidade
  4. Congresso
  5. Princesas
  6. Aapecan
  7. Capo
  8. Agenda
  9. CineSesc
  10. Brechó solidário
  11. Basquete
  12. Futsal
  13. Jantar baile
  14. Feira
  15. Artesanato
  16. Crianças
  17. Passeio da Acessibilidade
  18. Simpósio
  19. Comissão debaterá alteração no Paas em extraordinária
  20. Vereador quer derrubar obrigatoriedade de ligação do esgoto cloacal
  21. Conselheiro pede vistas e contas de Ronnie não são julgadas
  22. Suspensas as ações de prevenção do Outubro Rosa
  23. Cerca de oito mil pessoas homenageiam
  24. Nossa Senhora Aparecida
  25. Uruguaiana recebe dois profissionais do programa “Mais Médicos”
  26. Falta de renda reflete na intenção de plantio do arroz
  27. Caixa Federal aprova medida de prorrogação para custeios do arroz
  28. Cafetina é presa na porta do Cabaré
  29. PRF recupera Hilux roubada no Paraná carregada de contrabando
  30. Veículo de Uruguaiana transportava peixes de pesca proibida
  31. PRF apreende agrotóxicos em Uruguaiana
  32. Cursos da Unipampa promovem
  33. Feira de Ciências Universidade-Comunidade
  34. Professoras do Campus Uruguaiana são contemplados com programa da Fapergs
  35. MEC divulga dez dicas para ter um bom rendimento na prova
  36. AEU decide vaga na semi contra Lagoa Futsal em casa
  37. Uruguaianense vai lutar em
  38. Pelotas mês que vem
  39. Becha é convocada para a Seleção Argentina
  40. Perguntas
  41. A nova psicologia do sucesso: como a atitude mental influencia toda sua vida
  42. Após recaída, Neymar e Bruna Marquezine postam a mesma música
  43. Ticiane Pinheiro mostra férias com César Tralli em Portugal
  44. Malhação
  45. Tempo de Amar
  46. Pega Pega
  47. A Força do Querer
  48. Juliana Alves posta primeira foto do rostinho da filha

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Ed. 2857 - ANTT investiga abandono da ferrovia

Aqui a edição digital...
  1. Caso do MAM espelha duas morais
  2. Diversidade
  3. Diversão
  4. Simpósio
  5. Outubro Rosa
  6. Biblioteca
  7. CineSesc
  8. Capoeira
  9. Dia das Crianças
  10. Integração
  11. Comemorações
  12. Vestibular
  13. Homenagem
  14. ANTT instaura processo administrativo contra Rumo ALL
  15. TRE reforma sentença e aprova contas de campanha de Eric Lins
  16. Aberto prazo para reopção, reingresso, transferência e ingresso de diplomados
  17. Uruguaiana registra seis prisões em flagrante em menos de 24 horas
  18. Acidente deixou cinco feridos
  19. 10ª CRE promove Festival Regional de Bandas
  20. Penne ao molho pesto
  21. Pavê de morango
  22. Ex-BBB Renatinha mostra a barriguinha de cinco meses da primeira gravidez
  23. Anitta grava clipe com Dj Alesso na floresta amazônica
  24. Malhação
  25. Tempo de Amar
  26. Pega Pega
  27. A Força do Querer
  28. Ex-BBB Gyselle Soares lança clipe de funk com sotaque francês

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Ed. 2856 - Homicida condenado a 15 anos

Leia aqui a edição digital
  1. O Brasil sa(n)grado
  2. Cursos gratuitos
  3. Mês do Idoso
  4. Visita
  5. Celebração
  6. Enem PPL
  7. Olimpíada
  8. Aniversário
  9. Inclusão
  10. Horário
  11. de verão
  12. Reunião
  13. Que moral
  14. Das trevas
  15. Queer
  16. Humor
  17. Procon de Uruguaiana divulga dicas para os consumidores
  18. Lideranças começam a debater plano turístico integrado
  19. Pedido de reunião com a BRK Ambiental é retirado
  20. BRK Ambiental realiza troca de hidrômetros
  21. Trio vai a júri por homicídio ocorrido na Presidente Vargas
  22. Jovem que matou professora na XV volta à cadeia
  23. Pucón – um pequeno refúgio chileno
  24. Paolla Oliveira vara a madrugada para gravar cena tensa
  25. Malhação
  26. Tempo de Amar
  27. Pega Pega
  28. A Força do Querer Estilista de Bruna Marquezine rebate críticas a look da atriz em casamento

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Ed. 2855 - Jonfa fica em 3º lugar no Jergs

Confira aqui a edição digital
  1. Temer não pode mais mexer na economia. Ainda bem
  2. Enem
  3. Biblioteca
  4. Procissão
  5. Jantar
  6. Dia da Criança
  7. Saúde
  8. Aapecan
  9. Casamento
  10. Aniversário
  11. Brechó
  12. Jantar baile
  13. Capo
  14. Legislativo vota hoje criação do Programa Primeiro Emprego
  15. Comissão apura assistência a pacientes com Lúpus
  16. Vereador quer reunião com direção da BRK
  17. 6ª Coordenadoria de Defesa Civil desenvolve ações
  18. Prefeitura e Coopercam firmam convênio
  19. Ruas do bairro Tabajara Brites vão receber manutenção
  20. ABCCC anuncia mudanças no regulamento para cinco modalidades
  21. Soja poderá ter nova safra recorde
  22. Homicídio de Patrícia completa um ano sem corpo
  23. Escola de Uruguaiana fica
  24. em 3º lugar na fase estadual dos Jergs
  25. Definidas as quatro equipes do quadrangular final
  26. Máster Cinquenta e Cinco
  27. 13ª edição da Rústica do
  28. Dia da Criança foi realizada no domingo
  29. Uruguaianense empata fora e decide vaga na semi no próximo sábado
  30. Água com limão os benefícios de beber diariamente
  31. Mariana Xavier é chamada de ‘baleia’ em foto de lingerie e rebate
  32. Malhação
  33. Tempo de Amar
  34. Pega Pega
  35. A Força do Querer
  36. Marina Ruy Barbosa se casa com Xandinho Negrão em Campinas Larissa Manoela capricha em fantasia para festa

sábado, 7 de outubro de 2017

‘Ex’ preso por descumprir medida protetiva

Sob coordenação da delegada Caroline Huber, a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) prendeu na manhã de ontem, 6/40, J.M.G.F.
O homem responde a inquérito policial por violência doméstica e sua ex-companheira, M.I.G.M. possui medidas protetivas contra ele. No entanto, o rapaz vem descumprindo a decisão judicial que determinava a proibição de aproximar-se de ex, que está grávida de sete meses. A prisão é preventiva e foi decretada após representação da Delegada.
Gabriela Barcellos

Vereadores manifestam repúdio a livro “Queermuseu”

A Câmara Municipal solicitará a retirada do livro “Quermuseu” - cartografias da diferença na arte brasileira, do acervo da Biblioteca Pública Municipal e que seja devolvido ao remetente, Santander Cultural, junto a Moção de Repúdio. A proposição é de autoria do vereador Eric Lins (DEM), subscrita pelos demais vereadores da Casa.
“O Brasil enfrenta uma “Crise Moral’ no que se refere a manifestações ditas culturais de gosto e interpretações duvidosas, que em alguns casos, afrontam religiões, colocam em risco menores de idade, quando as expõe a ambientes onde se caracterizam a pedofilia e a zoofilia e a outras situações que se não constrangem, faz com que as crianças estejam a merce de ideologias que além de distorcidamente permissivas, são potencialmente nocivas para a formação de caráter”, salientou Eric Lins.
A Moção ao Santander Cultural considera a obra de mau gosto, com conteúdos que passam pelo grotesco, pela lascívia distorcida e pela desnecessidade, além da falta de talento camuflada e eclipsada pela pretensa tentativa de “chocar a sociedade”. O parlamentar destacou na obra temas como canibalismo e apologia à pedofilia, sendo indigna de ser oferecida na Biblioteca Municipal, corrompendo deliberadamente, e com o uso de bens públicos (infraestrutura e recursos humanos), a cultura e a moral de estudantes e adultos.
“Mesmo com muito esforço, não podemos encontrar uma mísera migalha de virtude na obra. Em casa tudo bem, mas no espaço da biblioteca não agrega e não constrói. Entendemos imoral e inadequado”, declara Eric. Ao Poder Executivo também será solicitada uma análise das demais obras para que aquelas com conteúdo similar sejam retiradas por atentarem contra a moralidade.
Luana Raddatz

Edição 2854 Plantão

Assalto I
Um empório localizado nas proximidades da escola Elisa Ferrari Valls foi assaltado. Um homem, armado com um revólver, rendeu o proprietário e roubou dois telefones celulares e o dinheiro do caixa. Ele fugiu em direção ao bairro Ipiranga.

Assalto II
Uma mulher foi assaltada na Rua Antônio Monteiro, próximo à escola João Fagundes, bairro São Miguel. Ela contou à polícia que foi abordada por três homens, cada um armado com uma faca. Sob ameaças, mandaram que ela entregasse a eles sua bicicleta, recém adquirida. Os três fugiram do local rapidamente.

Lesão corporal
Um rapaz de 25 anos procurou a polícia para registrar uma agressão. Ele contou que estava no local conhecido como Beco Coca Cola, nas proximidades da BR-472, quando foi agredido com socos no rosto e cabeça e chutes nas pernas. O rapaz indicou o agressor, mas disse desconhecer os motivos.

Maria da Penha
Uma mulher procurou a polícia depois de ser ameaçada e expulsa de casa – juntamente com os três filhos – pelo companheiro. Ela disse que não possui para onde ir e que o homem ameaçou agredi-la e ‘quebrar tudo de dentro de casa’. Foram solicitadas medidas protetivas.

Estelionato
Uma mulher procurou a polícia depois que soube que uma financeira localizada na Rua Domingos de Almeida teria feito um refinanciamento em seu nome. O fato foi registrado como estelionato e será apurado pela 1ª Delegacia de Polícia.

Federarroz avalia que estudo da Conab sobre arroz foi superficial

Na análise da entidade, diversas situações que complicam os custos aos produtores foram ignoradas nos levantamentos
Crédito: Fagner Almeida
O estudo divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sobre a evolução dos custos de produção e rentabilidade do arroz irrigado gaúcho nos anos-safra 2006/2007 a 2016/2017 trouxe dados que da forma como foram expostos não condizem com a realidade da produção no Estado e do setor arrozeiro na atual conjuntura. A avaliação é do presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Henrique Dornelles. Conforme o dirigente, os problemas estão também na contextualização em relação ao mercado mundial.
O presidente da Federarroz salienta que o trabalho desconsidera a premissa do título que seria a de refletir a situação do Rio Grande do Sul, que produz mais de 70% do grão no país. Dornelles lembra que, enquanto o estudo aponta uma produtividade em torno de 6 mil quilos por hectare para o país no comparativo mundial, o Rio Grande do Sul produziu 7,7 mil quilos por hectare na última safra, sendo que os gaúchos, em mais de um milhão de hectares, possuem a sexta maior produtividade do mundo, enquanto os demais competidores, excetuando-se os Estados Unidos, possuem área inferior à do Estado brasileiro. “Enquanto o trabalho é sobre o arroz irrigado no Rio Grande do Sul, a Conab não expressa a elevadíssima eficiência gaúcha”, ressalta.
Dornelles avalia também que o estudo não traz nenhum comentário sobre o aumento da energia elétrica, um dos principais vilões do custo de produção do arroz, que nos últimos três anos subiu mais de 100%. Na avaliação de rentabilidade, o presidente da Federarroz reforça que foi feita uma média aritmética simples do preço no ano e não considerou média ponderada conforme o comportamento de oferta dos produtores. Além disso, o trabalho não considera o custo do arrendamento ou mesmo de oportunidade da terra, que na análise do dirigente, fazem toda a diferença entre estar positivo e negativo na atividade. Sob esse aspecto, facilmente se verifica, segundo dados, que em poucos anos houve renda na atividade.
Conforme o dirigente, necessariamente a Conab deveria fazer uma ressalva aos gestores que formulam as políticas públicas em função de que o arroz irrigado do Rio Grande do Sul possui altíssimo desembolso e custos fixos que exigem do produtor um regime de caixa extremamente profissional e disciplinado, o que foge muitas vezes das características dos produtores rurais. Além disso, poderiam argumentar que a grande volatilidade dos preços, inerentes da fluência dos demais países do Mercosul, com custos de produção mais baixos, tornam a atividade de alto risco. “Todas estas questões negativas que depreciam o setor e que jogam o produtor em situações delicadas foram ignoradas. Ratificamos que o trabalho foi superficial, tende a não valorizar as qualidades da produção do arroz irrigado do Rio Grande do Sul e não menciona dificuldades fora da porteira e que influenciam diretamente na rentabilidade do arrozeiro”, observa.
Entretanto, Dornelles reconhece que a pesquisa da Conab trouxe pontos positivos, como a reiteração da Federarroz em relação às operações de máquinas e implementos agrícolas, que possuem uma relevância nos custos de produção do arroz, não poderem ser comparadas com os mesmos coeficientes de culturas como a soja, o milho e o trigo porque as condições de operação em solo de lavouras irrigadas é muito mais dura e crítica, o que faz aumentar os custos de manutenção, o que incoerentemente, não foi corrigido nas tabelas modais de custo. “Positivamente, houve uma consideração da Conab em relação aos pacotes tecnológicos, ou seja, que os avanços estão contribuindo para eventuais ganhos, o que é positivo ao setor, e o órgão ratifica este rumo”, destaca.
Outro ponto positivo segundo o presidente da Federarroz é que o estudo mostra que os preços têm forte relação com a posição geográfica. «Eles fazem menção à praça de Pelotas, próxima ao Porto de Rio Grande, o que mais uma vez colabora com as atitudes da Federarroz e ratifica que a exportação valoriza o produto no mercado doméstico pelo escoamento do grão e o pagamento de preços melhores pelo mercado internacional”, enfatiza.
Nestor Tipa Júnior

Audiência pública debateu diminuição da testada mínima

A Comissão Especial formada para analisar o projeto de lei que altera o artigo 149 do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano, Rural e Ambiental do Município, se reuniu ontem, 6/10, em uma audiência pública para debater o tema. A comissão é formada pelo presidida pelo vereador Vagner ‘Mano Gás’ Garcia (PSDB), e formada ainda pelos vereadores Elton da Rocha (PP); Rafael Alves (PMDB), Zulma Ancinello (PRB) e Eric Lins (DEM).
Infelizmente, a audiência contou com a plateia de somente três pessoas, durou cerca de 20 minutos e não teve nenhuma sugestão ou questionamento da população.
O projeto de lei complementar (PLC) visa modificar as medidas do lote mínimo no Plano Diretor, estabelecendo a referência de área de 125,00m², com testada mínima de cinco metros. Atualmente, o lote mínimo mede 174,24 m², com testada mínima de 6,60 metros.
De acordo com o Poder Executivo, a mudança viabiliza o desmembramento de terrenos inseridos nas quadras padrão, e também, dos terrenos integrantes dos loteamentos implantados fora da linha de marcos, em loteamentos populares, implantados nos subúrbios da cidade, pois estes possuem testada invariavelmente menores.
Gabriela Barcellos

BM prende por receptação e apreende onze cavalos

Um homem foi preso depois de ser flagrado transportando cavalos sem documentação. A interceptação foi feita pela Patrulha Rural da Brigada Militar, na RS 377 Km 14, na localidade conhecida como ‘Olhos D’Água’.
De acordo com o capitão Ricardo Gruner, que coordenou a ação, a Patrulha recebeu informações anônimas a respeito do transporte dos animais, inclusive, com o local do destino do veículo, um Ford Cargo cinza placas ITI 7880.
Ao abordar o veículo, os policiais encontraram onze cavalos. O carona do caminhão, Marcos Elezur Tamara da Rosa, de 39 anos, conhecido como ‘Deca’, se apresentou como dono dos animais, mas não possuía documentação comprobatória, como nota fiscal ou talão de produtor rural. Tanto Rosa, como o motorista do caminhão, Mateo Nunez Scheffer, 26 anos, de nacionalidade uruguaia, foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).
A Inspetoria Veterinária foi acionada e também constatou a ausência da Guia de Trânsito Animal (GTA), que é obrigatória, e de documentos sanitários.
Rosa contou que comprou os animais de um homem, morador da localidade de João Arregui, que também foi chamado à DPPA. O homem apontado por ele como vendedor foi chamado à Delegacia, mas também não possuía nenhuma prova de que era o dono dos animais. Por fim, a delegada de plantão, Caroline Huber, autuou Rosa em flagrante por receptação. A suspeita é de que os animais possam ser oriundos de crimes como furto abigeato. O motorista do caminhão foi liberado. Até o momento não há nenhum indício de que ele tenha participação no crime, e sim que tenha sido contrato somente para fazer o frete.
O caminhão foi apreendido e encaminhado ao depósito do Detran. Já os animais, também apreendidos, foram levados à estação da Fepagro, na BR-472, e ficarão aos cuidados da secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi), por meio de um fiel depositário.
Gabriela Barcellos

Presidência da Câmara: TCE remarca julgamento das contas de Ronnie, de novo

E mais uma vez, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) remarcou o julgamento das contas de gestão do prefeito Ronnie Mello (PP), referentes ao exercício de 2014, quando ele ainda era vereador e presidira o Poder Legislativo. O processo já foi retirado da pauta de julgamento quatro vezes, a última delas no dia 25 de setembro, dois dias antes da data em que seria analisado. Agora, o julgamento foi remarcado para a próxima quarta-feira, 11/10.
As contas de Ronnie estão em análise desde o ano passado. Inicialmente, o processo sofreu uma suspensão. Depois que a tramitação foi recomeçada, recebeu parecer desfavorável do Ministério Público de Contas, seguiu o rito até chegar ao pleno e, desde então vem sendo incluído e retirado da pauta de julgamento pouco antes das sessões.
No parecer, o órgão ministerial aponta irregularidades, como o não cumprimento à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), pede fixação de multa e ainda que seja expedido um alerta ao atual gestor, na tentativa de evitar a reincidência.
As contas do então vice-presidente da Câmara de Vereadores, e hoje secretário municipal, Irani Fernandes (PP) também são analisadas neste processo. Em relação à ele, porém, o Ministério Público não vê irregularidades.
Gabriela Barcellos

Incêndio deixa quatro feridos

Um incêndio destruiu uma casa de alvenaria localizada na Perimetral Leste, proximidades da Multilog Logística, e deixou quatro pessoas feridas. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 15h29min e chegou ao local oito minutos depois.
Leonardo Meier Machado, de 19 anos e Letícia Meier, 21 anos, tiveram queimaduras em várias regiões do corpo, especialmente nos braços. Já Juliana Meier, de três anos, teve queimaduras nos braços e no rosto. Regina Cristina dos Santos, a mãe, inalou fumaça e também precisou de atendimento. Foi Leonardo quem retirou os demais familiares da casa, antes da chegada dos bombeiros.
Enquanto três bombeiros trabalhavam no combate ao fogo, outro, acionado pelo comandante de serviço, soldado Dutra, encaminhou as vítimas ao Pronto Socorro Municipal em uma viatura resgate. O combate às chamas levou cerca de duas horas, com a utilização de cerca de cinco mil litros d’água.
De acordo com as informações repassadas pelos moradores ao Corpo de Bombeiros, o fogo teria começado a partir de uma extensão elétrica que incendiou. A casa teve queima total.
Gabriela Barcellos

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Ed. 2854 - Incêndio deixa quatro feridos

Confira aqui a edição digital
  1. “Mancha de corruptos pode contaminar agenda de reformas”
  2. Revitalização
  3. Unipampa
  4. Enem
  5. Errata
  6. Esportes
  7. Educação
  8. Agenda
  9. Café
  10. CineSesc
  11. Expofeira
  12. Capoeira
  13. Artesanato
  14. Festa
  15. Doces
  16. Arte
  17. Convênio
  18. Futsal
  19. Feira da Comunidade
  20. Galeto
  21. TCE remarca julgamento
  22. das contas de Ronnie, de novo
  23. Vereadores manifestam repúdio a livro “Queermuseu”
  24. Estado não cumprirá sentenças que garantem repasses
  25. Ministro explicará sobre falta
  26. de intérpretes nos Institutos Federais
  27. Audiência pública debateu diminuição da testada mínima
  28. Campanha de prevenção
  29. ao câncer de mama começa hoje
  30. Policlínica volta a realizar teste da orelhinha
  31. Prefeitura divulga horário da coleta de lixo
  32. Federarroz avalia que estudo
  33. da Conab sobre arroz foi superficial
  34. Fertilizante granulado de alto desempenho chega às lavouras do Sul
  35. Sistema Farsul e Embrapa debatem ações conjuntas
  36. BM prende por receptação e apreende onze cavalos
  37. ‘Ex’ preso por descumprir medida protetiva
  38. Assalto I
  39. Assalto II
  40. Lesão corporal
  41. Maria da Penha
  42. Estelionato
  43. Arte
  44. Escola Melhor realiza formação em Uruguaiana
  45. Prefeitura e Coopercam firmam convênio hoje
  46. Creche Nossa Senhora de Lourdes comemora 62 anos
  47. Duas escolas vão representar
  48. Uruguaiana nos Jogos “Bom de Bola”
  49. Rústica do Dia da Criança acontece neste domingo
  50. AEU viaja para jogar a primeira partida das quartas de final
  51. Mais da metade das garotas brasileiras não se sentem bonitas
  52. Franciely Freduzeski posta foto de biquíni e mostra corpo sarado
  53. Malhação
  54. Tempo de Amar
  55. Pega Pega
  56. A Força do Querer
  57. Ex-BBB Vivian distribui para amigas presentes que ganhou dos fãs e causa revolta
  58. Eterna Globeleza, Valéria Valenssa arrasa no look ao completar 46 anos

CCJ aprova demissão de servidor por insuficiência de desempenho

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou na quarta-feira, 4/10, as regras para a demissão de servidor público estável por insuficiência de desempenho, aplicáveis a todos os Poderes, nos níveis federal, estadual e municipal. A regulamentação tem por base o substitutivo apresentado pelo relator, senador Lasier Martins (PSD), a projeto de lei complementar da senadora Maria do Carmo Alves (DEM). A matéria ainda passará por três comissões, a começar pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS).
A aprovação, com nove votos favoráveis e quatro contrários, ocorreu após quase duas horas de debate. Pelo texto, o desempenho funcional dos servidores deverá ser apurado anualmente por uma comissão avaliadora e levar em conta, entre outros fatores, a produtividade e a qualidade do serviço. Deve ser garantido o direito ao contraditório e à ampla defesa.
No texto de Maria do Carmo, a responsabilidade pela avaliação de desempenho seria do chefe imediato de cada servidor. A justificar sua opção por transferir a tarefa a uma comissão, Lasier Martins afirmou que nem sempre o chefe imediato é um servidor estável, mas sim um comissionado sem vínculo efetivo com a administração pública.
O relator disse que também pesou na sua decisão temores de entidades representativas dos servidores, expostas em debate na CCJ. Para as entidades, não seria razoável deixar exclusivamente a cargo da chefia imediata uma avaliação que levar à exoneração de servidor estável. Segundo ele, foi citado o risco de uma decisão de tamanha gravidade ser determinada “por simpatias ou antipatias no ambiente de trabalho”.
Quanto à periodicidade das avaliações, Maria do Carmo havia sugerido elas ocorressem a cada seis meses. Ao justificar a opção por processos com periodicidade anual, Lasier afirmou que seis meses seria um intervalo de tempo “muito curto” para a realização das avaliações, gerando carga de atividades que nem todos órgãos públicos estariam aptos a cumprir com a necessária eficiência.
A possibilidade de demissão estará configurada, segundo o substitutivo, quando o servidor público estável obtiver conceito N (não atendimento) nas duas últimas avaliações ou não alcançar o conceito P (atendimento parcial) na média tirada nas cinco últimas avaliações. Quem discordar do conceito atribuído ao seu desempenho funcional poderá pedir reconsideração ao setor de recurso humanos dentro de dez dias de sua divulgação. A resposta terá de ser dada no mesmo prazo.
Também caberá recurso da decisão que negar, total ou parcialmente, o pedido de reconsideração. Mas essa a possibilidade só será aberta ao servidor que tiver recebido conceito P ou N. O órgão de recursos humanos terá 15 dias, prorrogáveis por igual período, para decidir sobre o recurso.
Esgotadas todas essas etapas, o servidor estável ameaçado de demissão ainda terá prazo de 15 dias para apresentar suas alegações finais à autoridade máxima da instituição onde trabalha. O substitutivo deixa claro também que a insuficiência de desempenho relacionada a problemas de saúde e psicossociais poderá dar causa à demissão, mas apenas se a falta de colaboração do servidor no cumprimento das ações de melhoria de seu desempenho não decorrer exclusivamente dessas circunstâncias.
Gabriela Barcellos

GGI-M se reúne para definir ações em conjunto

O Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M), formado pelos órgãos de segurança atuantes no município, se reuniu na manhã de ontem, 28/9, na secretaria Municipal de Segurança, Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana (Segtran). O encontro serviu para dar continuidade na elaboração de um plano de trabalho integrado
De acordo com o coordenador executivo do GGI-M e secretário de Segurança, Trânsito, Transportes e Mobilidade Urbana, Irani Fernandes, foram planejadas algumas ações de intensificação. Conforme ele, as ações foram divididas por área, como tráfico de drogas, ações de saúde pública focadas na comercialização de carne sem procedência, possivelmente produto de abigeato, e violência nas escolas. Nesse aspecto o grupo deverá contar com a parceria da secretaria municipal de Educação e da 10ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), para desenvolver ações de conscientização e prevenção junto às escolas.
O grupo também abordou temas como: fiscalização de detentos em regime de prisão domiciliar, poluição sonora e segurança nos próprios municipais. No entanto, as ações programadas estão sendo mantidas em sigilo. 
Integram o GGI-M a Segtram, Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), Polícia Civil, Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Conselho Tutelar e Receita Federal.
Gabriela Barcellos

Câmara autoriza nova doação de terrenos no Distrito Industrial

A Câmara Municipal aprovou na sessão ordinária de ontem, 5/10, o projeto de lei 089/2017, que autorizou o município a doar área às empresas Albarello & Markoski Transportes Ltda e Markoski & Markoski Representações.
A área a ser doada é o terreno nº 6 (seis), da Quadra nº 1 (um), do Distrito Industrial, localizado às margens da Rodovia BR-4729, com área total de 2.079,60m². De acordo com o projeto, na área doada a empresa instalará a Central de Transporte e Logística de derivados de laticínios. Juntas, as empresas – ligadas aos mesmos empresários, e das quais uma possui um CNPJ frio – pretendem construir no imóvel um centro de distribuição, com duas docas para recebimento, antecâmaras para separação de produtos refrigerados e câmaras para armazenamento.
As empresas ficam proibidas de transferir o imóvel, para terceiros, a qualquer título ou pretexto e ainda proibida de utilizá-lo em finalidade diversa da estabelecida no PL, sob pena de reversão imediata da área e benfeitorias ao patrimônio público municipal, sem qualquer indenização ou ressarcimento por parte do Município.
A reversão ao patrimônio público também está autorizada se: I) o início das obras não ocorra em até 12 (doze) meses da vigência desta Lei; II) as obras permaneçam inconclusas por período de doze (12) meses ou a produção permaneça desativada por igual período; III) por descumprimento da finalidade a que se destina.
Gabriela Barcellos

Semiur repara estradas vicinais

A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Rural (Semiur), coordenada pelo Secretário Nilton Coradini, reparou até o momento 295 quilômetros das estradas vicinais do município. Segundo o Executivo, as obras do interior iniciaram no primeiro mês da nova gestão com patrolamento e encascalhamento em João Arregui no acesso a Japeju, onde foram arrumados 25 km de estrada vicinal. 
Durante os meses de fevereiro e março os trabalhos continuaram na Vila João Arregui, na localidade da Capela do Ipané, Chapadão e brete do Moinho até a BR-290, onde foram arrumados 85 km.
No mês de abril os trabalhos foram concentrados nos seguintes lugares: Charqueada no Espaço Alternativo (Pontilhão) até o Pinday Mirim, com 30 km de manutenção dos bretes. Brete da Paineiras até as Quatro Bocas, sendo 25 km reparados. Foram recuperados também o Pontilhão de madeira (Adolfo Stern), passagem do arroio Camaoty, recuperação de bueiros/passagem para a Cabanha Pedregulho. Ainda, o acesso ao brete da Queimada, e acesso ao Bolicho de Tábua.
Em maio, foi recuperado o acesso ao Imbaá até o Midon e Ibirocaí.
Durante o mês de junho foram colocados tubos na agrovila, na Queimada. Realizado também o encascalhamento e patrolamento no Polo da E.M.E.F Patrício Lopes (Cabanha Passo Novo), onde foram arrumados seis quilômetros de brete. A Prefeitura arrumou do Imbaá até a entrada da Estância Cinco Palmas, e após até o Touro Passo (nove quilômetros). Também receberam manutenção o brete do Magrini até a Santo Onofre totalizando 35 km.
No mês de junho, as equipes estiveram recuperando o brete do Imbaá, no início da Charqueada até a balança na BR-472 em um total de 27 quilômetros. Ainda neste mês, o trabalho seguiu no Imbaá desde o Polo da E.M.E.F Patrício até a antiga Samu, na (BR-472), formando oito quilômetros.
Durante o mês de julho, foi arrumado o brete dos Magrini até o Garupa com 30 km de estrada, onde foram colocados bueiros e drenos. A equipe também esteve no brete dos Magriné até o Camaoty sendo arrumados mais de 15 km de brete.
“No mês de agosto foi nomeado o Conselho Diretor do Fundo Municipal de Apoio às Estradas Rurais do Município de Uruguaiana que será responsável por todos os trabalhos realizados no interior. O município estará coordenando até o final do mês de novembro, após esse período, o trabalho será gerenciado por alguém que esteja ligado ao campo e que conhece a realidade desses locais”, comentou o Prefeito Municipal, Ronnie Mello. 
“Nós estamos hoje trabalhando com duas patrolas no Camoatim e no brete que vai até o Reni Cariolato, nessa área que estamos trabalhando atualmente com duas patrolas, carregadeiras e caçambas, arrumando aqueles bretes porque tem dois arremates, um no Solon e no outro na Cabanha São Miguel”, comentou o secretário Nilton Coradini. 
Ainda, segundo o Secretário, o trabalho deve ser permanente durante todo o ano. “Estamos trabalhando permanentemente com duas patrolas no interior, isso é uma parceria com os produtores rurais, uma patrola vai trabalhar nas estradas do interior todo ano”, explicou, Coradini.
Larissa Vargas

TJ julga inconstitucional os 35% da educação

Ao julgar o mérito da Adim movida por Schneider, o Tribunal entendeu que a determinação da Lei Orgânica de que seja investido 35% da receita do município em educação, fere tanto a Constituição Federal, quanto a Estadual.


O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul julgou o mérito da ação direta de inconstitucionalidade (Adin) movida em 2016, pelo então prefeito Luiz Augusto Schneider (PSDB), que buscava declarar inconstitucional o art. 164, caput, da Lei Orgânica do Município, que determina que 35% de todas as receitas advindas de impostos ou transferências, deve ser investido na manutenção e desenvolvimento do ensino público municipal. Por unanimidade, os desembargadores do Órgão Especial, julgaram procedente a ação, confirmando decisão liminar anterior, que reduziu o percentual de investimento em educação para 25% - o mesmo determinado na Constituição Federal e na Constituição Estadual.

Ao ingressar com a ação, Schneider alegou que a determinação municipal violava os artigos 2º, 61, §1º, II, ‘b’, 165 e 212 da Constituição Federal, e artigos 5º, 10 e 149 da Constituição Estadual. Na ocasião, o Executivo lembrou que o art. 212, da Constituição Federal determina aos municípios a destinação de 25% da receita para a manutenção e desenvolvimento do ensino público, “sendo que, ao elevar este percentual para 35%, a Lei Orgânica Municipal subtraiu do Poder Executivo a competência de livremente, e de acordo com as prioridades da Administração, propor a melhor destinação de 10% de todas as receitas municipais”. E que “a Constituição Estadual reserva a elaboração das leis orçamentárias à iniciativa privativa do Poder Executivo e à apreciação do Poder Legislativo, asseverando que não significa que o Poder Executivo não possa consagrar mais de 25% para o ensino público, mas que o percentual que exceda a 25% não pode ser estabelecido pelo Legislador Municipal, vinculando permanentemente os recursos tributários e limitando o Poder Executivo na sua competência exclusiva”, e que a iniciativa do Poder Executivo para elaborar a proposta das leis orçamentárias fica restringida pela disposição do art. 164, caput, da Lei Orgânica Municipal, restando violado o princípio da separação dos poderes. Postula a declaração de inconstitucionalidade do referido dispositivo.

O órgão entendeu que, “percebe-se, da simples leitura do dispositivo legal impugnado na petição inicial, que os percentuais nele contidos ofendem os dispositivos tanto da Constituição Federal como da Constituição Estadual, haja vista o patamar de 35% de todas as receitas advindas de impostos e/ou transferências, exclusivamente para aplicação na manutenção e desenvolvimento do ensino público municipal”. Ao longo do acórdão, os desembargadores listaram uma serie de precedentes do Supremo Tribunal Federal (STF) que dão embasamento à decisão, agora definitiva, que torna inconstitucional o art. 164 da LOM, definindo para 25% o investimento mínimo em educação.
Gabriela Barcellos

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Ed. 2853 - Mais R$ 24 milhões no caixa de Ronnie: TJ confirma corte na educação

Confira aqui a edição digital
  1. A inércia do atraso
  2. Workshop
  3. Mini Seminário
  4. Animais
  5. Pagamento
  6. Bingo
  7. Bazar
  8. Aniversário I
  9. Aniversário II
  10. Aapecan
  11. Reunião
  12. Seminário
  13. Capo
  14. Educação
  15. TJ julga inconstitucional os 35% da educação
  16. Câmara autoriza nova doação de terrenos no Distrito Industrial
  17. CCJ aprova demissão de servidor por insuficiência de desempenho
  18. Semiur repara estradas vicinais
  19. GGI-M se reúne para definir ações em conjunto
  20. Lasanha de mandioca de Medianeira
  21. Bolo Formigueiro
  22. Latino paga dívida de pensão alimentícia e se livra da prisão
  23. Malhação
  24. Tempo de Amar
  25. Pega Pega
  26. A Força do Querer Débora Nascimento e José Loreto anunciam gravidez e revelam o sexo do bebê

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Ed. 2852 - Horto municipal - Vereadores prendem madeireiro

Confira aqui nossa versão digital
  1. Educação e emprego — há uma receita para o sucesso profissional?
  2. CAM
  3. Outubro Rosa
  4. PJe Portable
  5. Capo
  6. Lar
  7. Rifa
  8. Jantar baile
  9. Catedral
  10. Felinos
  11. Convênio
  12. UFSM
  13. Bingo
  14. Vereadores fiscalizam extração da floresta e conduzem madeireiro à polícia
  15. Taxa de turismo se reverterá em investimentos específicos
  16. Concluída a reforma dos sanitários do Terminal
  17. Segtram faz fiscalização no setor de transporte
  18. CDL Uruguaiana terá acesso a novos produtos e serviços do SPC Brasil
  19. Semana Nacional da Conciliação acontece em novembro
  20. Mudanças em súmulas do
  21. TRT-RS entram em vigor
  22. Advogados podem fazer audiências e sustentação oral por videoconferência
  23. Juíza manda a júri autor dos dois homicídios de dezembro
  24. Força tarefa contra o abigeato fiscaliza estabelecimentos em Alegrete
  25. Dupla presa em flagrante por assalto
  26. Capturas
  27. Ameaça I
  28. Ameaça II
  29. Guardas Municipais conversam com estudantes sobre patrimônio público
  30. I Simpósio Integrado dos PPGs ocorre este mês no Campus Uruguaiana
  31. Lançado o edital do exame para pessoas privadas de liberdade
  32. Senar realiza curso de produção de derivados de leite para alunos do CAM
  33. CineSesc divulga programação de outubro para Uruguaiana
  34. Asterix e o domínio dos deuses
  35. Confira os demais classificados para a final
  36. O Mundo dos Pequeninos
  37. O Batismo
  38. Hipócrates
  39. Confira ideais de jardim familiar
  40. Junior Lima anuncia o nascimento do filho, Otto
  41. Malhação
  42. Tempo de Amar
  43. Pega Pega
  44. A Força do Querer
  45. Filhas de Zezé dividem plateia de peça com Graciele
  46. Grazi Massafera surge deslumbrante em ensaio

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Ed. 2851 - Saúde: Novo posto na União das Vilas

Confira aqui a edição digital
  1. Traição
  2. Formatura
  3. Dia da Criança
  4. Galeto
  5. Segtram
  6. Escola
  7. Saúde
  8. Enem
  9. Simpósio
  10. Princesas
  11. Jantar
  12. Censo
  13. Aapecan
  14. Câmara repudia corte de verbas para assistência social
  15. Estado envia plano de recuperação fiscal à União
  16. Vereadora sugere Zona Especial de Interesse Social
  17. Inaugurado o Posto 7 da União das Vilas
  18. Procon divulga mais uma pesquisa sobre o preço da gasolina
  19. Cabrito questiona suposta interdição da Usina de Asfalto
  20. Colônia de Sacramento – onde o tempo parece ter parado
  21. Após críticas, Gretchen grava vídeo para provar que tem barriga sarada
  22. Malhação
  23. Tempo de Amar
  24. Pega Pega
  25. A Força do Querer
  26. Carol Duarte e namorada posam juntas e exibem o mesmo corte
  27. Juju Salimeni mostra novos seios siliconados em ensaio

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Ed. 2850 - Executivo Municipal - Ronnie faz sobrar R$ 15 milhões

Leia aqui a edição digital
  1. Um país engessado por boas intenções
  2. Exame toxicológico
  3. Exposição
  4. Cultura
  5. Concurso
  6. Selvagens
  7. Capo
  8. Cavalgada
  9. Conferência
  10. Bingo
  11. Sesc
  12. Festa
  13. Mini Seminário
  14. Executivo fechou quadrimestre com superávit de R$ 15 milhões
  15. Reunião debate integração e desenvolvimento na tríplice fronteira
  16. Membro da Câmara de Free Shops se reúne com Executivo
  17. 2ª inter-regional reúne cerca de duas mil pessoas em Uruguaiana
  18. Semed convoca professores aprovados em concurso
  19. Programa “Vida” é lançado em Uruguaiana
  20. Uruguaianense conquista o Freio do Proprietário
  21. Rédeas de Ouro apresenta campeões do ciclo 2017
  22. Defrec captura foragida do Paraná
  23. BM participa de seminário internacional sobre estratégias para a segurança
  24. DPPA está sob novo comando
  25. Arma
  26. Lancheria
  27. Abigeato
  28. Menor
  29. Assalto
  30. Lesão
  31. Roubo de veículo
  32. Acidente
  33. Definidas três equipes para próxima fase
  34. Quatro jogos marcam a rodada do Máster Cinquenta e Cinco
  35. Celemaster é vice da 25ª Taça Brasil
  36. AEU tem melhor campanha do returno na Série Prata 2017
  37. Uruguaiana perde para o Rosário em casa
  38. Nove mitos e verdades sobre o câncer de mama
  39. Namorada de Gregório Duvivier exibe barrigão
  40. Malhação
  41. Tempo de Amar
  42. Pega Pega
  43. A Força do Querer
  44. Marquezine, Tatá e Marina posam juntas em bastidores
  45. Fernanda Lima responde seguidora após crítica sobre mudança para os EUA