quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Abigeato: Força tarefa completa um ano com excelentes resultados

 Ontem, 1/8, a Força Tarefa de Combate aos Crimes Rurais e Abigeato da Polícia Civil, que é coordenada pelo delegado titular da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Uruguaiana, Adriano Linhares, completou um ano de atividade.
Neste período, foram desarticuladas quadrilhas especializadas no furto abigeato, presas mais de uma centena de pessoas e muitos animais ainda foram recuperados vivos e devolvidos aos donos. A ação vem ocorrendo em todo o Estado do Rio Grande do Sul. Entre os crimes mais enfrentados pelo grupo então, além do abigeato, a receptação, comércio de carne oriunda do abigeato e estelionato contra produtores rurais.
A FT foi criada com o objetivo de combater os elevados números de abigeatos e demais crimes praticados contra produtores rurais e demais trabalhadores do campo, e que geram enorme prejuízo econômico ao Estado. De acordo com levantamento da secretaria de Segurança do Estado, a FT é responsável pela redução dos crimes de abigeato em 27%.
Ações
Ao longo deste um ano de trabalho, foram 116 prisões de criminosos que atacaram produtores e trabalhadores do campo e desarticulação de 17 quadrilhas de abigeato (furto de vaca, cavalo e ovelha). Entre elas está uma organização que atuava há décadas na metade sul do Estado, especializada em carnear em média seis animais bovinos em cada ação criminosa. Juntas, as quadrilhas utilizavam carros roubados e foram responsáveis pelo furto na forma de carneada de pelo menos 800 animais bovinos/ovinos na metade sul do Estado. 
Entre as ações Linhares destaca o desmantelamento da organização criminosa liderada pelo abigeatário Edson Rosa. “Sem dúvidas a maior organização de abigeato do Rio Grande do Sul que se tem notícia. Essa organização era responsável pelo furto de mais de mil animais bovinos por ano, onde utilizando caminhões boiadeiro furtavam gado e os levavam direto para frigoríficos, em especial o matadouro Santa Rosa em Arroio dos Ratos”, conta. A quadrilha foi desarticulada através da operação denominada ‘Cooptare’, que ao longo de dez meses resultou no cumprimento de 45 prisões preventivas de abigeato.
Em ações da FT foram recuperados 843 animais, 403 animais foram restituídos para vítimas de abigeato. Houve ainda a apreensão de 53 armas; onze carros roubados/furtados e utilizados por quadrilhas e outros 14 apreendidos por estarem sendo utilizados para crimes no campo; e 13 caminhões, dois quais três eram clonados.
Foram mais de 35 toneladas de carne apreendida ao longo das investigações e mais de 15 mil animais bovinos foram inspecionados em propriedades rurais de indivíduos investigados por abigeato. “É importante destacar que, durante o período em que vem atuando a Força Tarefa de Combate aos Crimes Rurais Abigeato já retirou de quadrilhas que atacam os produtores rurais (entre carros, carne, animais, armas, contêineres, máquinas, caminhões, entre outros) aproximadamente R$ 6 milhões, valor que deverá ser utilizado para restituir as vítimas”, diz Linhares.
Pelos bons resultados, a FT deverá ser mais uma vez prorrogada pelo Governo do Estado. “Em todos os locais onde fomos solicitados, conseguimos dar uma resposta satisfatória a comunidade. E, ainda há ações em andamento, que garantirão uma resposta ainda maior no combate a estes crimes”, garante Linhares.
Além de Linhares, integram a o grupo os inspetores de polícia Marcelo da Costa Vidal e Patrício Jardim Antunes; os escrivães Márcio Bruno Pereira dos Santos; Flávia Domenech Silva Delabary e Daniel Cardoso Nunes; e os comissários Renato de Paula Cabrera e George Neri Pautes Batista. “Está e uma equipe extremamente capacidade e especializada na investigação destes crimes, que age com precisão, agilidade e qualidade de trabalho”, finaliza o Delegado.
Gabriela Barcellos

Executivo apresenta projeto da LDO 2018

Foi apresentada na sessão ordinária de ontem, 1/8, da Câmara de Vereadores, o projeto de lei que dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para o exercício financeiro do ano que vem.
A chamada Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a prisão de receita e despesas para o ano de 2018 e define onde e quanto do dinheiro público será investido.
No entanto, ainda não há previsão para votação da matéria, que agora será encaminhada para análise das comissões técnicas da Câmara. Isso porque ainda está em tramitação o Plano Plurianual para o período de 2018 a 2021, que deve ser aprovado antes da LDO.
Como prevê o planejamento dos próximos quatro anos, o PPA deve ser definido antes da aprovação da Lei, que poderá sofrer alterações a partir da aprovação do PPA.
Já o PPA está em tramitação a mais tempo. O próximo passo é a realização de uma audiência pública para coletar sugestões e questionamentos da população. A audiência acontece hoje, a partir das 19h, no plenário do Palácio Borges de Medeiros. Após, segue até o final da semana o período para apresentação de emendas ao projeto, que deverá ser votado na sequência.
LDO
A LDO traça as principais metas que devem ser cumpridas pelo orçamento do Município no próximo ano, explicitando os objetivos do governo na administração. O PL já está disponível para consulta na secretaria da Câmara e também no site (http://www.uruguaiana.rs.leg.br).
Gabriela Barcellos

Câmara quer estudo para atualizar base de cálculo do IPTU

A Câmara de Vereadores encaminhará ao Poder Executivo uma indicação de que seja criado um projeto de lei visando a atualização tributária nos imóveis urbanos. A sugestão é do vereador Rafael Alves (PMDB), foi aprovada em plenário na sessão ordinária desta terça-feira, 1/8, a primeira após o recesso parlamentar, e será encaminhada na forma de projeto de indicação, podendo ou não ser aceita pelo prefeito Ronnie Mello (PP). 
A matéria aponta a importância de um estudo visando a realização de mudanças na base de cálculo do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). O objetivo do projeto é evitar perdas na arrecadação da receita do município e realizar a cobrança correta do IPTU. “Temos conhecimento da disparidade entre o tamanho de certas áreas construídas e a cobrança que está sendo feita, baseada em dados desatualizados”, disse Rafael ao justificar a proposta.
A indicação demonstra a necessidade de o município criar um Programa de Modernização Administrativa e Tributária que contemple as ações de georreferenciamento e a atualização da planta genérica dos imóveis, onde o valor de cada um para fins de IPTU levará em conta características específicas, como a localização geográfica e a via em que está situado.
“Não se trata de aumento do valor venal do IPTU, mas sim da atualização através de georreferenciamento. Não é de hoje que há total falta de fiscalização da Prefeitura e o cadastramento está completamente desatualizado”, conclui Alves.
Gabriela Barcellos

Unipampa divulga lista de suplentes para o curso de Medicina

Foi divulgada na última semana a terceira lista de convocação de suplentes para ingresso no curso de Medicina da Universidade Federal do Pampa (Unipampa). O ingresso é para o segundo semestre letivo deste ano, que retorna as aulas amanhã, 3/8.
Os selecionados devem realizar a matrícula presencial nos dias 3 e 4/8, das 14h às 17h15 na secretaria acadêmica do campus Uruguaiana, localizado na BR-472, km 592, s/n.
Os candidatos convocados deverão apresentar os documentos listados no item 3 do Termo de Adesão 2017, conforme a modalidade de vaga escolhida no ato da inscrição. O termo de adesão está no site da Unipampa, e pode ser conferido por meio do endereço: unipampa.edu.br.
Larissa Vargas

Consulta Popular recebe votos até amanhã

Crédito: Nilson Corrêa/JC
Começou ontem, 1/8, e vai até amanhã, 3/8, a votação para a Consulta Popular, que define as principais prioridades do orçamento do RS para 2018.

A consulta popular de 2017, é organizada pela secretaria do Planejamento e Desenvolvimento Regional (Seplan) e pelos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes). Os eleitores de cada região podem escolher as demandas mais importantes para 2018.

A votação pode ser realizada pela internet, acessando o site do governo pelo endereço https://vota.rs.gov.br/register. Também é possível votar via SMS através do número 29000, com a palavra RSVOTO#(Nº do título de eleitor)#(Nº do programa, de 1 a 10).

Ao votar, o cidadão deve escolher uma entre as seguintes demandas:

1 - Saúde - Ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde vinculados ao SUS (unidades básicas, unidades de média complexidade e hospitalares)

2 - Cultura, Turismo e Esportes: Plano de Desenvolvimento Turístico Regional

Regionalização do Turismo

3 - Agricultura: Pavimentação urbana e rural para melhorar o acesso aos municípios

Mecanização rural

4 - Desenvolvimento Rural - Apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar

Apoio à agroindústria familiar - Sabor Gaúcho

5 - Desenvolvimento Rural - organização de exposições, feiras de produtos para integração comercial regional

Fortalecimento dos Sistemas Locais e Regionais de Abastecimento

6 - Obras: Pavimentação urbana e rural para melhorar o acesso aos municípios

Obras, drenagem, encascalhamento, galerias pontilhões

Para quem desejar votar presencialmente, a prefeitura está dispondo dos seguintes locais para votação: Teatro Municipal Rosalina Pandolfo Lisboa, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Posto Central da Secretaria Municipal de Saúde, Policlínica, Terminal de ônibus e

Hospital Santa Casa de Caridade. O horário para votar é das 8h às 12h e das 14h às 18h. É necessário apresentar título de eleitor e/ou carteira de identidade.
Larissa Vargas

Ed. 2809 - Carnaval será privado e sigiloso

Veja aqui a edição digital
  1. A hora da política
  2. Princesas
  3. Semana farroupilha
  4. 22ª Meia Maratona
  5. Repasse
  6. Palestra
  7. CAPO
  8. Teatro
  9. Sest/Senat
  10. Enade
  11. MPF
  12. Passeio
  13. Defensoria
  14. Aadur
  15. Corrida
  16. Memória
  17. Jantar
  18. Exposição
  19. Governo de Uruguaiana e Libres discutem integração
  20. Nova ponte sobre o Rio Ibicuí está mais próxima
  21. Falta de intérpretes de Libras nos Institutos Federais é questionada
  22. Ministério da Saúde confirma fechamento da Farmácia em Uruguaiana
  23. Carnaval será privado e sigiloso
  24. Instalado primeiro ponto para coleta de óleo de cozinha
  25. Caminhoneiros autônomos protestam às margens da BR-290
  26. Polícia pode apreender drogas dentro de casa sem mandado
  27. Mês do Advogado terá mais de 140 horas de programação
  28. Processo seletivo para estágio na Capital será aberto
  29. Publicada lista de aprovados em concurso para juiz federal substituto
  30. Correição na Justiça do Trabalho em Uruguaiana acontece no dia 30
  31. Mãe registra desaparecimento de adolescente
  32. Debatida liberação de porte de arma para agentes administrativos
  33. Agentes da PC receberão treinamento para oitiva de crianças
  34. Abigeato I
  35. Abigeato II
  36. Abigeato III
  37. Crime ambiental
  38. Desaparecimento
  39. Flagrante
  40. Menos quatro foragidos nas ruas
  41. Professores paralisam devido ao parcelamento dos salários
  42. Inscrições para atuar no ENEM iniciam na próxima segunda
  43. Divulgada a lista dos pré-selecionados para o segundo semestre
  44. MEC autoriza abertura de dois cursos de Medicina no RS
  45. Sesc divulga programação CineSesc de agosto
  46. Coldplay homenageia Chester Bennington
  47. Netflix anuncia série reboot de Os Cavaleiros do Zodíaco
  48. Saiba como criar sua horta caseira
  49. Horta caseira para jardins
  50. Horta vertical para locais pequenos
  51. Pepê e Neném declaram apoio a Bolsonaro e geram revolta
  52. Realismo de nova boneca de Rafa Justus divide opiniões de fãs na web: “Que medo”
  53. Malhação
  54. Novo Mundo
  55. Pega Pega
  56. A Força do Querer Thor Batista completa 25 anos e ganha homenagem da namorada

Mulher é alvejada na frente da DPPA

Roberto Quadros Guterres foi preso em flagrante
Uma mulher sofreu uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo, 30/7, por volta de 5h. Darlem dos Santos Ferreira, 22 anos, foi alvejada com um disparo de arma de fogo no quadril. Ela segue internada no Hospital Santa Casa de Caridade, com sinais vitais estáveis. Roberto Quadros Guterres, 34 anos, foi preso em flagrante.
Os fatos tiveram início em um bar, na Rua Vasco Alves. De acordo com a ocorrência policial, vítima e outras duas pessoas, entre elas um homem chamado Cristiano, estavam no local, quando este homem e o acusado tiveram um desentendimento motivado por ciúmes. Darlem e uma amiga, que já estavam no carro do rapaz desceram para apartar a briga, e os três deixaram o local imediatamente, no carro do rapaz. Roberto, porém, saiu logo atrás, em uma motocicleta, perseguindo-os.
Na esquina das ruas Sete de Setembro e Bento Martins, Roberto efetuou os primeiros dois disparos em direção ao carro de Cristiano, mas que não acertaram o veículo. Foi então que o rapaz decidiu procurar socorro na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Ao chegar na frente do prédio, outros três tiros foram efetuados por Roberto, em direção ao veículo e consequentemente à Delegacia. Um dos disparos feriu a vítima, que foi levada pelos amigos ao pronto socorro municipal.
Já no PS, a Brigada Militar conversou separadamente com a vítima e com a amiga dela, que apontaram Roberto como autor. A testemunha levou os policiais militares até a casa do acusado, que foi encontrado no pátio da residência. A motocicleta também foi localizada, ainda com a chave na ignição e com o motor quente. Ele foi conduzido até a DPPA, onde foi interrogado pelo delegado de plantão, Enio Tassi, para quem negou a autoria do crime e disse que estava em casa, dormindo. Mesmo com a negativa, o Delegado entendeu que há indícios suficientes da autoria e o autuou em flagrante por tentativa de homicídio.
Roberto foi encaminhado à Penitenciária Modulada Estadual de Uruguaiana (PMEU). O crime, cuja motivação ainda é nebulosa, será investigado pela 1ª Delegacia de Polícia.
Gabriela Barcellos

Bagé recebe projeto Campo Futuro, da CNA

O Projeto Campo Futuro, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), chegou ao Rio Grande do Sul na última semana, com o objetivo de levantar informações sobre o custo de produção da pecuária de corte nas principais praças gaúchas. O trabalho ocorreu em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) e passou por Bagé, cidade sede da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), sendo acompanhado por técnicos da Entidade.
Com abrangência nacional, envolvendo mais de 100 municípios de 13 Estados brasileiros, o trabalho consiste na realização de reuniões técnicas para levantamento de custos de produção. Estas reuniões são denominadas de “painéis” com a participação de agentes da cadeia da pecuária de corte (produtores, representantes de revendas agropecuárias, e técnicos de campo). Os painéis são conduzidos por técnicos da CNA, das Federações de Agricultura e Pecuária e das entidades parceiras. Todas as informações são baseadas em propriedades modais descritas pelos próprios participantes.
Conforme Rafael Linhares, assessor técnico da CNA, a propriedade modal é definida como aquela mais encontrada na região, podendo ser entendida como aquela que representa a maior parte da comercialização na pecuária de corte local. “Aqui no Rio Grande do Sul passamos pelos municípios de Santa Maria, Santo Ângelo, Alegrete, Bagé e Lavras do Sul. Com o término das visitas, podemos apontar dois tipos de modais recorrentes: um voltado para a produção de terneiros e outro especializado na recria e terminação destes animais”, informou ele, ao acrescentar. “Em resumo, os painéis demonstraram que o pecuarista paga o desembolso da atividade, conhecido como Custo Operacional Efetivo (COE) e Custo Operacional Total (COT), que são despesas de desembolso somados a depreciação e pró-labore”.
Os dados apurados ao longo da semana estarão disponíveis para consulta na CNA e na Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Rio Grande do Sul (FARSUL), bem como nos Sindicatos Rurais das cidades visitadas. A ABHB compreende a importância do projeto e informa aos associados que também têm acesso aos dados pois faz parte da Comissão Nacional de Bovinocultura de Corte da CNA.
Projeto Campo Futuro
O Campo Futuro é um projeto realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) em parceria com universidades e centros de pesquisa, além das Federações de Agricultura e Pecuária dos Estados. O programa tem foco no gerenciamento de riscos de preços, custos e produção. O produtor aprende a calcular o custo da sua produção da sua propriedade e a utilizar ferramentas e estratégias mais eficazes no processo de comercialização e gerenciamento de riscos.
Gabriela Barcellos

Homem é preso depois de sofrer acidente alcoolizado

Um homem foi preso em flagrante por embriaguez ao volante após sofrer um acidente na Rodovia BR-472. A ocorrência foi atendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).
João Carlos Ribeiro contou à polícia que voltava de uma pescaria, quando perdeu o controle do carro e saiu da pista, caindo em uma mata. Ao chegar ao local, os policiais encontram o homem preso a galhos, tentando sair do local com o veículo.
Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que detectou 0,86 mg/l de álcool no sangue. Ele foi levado ao pronto socorro municipal onde recebeu atendimento e depois foi conduzido ao plantão da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Considerando ainda que o homem possui antecedente pelo mesmo tipo de crime e não possui carteira nacional de habilitação, ele foi autuado em flagrante pelo delegado de plantão, Enio Tassi.
Gabriela Barcellos

Casal gera tumulto na Delegacia

Uma situação de suposta violência doméstica tumultuou a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) na madrugada de domingo, por volta de 5h30min. Um casal, que mantém um relacionamento casual foi parar na DP, um acusando o outro de agressão.
Inicialmente, a mulher, Ana Carolina Gemelli Pereira, ligou para a polícia pedindo socorro, pois o companheiro estaria tentando matá-la. Como todas as viaturas da Brigada estavam empenhadas em outra ocorrência, dois policiais civis, de plantão, foram ao local apontado pela mulher. Enquanto isso, o suposto agressor compareceu à Delegacia de Polícia, acompanhado de advogada e com visíveis machucados.
Ao delegado Enio Tassi, de plantão naquela noite, Daniel Henrique Gregório Maria contou que teve alguns encontros casuais com a moça e que na ocasião ligou para ela com o objetivo de se encontraram e foi busca-la. No local, a viu em outro veículo, acompanhada, mas a moça imediatamente veio para seu carro, e saíram do local. A caminho da casa de Daniel, ele a questionou sobre o fato de ela estar saindo com outros homens, o que teria a deixado furiosa. Ela então teria partido para cima de Daniel e lhe agredido com arranhões e chutes, além de ter danificado seu carro, e imediatamente ligou para a polícia pedindo socorro.
Já Ana Carolina, levada à DPPA pelos policiais civis, contou que teve um relacionamento de cerca de um mês com Daniel e que estavam separados há um dia. Contou que o homem lhe ligou e que acreditou que poderiam fazer as pazes. No entanto, quando Daniel chegou ao local onde ela estava com ‘outros amigos’, passou a acusá-la e agredi-la verbal e fisicamente, tendo inclusive lhe arrastado pelos cabelos e que a trancou dentro de seu prédio. Ela também o acusou de ter roubado seu telefone celular, informação que não se confirmou, visto que o aparelho foi encontrado dentro da viatura da Polícia Civil, depois de ter caído do bolso da moça.
Após ouvir as versões, Tassi determinou o registro de ocorrências de lesão corporal, o que deixou a mulher – que não apresentava lesões visíveis – exaltada, já que o ‘ex’, não seria preso em flagrante. As discussões na DP se seguiram até o casal registrar as respectivas ocorrências, um contra o outro, e deixar a Delegacia.
Gabriela Barcellos

Prefeitura ficou sem internet

Quem tentou realizar qualquer tarefa online nos sistemas da Prefeitura Municipal, como emissão de certidão ou nota fiscal eletrônica, não conseguiu. Isso porque a Prefeitura, bem como todos seus órgãos, estão sem conexão de internet.
De acordo com o secretário municipal de Governo, Paulo Peixotto Fossari, o fornecimento de internet foi interrompido pela empresa Ávato, prestadora do serviço, por conta de atrasos no pagamento à empresa. No entanto, no início da noite de ontem, foi restabelecido.
Revisão
Fossari diz ainda que, os contratos com a empresa são os primeiros a serem auditados por uma comissão nomeada pelo prefeito Ronnie Mello (PP) para avaliar a legalidade das contratações. “Como são vários contratos com a empresa, essa análise demandou tempo, mas está sendo concluída e em cinco dias devemos ter esse relatório completo”, explica.
Gabriela Barcellos

ABHB: Criadores têm até segunda para inscrever animais para Expointer 2017

Termina na próxima segunda-feira, 7/8, o período para inscrições de animais rústicos Hereford e Braford para as provas da 40ª Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários (Expointer).
As inscrições podem ser realizadas junto à secretaria da Associação Brasileira de Hereford e Brafod (ABHB), através do e-mail secretaria.hereford@braford.com.br, ou pelo fone (53) 3242 1332. Informações complementares estão disponíveis diretamente com o gerente de operações da ABHB, Felipe Azambuja, pelo telefone (53) 9900-6508 ou (53) 99967-3367.
No site da entidade (www.abhb.com.br) estão disponíveis a ficha de inscrições e o regulamento completo da Mostra.
O Julgamento está marcado para o dia 30 de agosto, uma quarta-feira, a partir das 8h30min, na Pista 20 do Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio. 
Gabriela Barcellos

Freio de Ouro e Morfologia: Crioulistas devem entregar amostra de DNA até sexta

Crédito: Fagner Almeida
A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) está lembrando os expositores, donos dos animais finalistas ao Freio de Ouro e Morfologia, sobre a necessidade da coleta de material genético. O prazo de entrega da amostra do DNA para análise termina nesta sexta-feira, 4/8, e não é prorrogável. A coleta pode ser solicitada por meio de algum dos técnicos credenciados à ABCCC.
O procedimento ocorre com a finalidade de comprovar a filiação de cavalos por meio de testes de identificação genética animal pela análise de DNA, o que é possível desse 1996. Mais que uma regra das duas competições, a medida é determinada por lei, pelo Governo Federal, e deve ser cumprida, tanto pelo criador, quanto pela Associação. Com isso, os criadores da raça passaram a ter uma alternativa diante de eventuais problemas que podem ocorrer com o registro de produtos pela obrigatoriedade do exame de vínculo de parentesco.
A determinação está em vigor desde 2012, quando o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) publicou uma Instrução Normativa padronizando os referidos exames para fins de registro genealógico e inscrição de reprodutores.
Gabriela Barcellos